2019-08-18T10:51:48-03:00
Demissão anunciada

Ministro da Fazenda da Argentina renuncia ao cargo e traz novas turbulências ao mercado internacional

Anúncio foi feito por meio de uma carta enviada a Mauricio Macri em que Nicolás Dujóvne justifica a necessidade de uma renovação na área econômica

17 de agosto de 2019
18:50 - atualizado às 10:51
Nicolás Dujóvne - Imagem: Shutterstock

Mais uma crise para preocupar os hermanos. O ministro da Fazenda da Argentina, Nicolás Dujóvne, renunciou ao seu cargo na noite deste sábado (17), ampliando as tensões do mercado internacional sobre a situação no país.

O anúncio foi feito por meio de uma carta direcionada ao presidente Mauricio Macri. O documento, divulgado pelo jornal La Nacion, aponta que o principal motivo para a demissão de Dujóvne seria a necessidade "de uma renovação significativa na área econômica". O agora ex-ministro ocupava o cargo desde janeiro de 2017.

E agora, quem entra?

O La Nacion já antecipou quem seria o substituto de Dujóvne. De acordo com a publicação, Hermán Lacunza, que ocupa o cargo de ministro da Economia da província de Buenos Aires, deve assumir a função na administração federal.

Se confirmado, Lacunza assumirá a economia de um país em profunda crise política e econômica. No último domingo, as eleições prévias apontaram para a vitória do oposicionista Alberto Fernández, e que tem a ex-presidente Cristina Kirchner como vice. A dupla conseguiu 47,66% dos votos, contra 32,08% de Macri. O mercado não gostou nada dessa mudança de comando e levou a bolsa argentina a despencar 32% na segunda-feira.

Diante das inseguranças dos investidores, Macri tentou acalmar os mercados anunciando um pacote de medidas econômicas. Entre as ações estavam o aumento do salário mínimo, o congelamento do preço da gasolina e o pagamento de bônus adicionais aos trabalhadores. Também anunciou cortes nos impostos sobre alguns alimentos.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Dê o play!

A bolsa ainda pulsa, mas será um último suspiro? O podcast Touros e Ursos discute o cenário para o Ibovespa

No programa desta semana, a equipe do Seu Dinheiro discute o cenário para o Ibovespa e os motivos que fazem a bolsa brasileira subir

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

O respiro da bolsa brasileira, o tropeço do bitcoin e o vazamento de dados do PIX: confira as principais notícias do dia

Para quem não aguentava mais ver a bolsa brasileira apanhando enquanto Wall Street renovava recordes, este início de ano está sendo o momento da revanche. Ou melhor, de o Ibovespa “correr atrás do prejuízo”. Nesta terceira semana de janeiro, o principal índice da B3 mais uma vez contrariou o exterior e enfileirou altas, enquanto as […]

Fechamento da semana

Ibovespa tem dia morno com exterior negativo, mas termina semana com ganho de 1,88%; dólar fecha em alta, mas acumula queda de 1,05% no período

Bolsa terminou o dia em baixa, com dólar e juros em alta, com piora no exterior e preocupações fiscais

CASOS DE FAMÍLIA

Elon Musk pega pesa pesado com o Twitter após integração de NFTs; veja o que o bilionário falou

Rede social passou a permitir que usuários do iOS, sistema da Apple, utilizassem os chamados tokens não fungíveis como fotos de seus perfis

Renda fixa

Nubank lança fundo para reserva de emergência que busca retorno entre 100% e 105% do CDI – mas tem uma pimentinha

Nu Reserva Imediata é o primeiro fundo de renda fixa da família Nu Reserva; embora seja de baixo risco, ele tem opção de investir em títulos privados