2019-10-20T10:15:08-03:00
Estadão Conteúdo
Varejo

Compras pela internet devem crescer 18% na Black Friday deste ano

Expectativa para a Black Friday de 2019 no e-commerce é de faturamento acima de R$ 3 bilhões. O dia de promoções no varejo neste ano será em 29 de novembro

20 de outubro de 2019
10:15
Internet
Imagem: Shutterstock

De acordo com levantamentos realizados pela Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) e pela consultoria Ebit/Nielsen, a expectativa para a Black Friday de 2019 no e-commerce é de faturamento acima de R$ 3 bilhões, com aumento de 18% em relação ao ano passado.

Para fazer o cálculo, a Ebit considera as vendas de quinta e sexta-feira, enquanto a ABComm leva em conta o período de quinta a segunda-feira pós Black Friday. O dia de promoções no varejo neste ano será em 29 de novembro.

Segundo a líder comercial da Ebit, Ana Szasz, o consumidor brasileiro tem migrado do universo offline, as lojas físicas, para as compras online. Por isso, a data vem se consolidando nos últimos anos no varejo brasileiro.

"O consumidor passou a acreditar que há promoções reais e se prepara para elas. Quer aproveitar a promoção. Está acostumado com a data e tem passado a confiar um pouco mais nas promoções divulgadas pelos varejistas", diz. Para a consultoria, o ticket médio de compra este ano deve ficar em R$ 626.

O presidente da ABComm, Maurício Salvador, diz que, além de os clientes terem uma percepção de que as promoções estão mais confiáveis, eles têm a ideia de que os produtos comprados na internet, geralmente, são mais baratos. "Isso colabora em tempos de crise, porque cada um quer economizar até o último centavo." A associação estima um ticket médio de R$ 340 nesta Black Friday.

Levantamento feito pelo Google, sob encomenda da consultoria em marketing Provokers, com 1,5 mil pessoas de todo o Brasil, e também com dados de uma pesquisa online por meio da ferramenta Google Survey, com mil pessoas, indica que a intenção de compra está 58% maior neste ano na comparação com 2018.

O líder de varejo para eletro e esportes do Google, José Melchert, explica que há dois fatores que explicam os números positivos para a expectativa da data. O primeiro deles diz respeito ao maior otimismo com a economia de modo geral e o segundo tem a ver com a quantidade de produtos que é oferecida na Black Friday com descontos.

"Quando a Black Friday começou no Brasil, entre 2010 e 2012, os artigos oferecidos eram mais restritos a eletrônicos, celulares, moda e beleza. Hoje, temos até lojas de veículos aderindo às promoções, educação, setor financeiro, imóveis, alimentos, viagens", afirma.

Primeira compra

Os especialistas destacam que Black Friday é a ocasião em muitos consumidores fazem a primeira compra em lojas virtuais. "No universo de brasileiros que têm acesso à internet, apenas um terço já fez compras online. Temos, em média, 4 milhões de novos clientes no e-commerce por ano", diz Maurício Salvador, da ABComm.

Segundo Melchert, no levantamento do Google, 99% das pessoas entrevistadas responderam que sabem da data Black Friday. Quando o questionamento é sobre quem já comprou na ocasião, apenas 70% responderam positivamente.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

VAGAS DA SEMANA

Nubank está com mais de 30 vagas abertas; confira as principais oportunidades da semana

As vagas de emprego na fintech são para as áreas de finanças, tecnologia e produtos, além dos programas exclusivos para negros e PCDs

Estatal sob investigação

Petrobras (PETR4) é alvo de mais uma investigação: MP-RJ suspeita de improbidade no reajuste dos combustíveis

A estatal já está envolvida em onze processos comandados pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE)

QUANDO PARECE QUE VAI ANDAR…

Terceira via congestionada: Impasse regional entre MDB e PSDB trava anúncio de Tasso como vice de Simone Tebet

Aliados de Simone Tebet no MDB gaúcho e também líderes tucanos cobram que a senadora assuma pessoalmente a articulação, mas ela resiste

CAPTANDO DINHEIRO

CVC (CVCB3) capta R$ 402,8 milhões em oferta de ações, mas precisa aceitar um desconto pesado

O preço por ação na oferta da CVC foi de R$ 7,70 por papel, o que representa um desconto de 13,3% na comparação com o fechamento de ontem

MERCADOS AO VIVO

Bolsa hoje: Ruídos fiscais afastam Ibovespa de Nova York, mas bolsa volta a ganhar fôlego; dólar vai a R$ 5,26

RESUMO DO DIA: O último pregão da semana é marcado pelo apetite de risco dos investidores, que passaram por dias de alta volatilidade nas bolsas. Sem maiores destaques para o dia no exterior, os índices sobem, digerindo as falas de representantes dos bancos centrais. Por aqui, o destaque do Ibovespa vai para a divulgação do […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies