A AÇÃO QUE ESTÁ REVOLUCIONANDO A INFRAESTRUTURA DO BRASIL E PODE SUBIR 50%. BAIXE UM MATERIAL GRATUITO

2022-07-04T12:03:53-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
EMERGENTES EM APUROS

Sempre teremos Buenos Aires – ou Istambul: enquanto Argentina promove troca ministerial, inflação na Turquia dispara; entenda a situação

‘Fritura’ política é apontada como motivo para troca de ministro na Argentina; na Turquia, inflação atinge o maior nível de 1998

4 de julho de 2022
11:10 - atualizado às 12:03
Argentina, Turquia
Imagem: Pixabay

Sempre que você tiver a impressão de que as mazelas econômicas do Brasil passaram da conta, busque um pouco de conforto na Argentina e na Turquia.

Não que a economia brasileira esteja nadando de braçada. Nada disso. Mas argentinos e turcos parecem dispor de um talento adicional para fazer com que o Brasil até pareça um país sério.

Comecemos pela Turquia. Depois passaremos aos hermanos, conhecidos pelas inovações em termos de medidas econômicas.

Inflação se aproxima de 80% ao ano na Turquia

A taxa anual do índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) da Turquia atingiu 78,62% em junho.

Trata-se do maior nível desde setembro de 1998, segundo a TurkStat, como é conhecida a agência oficial de estatísticas do país eurasiático.

O resultado representa uma aceleração em relação à alta de 73,50% registrada em maio.

Na comparação mensal, a inflação acelerou a 4,95% em junho, de +2,98% no mês anterior.

Enquanto isso, na Argentina...

Silvina Batakis é a nova ministra da Economia da Argentina. Ela foi escolhida pelo presidente Alberto Fernández para comandar a pasta em substituição Martín Guzmán, que pediu demissão no sábado.

O anúncio foi feito na noite de ontem, via Twitter, pela porta-voz do governo argentino, Gabriela Cerruti.

"Batakis é uma renomada economista que cumpriu essa função na província de Buenos Aires entre 2011 e 2015", escreveu Cerruti.

À época, o ex-embaixador da Argentina no Brasil Daniel Scioli era o governador da província. Hoje ele é o ministro de Desenvolvimento Produtivo de Fernández.

Em sua conta no Twitter, Scioli elogiou a decisão e escreveu sobre Batakis: "uma pessoa de grande qualidade humana e extensa formação profissional. Uma trabalhadora incansável com um grande sentido de responsabilidade e uma experiência notável".

Em sua formação acadêmica constam: graduação em Economia pela Universidade Nacional de La Plata, mestrado em Finanças Públicas Provinciais pela mesma universidade e mestrado em Economia Ambiental pela Universidade de York, na Inglaterra.

Reação do mercado

A reação do mercado é percebida no mercado de câmbio.

Tanto o peso argentino quanto a lira turca operam em queda em relação ao dólar norte-americano.

Aceno do kirchnerismo

Para aplacar a crise política deflagrada pela renúncia de Martín Guzmán, o presidente Alberto Fernández escolheu como sucessora um nome próximo ao grupo liderado pela vice-presidente Cristina Kirchner.

A nova titular da pasta, Silvina Batakis, foi sugerida por Cristina, de acordo com a mídia argentina.

A economista de 53 anos circula há décadas entre círculos kirchneristas.

Entre 2011 e 2015, comandou a equipe econômica da província de Buenos Aires durante a gestão de Scioli, um dos principais aliados de Kirchner.

Quando se lançou candidato à presidência em 2015, Scioli sinalizou que designaria Batakis para o ministério da economia. Ele, no entanto, foi derrotado por Mauricio Macri.

Na Argentina, a fritura do ex-ministro

A escolha representa um aceno de Fernández a Cristina Kirchner.

Segundo o jornal El Cronista, os dois tiveram uma conversa telefônica por 25 minutos na noite de domingo, na qual a decisão teria sido comunicada.

A vice-presidente vinha fazendo duras críticas públicas à gestão de Guzmán, insatisfeita sobretudo com os planos de redução dos gastos públicos.

A diminuição do déficit fiscal era um das contrapartidas exigidas pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) para um programa de reestruturação de US$ 44 bilhões em dívida da argentina com o organismo multilateral.

Cristina expressou publicamente sua oposição aos termos do acordo e rejeitou a ideia de que a política econômica expansionista tenha sido responsável pela escalada da inflação no país.

Ao anunciar a renúncia, no sábado, Guzmán não citou especificamente os motivos que levaram à decisão, mas a carta em que comunicou a saída foi divulgada no mesmo momento em que Kirchner repetia críticas a ele.

*Com informações do Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

NOITE CRIPTO

Bitcoin (BTC) sente pressão do Fed e recua na semana, enquanto ethereum (ETH) sustenta alta impulsionada pela “The Merge”; entenda

18 de agosto de 2022 - 20:25

O ethereum (ETH) vence a letargia do mercado hoje ainda impulsionado pela The Merge, atualização que, segundo analista, foi enfim “descoberta” pelo mercado

ELEIÇÕES 2022

Bolsonaro aparece no retrovisor de Lula, mas petista ainda pode levar no primeiro turno, segundo Datafolha

18 de agosto de 2022 - 20:00

Essa é a primeira pesquisa de intenção de voto divulgada após o início oficial da campanha presidencial, que começou há dois dias

REBATEU FAKE NEWS

“Estou meio acostumada a tomar paulada”: Luiza Trajano fala sobre política, empreendedorismo e os desafios do Magalu (MGLU3)

18 de agosto de 2022 - 19:13

A empresária rebateu alguns dos principais boatos que envolvem o seu nome e comentou as perspectivas do varejo no TAG Summit 2022

MAIS UM PASSO

Unindo os jalecos: acionistas do Fleury (FLRY3) e Hermes Pardini (PARD3) aprovam a fusão entre as companhias

18 de agosto de 2022 - 19:12

Os acionistas de Fleury (FLRY3) e Hermes Pardini (PARD3) deram aval para a junção dos negócios das companhias; veja os detalhes

o melhor do seu dinheiro

Ibovespa faz o dever de casa, o futuro das petroleiras e quem vai ficar com Congonhas; confira os destaques do dia

18 de agosto de 2022 - 18:40

Passado o grande evento da semana — a divulgação de ontem (17) da ata da última reunião do Federal Reserve — os investidores tiveram pouco com o que trabalhar nesta quinta-feira (18), levando as bolsas globais a mais um dia de muita volatilidade.  A cautela inicial em Nova York e a subida dos juros futuros […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies