Menu
2021-02-09T19:12:55-03:00
Estadão Conteúdo
resultados do 4º tri

Neoenergia tem lucro aos controladores de R$ 996 milhões, alta de 61%

No acumulado de 2020, o lucro atingiu R$ 2,809 bilhões, 26% superior em relação ao R$ 2,229 bilhões anotados no exercício anterior

9 de fevereiro de 2021
19:12
Mario Ruiz-Tagle, presidente da Neoenergia
Mario Ruiz-Tagle, presidente da Neoenergia - Imagem: Vinícius Pinheiro/Seu Dinheiro

A Neoenergia, holding de energia controlada pela espanhola Iberdrola, registrou um lucro líquido atribuído aos acionistas controladores de R$ 996 milhões no quarto trimestre deste ano, alta de 61% ante os R$ 618 milhões reportados na mesma etapa de 2019.

Com isso, no acumulado de 2020, o lucro atingiu R$ 2,809 bilhões, 26% superior em relação ao R$ 2,229 bilhões anotados no exercício anterior.

A geração de caixa medida pelo Ebitda cresceu 39%, na comparação com o registrado no quarto trimestre do ano anterior, passando de R$ 1,513 bilhão para R$ 2,101 bilhões. No ano, o Ebitda aumentou 14%, para R$ 6,456 bilhões.

A receita operacional líquida totalizou R$ 10,002 bilhões entre outubro e dezembro, 39% superior aos R$ 7,215 bilhões anotados nos mesmos meses de 2019. No consolidado de 2020, a receita totalizou R$ 31,138 bilhões, alta de 13%.

O resultado financeiro da Neoenergia foi negativo em R$ 350 milhões no quarto trimestre, ligeiramente melhor que a despesa de R$ 368 milhões anotada no mesmo período do ano anterior. No ano, a despesa financeira líquida totalizou R$ 1,003 bilhão, 23% menor que o R$ 1,341 bilhão de 2019.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Proventos

Banco do Brasil anuncia pagamento de R$ 416 milhões em Juros sobre Capital Próprio (JCP)

Terão direito ao provento os investidores com posição acionária na empresa no dia 11 de março

o melhor do seu dinheiro

Brandão balança mais não cai?

Chegamos ao fim de mais uma semana tensa nos mercados, que começou com a derrocada das ações da Petrobras, em razão da interferência do governo na presidência da estatal, e termina com pressões na bolsa e no dólar motivadas pelas preocupações dos investidores com a inflação nos Estados Unidos e alta nas taxas dos títulos […]

URGENTE

Hapvida e NotreDame chegam a um acordo sobre fusão, afirma site

A maior combinação entre duas empresas brasileiras criará uma gigante do setor de saúde, com um valor de R$ 110 bilhões.

fechamento da semana

Tensão em Brasília leva Ibovespa de volta aos 110 mil pontos e afunda estatais; dólar vai a R$ 5,60

Em semana marcada pela tensão entre governo e mercado, o Ibovespa recuou 7,09%, de volta aos 110 mil pontos. O dólar disparou acima dos R$ 5,60

Abandonando o barco?

Ações do Banco do Brasil recuam quase 5% com possibilidade de saída de André Brandão

Brandão tem mostrado insatisfação com o cargo e quer deixar o comando da estatal, segundo jornal; BB nega que presidente tenha renunciado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies