Menu
2019-06-07T18:39:46-03:00
Câmbio galopante

Argentina intervém com leilões para frear escalada do dólar, diz imprensa local

Banco Central da Argentina ofertou 100,388 milhões de Letras de Liquidez, a uma taxa média de 70,036%

25 de abril de 2019
20:05 - atualizado às 18:39
Peso argentino
Peso argentino - Imagem: Shutterstock

O Banco Central da Argentina (BCRA) realizou alguns leilões cambiais hoje, para tentar frear a escalada do dólar, em meio à nova onda de deterioração dos mercados locais.

Segundo o jornal Âmbito Financiero, na primeira licitação do dia o BCRA ofertou 100,388 milhões de Letras de Liquidez, a uma taxa média de 70,036%.

No segundo leilão, ofertou 82,995 milhões de pesos, a uma taxa média de corte de 72,252%. Com isso, a taxa média total do dia, equivalente à taxa de política monetária, ficou em 71,039%, de 68,366% na quarta-feira, aponta o diário, destacando que com isso ela superou os 70%.

O jornal El Economista, por sua vez, destaca a piora da confiança do consumidor local em abril e também o fato de que o avanço do dólar complicará o processo de desaceleração inflacionária antes das eleições presidenciais, marcadas para o fim do ano.

Além disso, a imprensa local diz que há expectativa no mercado sobre uma eventual resposta política do presidente Mauricio Macri às tensões. Macri cancelou uma entrevista que teria e realiza reuniões internas.

O país enfrenta um cenário de alta inflação, dúvidas sobre a trajetória da economia e também com a política, em ano eleitoral.

No mercado local, o dólar era vendido a 45,90 pesos hoje. Em Nova York, a moeda americana avançava a 45,020 pesos, às 15h39 (de Brasília).

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

foco no nordeste

Desenvolvimento Regional autoriza R$ 30,7 milhões para saneamento em 17 Estados

Segundo a pasta, a maior fatia dos recursos foi destinada ao Nordeste (R$ 15,8 milhões), seguida pela região Norte (R$ 6,5 milhões)

caso das rachadinhas

Presidente do STJ decide colocar Queiroz em prisão domiciliar

O caso tramita sob segredo de Justiça. Preso desde 18 de junho, Queiroz é apontado como operador de um suposto esquema de “rachadinhas” – apropriação de salários de funcionários – no antigo gabinete do senador Flávio Bolsonaro

O dia dos mercados

Com cautela em NY, bolsa fecha em queda de 0,6% após voltar aos 100 mil pontos; dólar recua

Em sessão de volatilidade, bolsa retorna ao patamar de 100 mil, mas não consegue manter fôlego com cautela em bolsas americanas. Dólar tem leve queda e se aproxima de R$ 5,30

ALÉM DE MORTOS E FERIDOS...

Os ‘falidos’ do coronavírus: veja as empresas que quebraram na pandemia

Companhias aéreas foram as primeiras a sentir o baque, seguidas por empresas que dependem também do turismo ou de viagens corporativas. Varejistas com fraca presença no e-commerce também sofreram com a ausência de clientes.

dados do ministério da Economia

Estatais apresentaram resultado líquido de R$ 109,1 bilhões em 2019, alta de 53%

De acordo com balanço apresentado nesta quinta-feira pelo Ministério da Economia, isso representa um aumento de 53% em relação ao lucro de 2018 e é o maior valor desde 2008

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements