Menu
2019-03-18T10:48:24-03:00
Estadão Conteúdo
Leve queda...

IBC-Br cai 0,41% em janeiro de 2019 ante dezembro, com ajuste, revela BC

O índice de atividade calculado pelo BC passou de 138,76 pontos para 138,19 pontos na série dessazonalizada no período. Este é o menor patamar para o IBC-Br com ajuste desde outubro de 2018 (138,10 pontos)

18 de março de 2019
10:48
Fachada do Banco Central do Brasil (BC)
Imagem: Arnaldo Jr./Shutterstock

Após avançar 0,21% em dezembro (dado revisado), a economia brasileira teve baixa em janeiro de 2019. O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) recuou 0,41% em janeiro ante dezembro, na série com ajuste sazonal, informou na manhã desta segunda-feira, 18, a entidade.

O índice de atividade calculado pelo BC passou de 138,76 pontos para 138,19 pontos na série dessazonalizada no período. Este é o menor patamar para o IBC-Br com ajuste desde outubro de 2018 (138,10 pontos).

A baixa do IBC-Br foi mais forte que da mediana (-0,25%) do intervalo estimado pelos analistas do mercado financeiro consultados pelo Projeções Broadcast, que esperavam resultado entre -1,00% e +0,70%.

Na comparação entre os meses de janeiro de 2019 e janeiro de 2018, houve alta de 0,79% na série sem ajustes sazonais. Esta série encerrou com o IBC-Br em 133,16 pontos em janeiro, ante 132,12 pontos de janeiro do ano passado.

O IBC-Br acumulou alta de 1,00% nos 12 meses encerrados em janeiro de 2019, informou o Banco Central. O porcentual diz respeito à série sem ajuste sazonal.

Conhecido como uma espécie de prévia do BC para o Produto Interno Bruto (PIB), o IBC-Br serve como parâmetro para avaliar o ritmo da economia brasileira ao longo dos meses. A previsão atual do BC para a atividade doméstica em 2019 é de avanço de 2,4%.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Reserva de emergência

Jeff Bezos, o homem mais rico do mundo, vende ações da Amazon e põe US$ 5 bi na conta

O bilionário Jeff Bezos vendeu cerca de 1,5 milhão de ações da Amazon nos últimos dias e pode vender outros 500 mil papéis em breve

Reduzindo a participação

CSN começa a se desfazer de suas ações da Usiminas

Aproveitando o bom momento do setor siderúrgico na bolsa, a CSN vendeu mais de 50 milhões de ações preferenciais da Usiminas

O melhor do Seu Dinheiro

A limonada da bolsa e do dólar, as ações mais indicadas do mês e outros destaques da semana

A semana que passou tinha tudo para ser bem azeda para os investidores. No cardápio de notícias dos últimos dias tivemos: A alta da taxa básica de juros e a sinalização de que novos ajustes vêm por aí; Muito barulho político com a CPI da Covid; O projeto da reforma tributária de volta à estaca […]

Seu Dinheiro na sua noite

O grande respiro do câmbio e mais…

“Ih, vai ser uma semana daquelas”, pensei eu na segunda-feira, ao olhar a agenda de eventos previstos para os dias seguintes. Teríamos decisão do Copom e relatório de empregos nos EUA — e isso sem contar os inúmeros balanços corporativos. Em semanas assim, eu gosto de traçar alguns cenários na minha cabeça: se o BC […]

Fechamento da semana

Real ganha do dólar na semana e bolsa sobe mais de 2% com economia americana nem tão aquecida e Copom incisivo

Os problemas domésticos foram para baixo do tapete e os fatores externos ajudaram o Real a se valorizar e a bolsa a romper resistências importantes. Confira um resumo da semana.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies