Menu
2019-05-24T07:07:17-03:00
Estadão Conteúdo
vizinhos em crise

Superávit comercial da Argentina cai a US$ 1,131 bi em abril

O relatório argentino mostrou forte recuo nas compras de produtos do Brasil, na comparação anual, com modesta baixa também nas exportações argentinas ao mercado brasileiro

24 de maio de 2019
7:06 - atualizado às 7:07
exportações
Imagem: Shutterstock

O superávit comercial da Argentina recuou a US$ 1,131 bilhão em abril, após ficar em US$ 1,183 bilhão em março, informou na quinta-feira o Instituto Nacional de Estatística e Censos (Indec). Analistas ouvidos pela Trading Economics previam US$ 800 milhões. O relatório argentino mostrou forte recuo nas compras de produtos do Brasil, na comparação anual, com modesta baixa também nas exportações argentinas ao mercado brasileiro.

Considerando-se toda a balança comercial, as exportações argentinas tiveram aumento de 1,7% em abril na comparação com o mesmo mês de 2018, a US$ 5,305 bilhões. As importações, por outro lado, recuaram 31,6%, a US$ 4,174 bilhões. O país tem enfrentado grave crise econômica, com recessão e aumento na pobreza e no desemprego.

Apenas com o Brasil, o saldo comercial argentino ficou negativo em US$ 63 milhões. A Argentina exportou US$ 889 milhões em produtos ao País em abril, mas importou US$ 952 milhões. As exportações tiveram queda de 2,9% em abril, na comparação com igual mês do ano passado, enquanto as importações recuaram 43,8%.

Os principais sócios comerciais argentinos em abril foram Brasil, China e Estados Unidos, nessa ordem. Em abril, o País foi destino de 83,6% das exportações argentinas para parceiros do Mercosul, aponta o Indec. O Brasil é ainda o principal destino das exportações argentinas em geral, seguido por China, EUA, Vietnã, Chile e Holanda.

Em janeiro, a Argentina registrou déficit comercial de US$ 42 milhões com o Brasil, seguido de déficit de US$ 33 milhões em fevereiro, superávit de US$ 73 milhões em março e, agora, déficit de US$ 63 milhões em abril.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Risco fiscal

Efeito de fatiamento da PEC emergencial seria extremamente perverso, diz secretário do Tesouro

“Se for fatiado será pior para todos. Queremos dar o auxílio aos vulneráveis, mas também precisamos de um ambiente fiscalmente organizado para que a economia melhore”, disse Bruno Funchal

Nível pré-pandemia

Governo Central tem superávit de R$ 43,219 bilhões em janeiro

Após 11 meses consecutivos de rombos causados pelos gastos de enfrentamento à pandemia, contas do Governo Central voltam a ter superávit

Pagamentos e maquininhas

Lucro do PagSeguro soma R$ 430 mi no trimestre, maior da história da companhia

Entretanto, companhia com ações negociadas na Nasdaq teve queda no lucro em 2020

o melhor do seu dinheiro

Lá vem o Leão de novo…

Estamos naquela época do ano de novo: temporada de prestação de contas ao Leão! A Receita Federal acaba de divulgar as regras de preenchimento da declaração de imposto de renda 2021, que neste ano deverá ser entregue entre 1º de março e 30 de abril. Parece que foi ontem que estávamos fazendo o exercício cívico […]

Nova fase

Conselho do Santander aprova proposta de reorganização societária com a cisão da Getnet

Em fato relevante, o banco explica que na cisão serão entregues aos acionistas do Santander Brasil, conforme aplicável, ações ordinárias ou preferenciais de emissão da Getnet ou certificados de depósito de ações

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies