Menu
2019-04-04T15:55:42-03:00
Estadão Conteúdo
Queima de estoque da Black Friday

Para atrair clientes, bancos estendem promoções até o fim de novembro

Preços baixos atingem desde condições especiais para diversos tipos de investimento a ofertas de diferentes modalidades de crédito

26 de novembro de 2018
15:02 - atualizado às 15:55
black-friday
Com promoções estendidas, "Black Friday" no Brasil fica mais com cara de "Black November" - Imagem: Shutterstock

Pensada para o varejo, a Black Friday vem se expandindo para outros segmentos, inclusive para instituições financeiras, que aproveitam o evento para atrair novos investidores e fidelizar clientes com produtos e serviços promocionais.

Para conseguir alcançar ainda mais consumidores, bancos e corretoras aumentaram a duração do evento, que está cada vez mais para "Black November". Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal e Banco Inter, além de corretoras de investimento, prorrogaram suas ofertas até o fim do mês de novembro.

De condições especiais para diversos tipos de investimento a ofertas de diferentes modalidades de crédito, é possível garimpar boas oportunidades. Mas é preciso ficar atento a possíveis pegadinhas.

A principal delas é se deixar seduzir pelas ofertas de crédito. Diante dos descontos oferecidos para financiamentos de automóveis, bem como crédito consignado e imobiliário, vale lembrar uma das regras de ouro das finanças pessoais: evite pagar juros sem necessidade. Nesses casos, o importante é avaliar se há realmente necessidade de fazer o empréstimo.

Outro ponto de atenção é para os produtos financeiros oferecidos. Na pressa para tentar aproveitar alguma promoção, há quem deixe de observar, por exemplo, se a liquidez ou risco do ativo está de acordo com suas necessidades financeiras.

Entre as principais ofertas das instituições está a redução do limite mínimo para aplicações em fundos de investimento e produtos financeiros. O buscador de investimentos Yubb elaborou um levantamento sobre as promoções lançadas para a Black Friday por bancos, corretoras e fintechs. As opções de renda fixa se destacavam, com um dos produtos de maior rentabilidade da lista diminuindo o aporte inicial de R$ 5 mil para R$ 1 mil, por exemplo.

"Mas é importante analisar as características dos investimentos, evitando fazer aplicações motivadas por recomendações de amigos ou ofertas", diz o fundador do Yubb, Bernardo Pascowitch. Ele ressalva, porém, que garimpando é possível encontrar boas oportunidades. "É um momento interessante para as pessoas que querem começar a investir ou aplicar melhor seu dinheiro, mas sentiam falta de um empurrãozinho."

Captação de clientes

Daniel Sandoval, gerente de fundos de investimento da Caixa, que começou as ofertas no dia 7, diz que a ideia é usar a data principalmente para chamar a atenção para novos produtos, "mostrando que há outras opções no mercado além da tradicional poupança".

O banco diminuiu o aporte inicial para alguns de seus fundos de investimento, o que, segundo Sandoval, tem servido para aumentar a base de clientes com investimentos no banco público.

No Banco Inter, as facilidades do mês, batizadas de Black November, trouxeram mais de 6 mil investidores, entre clientes que passaram a investir e quem abriu conta na instituição desde então, diz o vice-presidente do banco, Marco Tulio.

Desde o último ano, quando o Banco Inter estendeu as ofertas de Black Friday até a chamada Cyber Monday, segunda-feira que sucede a sexta-feira de compras, a instituição registrou bons resultados com as promoções. "Com o evento, tivemos um crescimento de 50% nas aplicações em novembro de 2017", conta Tulio.

Para a instituição, a vantagem de fazer as promoções é aumentar a carteira de clientes, principalmente nas aplicações. "A surpresa neste ano é com o crédito imobiliário, cuja demanda aumentou 500%", diz o executivo.

O Santander também vai estender as ofertas até esta segunda.

Diretor comercial da corretora Easynvest, Fábio Macedo afirma que os produtos lançados nesta última semana quadruplicaram o volume de aplicações na corretora.

"Neste ano, os estoques dos produtos estão se esgotando mais rápido do que imaginávamos", diz. Ele comparou a procura das Letras de Câmbio, produto de renda fixa, com as cenas de corridas para comprar televisores em supermercados durante a Black Friday.

*Com o jornal O Estado de S. Paulo.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

seu dinheiro na sua noite

E essa Black Friday em ano de crise, vai dar bom?

Estamos prestes a viver uma Black Friday num ano de forte crise, em que as pessoas ficaram confinadas em casa. Definitivamente não é o melhor dos cenários para uma data tão voltada para o consumo. Por outro lado, foi na internet que a Black Friday ganhou força no Brasil, e o e-commerce deu um enorme […]

alta de 32% no ano

Parte da desvalorização maior do real se deve à dívida, diz presidente do BC

Roberto Campos Neto lembrou que o encerramento do ano é, tradicionalmente, um período de mais remessas de recursos ao exterior

fim do dia

O rali continua: Ibovespa deixa Wall Street de lado e sobe quase 20% em novembro

Ações de CVC e siderúrgicas lideram alta do índice. Dólar cai com fluxo e divulgação do dado das contas externas e juros recuam de olho em fiscal

Em pleno calendário eleitoral

Senado aprova mudanças na Lei de Falências

O projeto amplia o financiamento a empresas em recuperação judicial, permite o parcelamento e o desconto para pagamento de dívidas tributárias e possibilita aos credores apresentar plano de recuperação da empresa

Olha o Gol

Boeing 737-8 Max é autorizado a retornar operações no Brasil pela Anac

A informação é vista com bons olhos pela Gol, que é a única credenciada a operar o modelo no Brasil.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies