Menu
2019-06-07T18:45:25-03:00
Estadão Conteúdo
ABALO ENTRE VIZINHOS

Crise argentina atinge saldo comercial brasileiro no 1º quadrimestre, diz FGV

Saldo comercial de abril foi de US$ 5,9 bilhões, levando a um acumulado de US$ 16,4 bilhões no primeiro quadrimestre

15 de maio de 2019
11:35 - atualizado às 18:45
exportações
Imagem: Shutterstock

A crise econômica na Argentina atingiu em cheio as exportações brasileiras, contribuindo para a redução no saldo da balança comercial no primeiro quadrimestre do ano, na comparação com igual período de 2018, conforme os dados do Indicador de Comércio Exterior (Icomex), divulgado nesta quarta-feira, 15, pela Fundação Getulio Vargas (FGV) de abril.

O saldo comercial do mês passado foi de US$ 5,9 bilhões, levando a um acumulado no primeiro quadrimestre do ano de US$ 16,4 bilhões, inferior ao registrado em igual período de 2018 que foi de US$ 18,2 bilhões.

Segundo o Icomex, a balança comercial com a Argentina passou de superavitária para deficitária em US$ 3,1 bilhões, seguida da perda com a União Europeia (queda de US$ 1,4 bilhões entre o superávit do primeiro quadrimestre de 2019 e o de 2018).

Também houve queda de US$ 900 milhões no saldo comercial com a China, compensada por ganhos no comércio com os Estados Unidos. O déficit registrado com os Estados Unidos em 2018 passou para um superávit de US$ 500 milhões no acumulado até abril de 2019.

"Observa-se que a piora do saldo com a China em relação ao resultado com os Estados Unidos está associado a um recuo das importações oriundas do mercado estadunidense em 3,5%, enquanto as importações chinesas aumentaram 27%, na comparação do primeiro quadrimestre de 2018 e 2019. Nesse mesmo período as exportações brasileiras para a China aumentaram em 10,3% e para os Estados Unidos, em 9,3%", diz a nota divulgada pela FGV.

O Icomex mostrou ainda que o superávit com o Oriente Médio aumentou em US$ 900 milhões no primeiro quadrimestre do ano, em relação a igual período de 2018, apesar das turbulências nas relações com os países árabes por causa da aproximação do Brasil com Israel.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Triste marca

Brasil registra mais de 500 mil mortos por covid-19

Em 24 horas foram 2.301 óbitos e 82.288 novos casos. Em nota, Conass ressalta que o Brasil tem 2,7% da população mundial, e é responsável por 12,8% das mortes

Here comes the sun

Energia solar ruma para liderança no País até 2050

O sol será responsável por 32% da geração, ao mesmo tempo em que a participação das hidrelétricas deve cair para cerca de 30%

ESTRADA DO FUTURO

Os três setores mais lucrativos em tecnologia, e por que você deve investir neles

Integração entre softwares e Inteligência Artificial são dois dos segmentos que devem fazer parte de qualquer portfólio de investimentos vencedor

Ano de eleição

Promessas de Bolsonaro estouram “folga” do Orçamento em 2022

A ampliação do Bolsa Família e um eventual aumento de 5% nos salários do funcionalismo público já superam o espaço adicional de R$ 25 bilhões para o próximo ano

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies