Menu
2019-12-30T18:47:22-03:00
Dados do BC

Estoque de crédito sobe 1,1% em novembro para R$ 3,410 trilhões

Em novembro ante outubro, houve elevação de 0,9% no estoque para pessoas físicas e alta de 1,4% para pessoas jurídicas

27 de dezembro de 2019
11:16 - atualizado às 18:47
Dinheiro, cédula de real
Nota de real - Imagem: Shutterstock

O estoque total de operações de crédito do sistema financeiro subiu 1,1% em novembro ante outubro, para R$ 3,410 trilhões, informou nesta sexta-feira, 27, o Banco Central. Em 12 meses, houve alta de 6,3%.

Em novembro ante outubro, houve elevação de 0,9% no estoque para pessoas físicas e alta de 1,4% para pessoas jurídicas.

De acordo com o BC, o estoque de crédito livre avançou 1,8% em novembro, enquanto o de crédito direcionado apresentou alta de 0,3%.

No crédito livre, houve alta de 1,1% no saldo para pessoas físicas no mês passado. Para as empresas, o estoque avançou 2,6% no período.

O BC informou ainda que o total de operações de crédito em relação ao Produto Interno Bruto (PIB) foi de 46,9% para 47,3% na passagem de outubro para novembro.

As projeções do BC, atualizadas no Relatório Trimestral de Inflação (RTI) de dezembro, indicam expansão de 6,9% para o crédito total em 2019 e de 8,1% para 2020.

A projeção para o crédito livre em 2019 é de alta de 13,9% e em 2020 de 12,9%. Já expectativa para o crédito direcionado é de retração de 1,3% neste ano e alta de 1,6% no próximo ano.

Habitação

O estoque das operações de crédito direcionado para habitação no segmento pessoa física cresceu 0,5% em novembro ante outubro, totalizando R$ 630,815 bilhões, informou o Banco Central.

Em 12 meses até novembro, o crédito para habitação no segmento pessoa física subiu 5,8%.

Veículos

Já o estoque de operações de crédito livre para compra de veículos por pessoa física avançou 0,6% em novembro ante outubro, para R$ 197,210 bilhões. Em 12 meses, houve alta de 17,7%.

Setores

O saldo de crédito para as empresas do setor de agropecuária subiu 1,7% em novembro, para R$ 25,230 bilhões, informou o Banco Central.

Já o saldo para a indústria cedeu 0,2%, para R$ 599,733 bilhões. O montante para o setor de serviços teve alta de 2,4%, para R$ 793,470 bilhões.

No caso do crédito para pessoa jurídica com sede no exterior e créditos não classificados (outros), o saldo subiu 11,7%, aos R$ 21,080 bilhões.

BNDES

O saldo de financiamentos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para empresas recuou 0,5% em novembro ante outubro, somando R$ 394,347 bilhões, informou o Banco Central. Em 12 meses, a queda acumulada é de 10,9%.

Em novembro, houve avanço de 0,6% nas linhas de financiamento agroindustrial, baixa de 0,5% no financiamento de investimentos e queda de 4,9% no saldo de capital de giro.

Setor financeiro

O saldo do crédito ampliado ao setor não financeiro subiu 2,2% em novembro ante outubro, para R$ 10,213 trilhões. O montante equivale a 141,6% do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil, conforme o Banco Central.

O crédito ampliado inclui, entre outras, as operações de empréstimos feitas no âmbito do Sistema Financeiro Nacional (SFN) e as operações com títulos públicos e privados. A medida permite uma visão mais ampla sobre como empresas, famílias e o governo geral estão se financiando, ao abarcar não apenas os empréstimos bancários.

No caso específico de famílias e empresas, o saldo do crédito ampliado avançou 2,2% em novembro ante outubro, para R$ 5,710 trilhões. O montante equivale a 79,1% do PIB.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

lista da forbes

Bilionário Joseph Safra desbanca Lemann em ranking dos mais ricos

Pódio dos bilionários brasileiros é completado por Eduardo Saveri, cofundador do Facebook, com fortuna estimada em R$ 68 bilhões; veja lista

Sinal vermelho

Bolsa fecha em queda e dólar sobe forte com deterioração nos mercados financeiros internacionais

Em sessão marcada por aversão generalizada ao risco, ‘quadruple witching’ em Wall Street aprofundou recuo do Ibovespa e impulsionou o dólar

é bra de casa

Bradesco fecha acordo com funcionários para regulamentar home office

O Bradesco fechou um acordo com seus funcionários para regulamentar o home office, algo que cresceu de forma obrigatória por conta da pandemia de covid-19, mas que valerá de forma permanente

sem apoio, sem emprego

United alerta para risco de corte de 16 mil empregos caso não tenha ajuda

Em carta endereçada ao secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, e a lideranças no Congresso americano, o CEO da United Airlines, Scott Kirby, alertou que a aérea poderá ter que cortar até 16 mil empregos caso o governo e o Legislativo não aprovem novo pacote de apoio financeiro ao setor

veja ao vivo!

Podcast Touros & Ursos: Onde investir após a ressaca de juros?

Overdose de decisões de política monetária movimentou a semana dos mercados. Onde pôr o dinheiro em um mundo de taxas reais negativas? Veja no nosso podcast ao vivo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements