Menu
2019-04-16T19:28:06-03:00
Estadão Conteúdo
Vizinho em crise

BC da Argentina congela banda cambial e impõe teto ao peso até o fim deste ano

Anteriormente, o BC argentino atualizava diariamente a banda cambial, mas a partir de agora valerá até o fim do ano o que vigorava nesta terça-feira

16 de abril de 2019
19:28
Peso argentino
Peso argentino - Imagem: Shutterstock

O Banco Central da Argentina (BCRA) anunciou nesta terça-feira mudanças em seu esquema monetário, congelando a banda cambial para o peso e, com isso, impondo um teto à moeda até o fim deste ano. A instituição disse que a zona de não intervenção para o câmbio estará entre 39,75 e 51,45 pesos por dólar até fim de 2019.

Anteriormente, o BC argentino atualizava diariamente a banda cambial, mas a partir de agora valerá até o fim do ano o que vigorava nesta terça-feira, 16. O ajuste foi anunciado durante a apresentação do Informe de Política Monetária do BCRA, após o dado de inflação ao consumidor de hoje.

O presidente do BC da Argentina, Guido Sandleris, enfatizou que o câmbio continua a ser flutuante no país. Além disso, anunciou outras duas novidades: o BC a partir de agora deixará de comprar divisas abaixo do piso da zona de não intervenção, até 30 de junho; e a instituição pretende impulsionar a concorrência no setor bancário, para conseguir que as taxas de referência sejam mais bem transmitidas para o restante do sistema.

O índice de preços ao consumidor da Argentina subiu 4,7% em março ante fevereiro, acima da previsão de 4,0% dos analistas ouvidos pela Trading Economics. "O aumento que vimos nos três meses do ano foi um fenômeno transitório e falta muito pouco para que ela retome uma trajetória descendente", afirmou Sandleris, que atribuiu a alta recente dos preços à elevação de tarifas públicas no início do ano e suas consequências, bem como à desvalorização do peso desde o fim de fevereiro. A autoridade lembrou que analistas do setor privado em geral também projetam desaceleração dos preços de agora em diante.

O ano na Argentina é de alta inflação e também de recessão econômica, ao menos por ora. Nesse quadro, o presidente Mauricio Macri pretende buscar a reeleição no fim de outubro, tendo como a provável principal concorrente a ex-presidente Cristina Kirchner. As pesquisas em geral preveem uma disputa acirrada entre a dupla.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

balanços 3º tri

Hypera Pharma atinge maior receita da história e lucro cresce 29,4% no terceiro trimestre

Além da evolução de dois dígitos no segmento de ‘sell-out’ (vendas em farmácias), o período também fechou a conclusão de dois grandes negócios para a Hypera Pharma

Mudanças no time

BB Seguridade anuncia Marcio Hamilton Ferreira como novo diretor-presidente

Ferreira é graduado em Administração de empresas e desde janeiro ocupava o cargo de Diretor-Presidente da Brasilprev, empresa investida da BB Seguridade.

Multa de US$ 40 milhões

Justiça dos EUA aprova acordo para encerramento de ação coletiva, diz BRF

A empresa pagou a quantia de US$ 40 milhões para encerrar todas as demandas pendentes e que possam vir a ser propostas por pessoas ou entidades

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Um grande passo para a Arezzo

A Arezzo, rede de lojas de calçados femininos presente em boa parte dos shoppings brasileiros, abriu o capital na bolsa em 2011. Se você buscar no Google, provavelmente vai encontrar a matéria que eu escrevi na época sobre o IPO da empresa. Eu inclusive estive na sede da antiga BM&FBovespa (atual B3) na manhã do […]

fechando a conta no azul

Perdeu, mas ganhou: Ibovespa tem correção e cai, mas termina semana em alta; juros disparam com inflação

Índice não conseguiu manter toada positiva vista em outros dias e recuou com quedas de bancos e Petrobras; dólar sobe com inflação maior à vista

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies