Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-08-30T15:07:24-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Tá complicado

Com ‘pânico’ pós downgrade da Argentina, BC hermano pode comprar títulos no mercado

Operações podem incluir ativos como Letras do Tesouro Capitalizáveis (Lecaps) em pesos e Letras do Tesouro (Letes) em dólares

30 de agosto de 2019
15:07
Peso argentino
Peso argentino - Imagem: Shutterstock

O Banco Central da República Argentina (BCRA) circulou nesta sexta-feira a Comunicação A 6767 estipulando que poderá comprar no mercado secundário títulos como Letras do Tesouro Capitalizáveis (Lecaps) em pesos e Letras do Tesouro (Letes) em dólares, "a preço único ou múltiplo e pro rata".

As operações serão realizadas por meio de leilões "dos quais poderão participar somente os Fundos Comuns de Investimento por meio de instituições financeiras".

Ao Broadcast, o economista argentino Gabriel Zelpo afirmou tratar-se de uma medida para dar liquidez a esses fundos, frente ao "pânico" nos mercados com o rebaixamento, ontem, do rating da Argentina pela agência de classificação de risco S&P Global Ratings de B- para SD (default seletivo), que levou a uma onda de resgates por poupadores.

"Como medida paliativa e para poder responder aos resgates dos poupadores, o BCRA dá liquidez", explica Zelpo.

Rating

Ainda na quinta-feira, o Ministério da Fazenda do país vizinho dizia que a qualificação de calote seletivo pela S&P "estará em vigência só por um dia", apontando para trecho do comunicado da agência de classificação de risco segundo o qual, "como os novos termos" para os repagamentos da dívida de curto prazo "se tornam efetivos imediatamente, o default também foi curado".

"Portanto, planejamos elevar os ratings de longo prazo para CCC- e os de curto prazo para C em 30 de agosto", escreveu a S&P.

Há pouco, o Ministério da Fazenda divulgou o calendário com as novas datas de repagamento da dívida, passo apontado como condição para que a agência efetive a elevação dos ratings.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

XP anuncia investimento na edtech Resilia

A Resilia é uma edtech que combina tecnologias que potencializam o aprendizado individualizado e em comunidade com um método de ensino que capacita potenciais talentos de uma forma mais rápida para o mercado digital

Análise

Investir em ações de banco ainda é uma boa? Veja 3 motivos que deixam a XP Investimentos cautelosa

Se no ano passado a postura era otimista, agora os analistas do setor financeiro da XP estão mais cautelosos, já que o cenário é de preços elevados dos ativos e uma concorrência e intervenções regulatórias preocupantes.

REFORMA TRIBUTÁRIA

PIB pode crescer 1,6% com redução de IR para empresas, indica estudo

O cálculo de 20% teve como base comportamento das empresas depois de um dos maiores aumentos na alíquota do imposto sobre dividendos no mundo – na França, em 2013, de 15,5% para 46%

ESG

‘Equidade racial se tornou prioridade dentro da Vivo’, diz presidente

Dentro da extensa agenda ESG, que concentra ações ambientais, sociais e de governança, a Vivo aposta na equidade racial

Clube do livro

Das tulipas ao bitcoin: conheça a história das crises financeiras de uma forma irreverente

O maior trunfo de “Crash”, de Alexandre Versignassi, é nos guiar pela história da economia mundial e brasileira traçando paralelos entre o passado e o presente

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies