🔴 PRIO3 E +9 AÇÕES PARA COMPRAR AGORA – ASSISTA AQUI

Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Projeto de um gigante

Deutsche Bank e Commerzbank confirmam negociações de fusão

Anúncio oficial põe fim a meses de especulações de que os dois bancos estavam explorando uma combinação de ativos

Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
17 de março de 2019
10:50 - atualizado às 13:39
Fachada do Deutsche Bank.
Fachada do Deutsche Bank. - Imagem: Shutterstock

O Deutsche Bank, maior banco da Alemanha, e seu concorrente Commerzbank confirmaram neste domingo, 17, que estão em negociações formais para uma fusão. O projeto promete criar uma espécie de "campeão nacional", já que ambos os bancos lutam para retomar suas receitas após cortes profundos em seus braços de investimento.

Em breve comunicado à imprensa, o Commerzbank anunciou que as duas instituições "concordaram hoje em iniciar discussões sobre uma potencial fusão".

Já o Deutsche Bank anunciou em nota que seu conselho de administração decidiu "rever opções estratégicas", enfatizando que "não há certeza sobre o possível resultado das tratativas".

O anúncio acontece após meses de especulações de que os dois bancos, incentivados pelo governo alemão, iriam explorar uma possível combinação de ativos.

Ainda que um acordo esteja em aberto, a decisão anunciada hoje deixa os bancos alemães um passo mais perto da criação do quarto maior banco da Europa em ativos. Ao final de 2018, as duas instituições empregavam mais de 133 mil funcionários.

E por falar em funcionários, representantes trabalhistas no conselho fiscal do Deutsche Bank já disseram que se opõem a uma fusão. Para eles, uma combinação de negócios não vai fortalecer o banco e levará a cortes maciços de pessoal. Cerca de 30.000 posições poderiam estar em risco se um acordo fosse acordado, segundo pessoas a par do assunto.

Do lado governamental, o Ministério das Finanças alemão busca favorecer tal acordo. O objetivo é garantir que o país tenha um financiador com alcance global que suporte uma economia voltada para a exportação. Vale lembrar que o governo ainda possui uma grande participação no Commerzbank.

Dinheirão

Embora ainda não esteja claro como a fusão seria estruturada, especula-se que o Deutsche Bank teria que levantar cerca de 8 bilhões de euros, que poderiam vir de acionistas ou através de vendas de ativos como o negócio de gestão de ativos do DWS Group. A Allianz SE demonstrou interesse no DWS e estaria explorando a possibilidade de combiná-lo com seu próprio braço de gestão de ativos.

"Vamos apenas buscar opções que façam sentido econômico, com base no progresso que fizemos em 2018", disse Christian Sewing, CEO do Deutsche Bank, em carta. "Nosso objetivo declarado continua sendo um banco global com um forte mercado de capitais - baseado em uma posição de liderança em nosso mercado doméstico na Alemanha e na Europa, e com uma rede global".

*Com agências internacionais.

Compartilhe

UM INVERNO DIFÍCIL

Recessão na Europa já é realidade? Novo corte de gás de Putin piora a situação no continente

27 de julho de 2022 - 11:45

Moscou decidiu cortar o fornecimento de gás natural para a Europa a partir de hoje. Os fluxos para a Alemanha, que já estavam em 40% da capacidade, caíram para 20%

BOMBOU NAS REDES

Rússia está a poucas horas de zerar fornecimento de gás para a Europa e coloca o continente em estado de alerta; descubra se Putin seria capaz de começar uma guerra econômica contra o Ocidente

11 de julho de 2022 - 15:31

A torneira do gás russo está se fechando e se Putin descumprir combinado com a Europa, uma guerra econômica pode começar; entenda

PUTIN CONTRA-ATACA?

Alerta máximo: Rússia cumpre a promessa e fecha torneira do gás para Alemanha; entenda o que isso significa para a economia global

11 de julho de 2022 - 11:53

As manutenções dos gasodutos russos começaram hoje e estão programadas para terminar no dia 21, mas analistas temem que Putin prorrogue o prazo de bloqueio

Crise de energia

Consequências da guerra: Alemanha planeja aumentar queima de carvão após Rússia cortar grande parte do suprimento de gás

20 de junho de 2022 - 15:15

O ministro da economia da Alemanha, Robert Habeck, alertou que a situação será “muito apertada no inverno” sem medidas cautelares para prevenir a escassez de suprimentos

OPERAÇÃO DESMAME

A Alemanha pretende tornar-se independente do petróleo russo ainda este ano. Entenda se essa é uma perspectiva realista

2 de maio de 2022 - 11:56

Para a Alemanha, mais difícil do que abrir mão do petróleo russo, é diversificar os fornecedores de gás natural

CHEIOS DE GÁS

Putin driblou as sanções? Como a Rússia encheu seus cofres com US$ 66 bilhões em dois meses de guerra

28 de abril de 2022 - 15:24

País tem usado os recursos bilionários para seguir adiante com a invasão da Ucrânia, revela estudo do Centro de Pesquisa em Energia e Ar Limpo, um grupo de pesquisa independente

FIQUE DE OLHO

Indicadores: Livro Bege do Fed e dados de inflação mexem com o mercado na semana em que Powell e Lagarde participam de evento do FMI; confira a agenda completa

14 de abril de 2022 - 18:03

Por aqui, a greve dos servidores do Banco Central continua a atrasar a publicação de dados econômicos; saiba o que esperar

Decreto de Putin

Alemanha em apuros? O que pode acontecer com o PIB do país sem o gás russo

13 de abril de 2022 - 10:42

De acordo com relatório, PIB e inflação da Alemanha ficariam em situação delicada sem manutenção da oferta de gás da Rússia

MISTÉRIO EM FRANKFURT

Por que dois grandes gestores estão vendendo suas posições nos dois maiores bancos alemães?

12 de abril de 2022 - 12:38

Gestora norte-americana levantou o equivalente a R$ 9,5 bilhões ao desovar suas ações no Deutsche Bank e no Commerzbank

FIQUE DE OLHO

Na semana seguinte à ata do Fed que bagunçou os mercados, destaque fica por conta da inflação nos Estados Unidos; confira a agenda completa de indicadores

8 de abril de 2022 - 17:58

Inflação ao produtor e inflação ao consumidor nos EUA assumem o centro do debate na esteira de ata do FOMC que indica que a autoridade monetária pode ser mais agressiva no aumento dos juros

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies