Menu
2019-06-07T18:44:47-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
Cursando jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
Resultados do 1º trimestre

O que esperar dos balanços de Itaú, Santander, Gol, Raia Drogasil e mais 4 empresas nesta semana

Os lucros bilionários dos bancões mais uma vez devem ser o grande destaque entre os resultados. Atualize a sua agenda e saiba as principais projeções para os balanços da semana

29 de abril de 2019
5:00 - atualizado às 18:44
Balanços Itaú, Santander, Gol, Raia Drogasil
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

A temporada de balanços segue agitada. Após o Bradesco abrir a temporada de resultados dos bancões, nesta semana é a vez de Santander Brasil e Itaú Unibanco apresentarem os aguardados números referentes aos primeiros três meses de 2019 . Os resultados saem amanhã (30) e quinta-feira (2), respectivamente.

Os investidores também andam animados para a divulgação de outras gigantes, como a Raia Drogasil, que também libera os seus resultados hoje, junto com CCR, EcoRodovias e Multiplan. Na terça-feira, 30, é a vez da aérea Gol. Na quinta-feira, 2, após o feriado do Dia do Trabalho, encerrando a agenda da semana temos a Klabin.

Para te mostrar o caminho das pedras e ajudar na preparação para os resultados oficiais, fiz um resumo com as principais informações e estimativas do mercado.

O céu é o limite

As coisas não poderiam estar melhores para a unidade brasileira do banco espanhol Santander. Sempre trazendo resultados acima da expectativa do mercado, o bancão vem deixando os investidores mal acostumados.

Se a tendência se confirmar - e ela provavelmente vai - o banco deve apresentar dados robustos mais uma vez. A expectativa é que os números continuem rendendo e que o lucro líquido atinja a marca de R$ 3,261 bilhões, mais de 12% maior do que o registrado no mesmo período do ano passado, de acordo com a Bloomberg.

Um dos números mais aguardados e que você deve ficar de olho, investidor, é o da rentabilidade do banco.  No último balanço divulgado, o Santander apresentou um retorno de 21,1% e encostou no Itaú Unibanco, historicamente o mais rentável entre os bancões. A projeção dos analistas mostra que o número deve acima dos 20% novamente.

Segue o líder

Falando em Itaú, o líder de rentabilidade no Brasil deve manter o posto neste trimestre. Os analistas projetam um lucro líquido de R$ 6,419 bilhões nos três primeiros meses do ano.

A grande aposta do Itaú para manter os bons resultados é o crédito. No último balanço divulgado pelo banco, a carteira de crédito encerrou o ano em R$ 636,9 bilhões. Na semana passado, o Bradesco apresentou uma aceleração na concessão de financiamentos. A expectativa agora é que o maior banco privado do país também siga a tendência e apresente bons resultados na área.

Nas alturas

Além dos bancos, vale a pena conferir o resultado da Gol, que também está previsto para esta semana. Em meio ao imbróglio envolvendo o leilão de partes da Avianca, o noticiário em torno da empresa aérea anda agitado.

A Gol e a Latam também entraram na disputa após a mudança na forma como os ativos da companhia em recuperação judicial serão leiloados. A reação das duas maiores empresas aéreas do país deve barrar os planos da Azul de ganhar espaço na cobiçada ponte aérea.

Em entrevista recente, o presidente da Gol admitiu o risco de que a Avianca não se sustente até a data do leilão, o que poderia trazer um prejuízo de até R$ 190 milhões para a empresa.

Em um primeiro momento, o mercado não se animou com com as projeções financeiras preliminares que a companhia divulgou no início do mês. Especialistas ouvidos pela Bloomberg estimam que o lucro líquido da companhia seja 54% superior ao do primeiro trimestre do ano passado e atinja R$ 227,1 milhões.

Ressaca pós-fusão

Vai ser interessante ficar de olho no primeiro balanço após o anúncio de compra da Drogaria Onofre pela Raia Drogasil, em fevereiro. A saída da americana CVS, dona da Onofre, do país se mostrou estratégica para a Raia Drogasil, que estava de olho na atuação do e-commerce da marca e nas lojas em São Paulo.

Sobre o resultado, o ano passado não foi um dos mais tranquilos para a Raia Drogasil e as coisas não parecem caminhar para um cenário muito diferente. Para o balanço do primeiro trimestre de 2019, as estimativas do mercado projetam números menores que aqueles apresentados no mesmo período do ano passado. O esperado pelos analistas é que a empresa tenha um lucro líquido de R$ 118,5 milhões, uma queda de 3,9%.

Não se esqueça

Além das gigantes que comentei acima, a CCR, Multiplan, EcoRodovias e Klabin também divulgam os seus resultados. Anote na agenda!

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Expansão

3R Petroleum fecha parceria com DBO para aquisições de campos offshore

Com a parceria, a DBO se tornará acionista minoritária da OP, que seguirá sob controle da 3R

Boletim médico

Covid-19: mortes ultrapassam 264 mil e casos chegam a quase 11 milhões

Os dados estão na atualização diária do Ministério da Saúde, divulgada na noite deste sábado (6)

ESTRADA DO FUTURO

A mentira envolvendo o Clubhouse e o Tinder que rendeu 400% de valorização

Os mercados estão longe de serem perfeitos, e hoje vou te contar uma história real que envolve duas das empresas mais quentes no setor de mídias sociais: o “Clubhouse” e o “Tinder”.

reta final de negociações

Senado americano aprova “pacote Biden” de US$ 1,9 trilhão

Agora, o pacote voltará para a Câmara dos Representantes, que analisará as alterações feitas no texto pelos senadores. Se for aprovado, o projeto será enviado à Casa Branca para a sanção do presidente

entrevista

‘Episódio Petrobras deu um susto grande nos investidores’, diz economista do Itaú

O economista-chefe do Itaú Unibanco, Mario Mesquita, diz também estar preocupado com as incertezas políticas, que ameaçam o crescimento do PIB

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies