Menu
2019-06-07T18:39:46-03:00
Estadão Conteúdo
Câmbio galopante

Argentina intervém com leilões para frear escalada do dólar, diz imprensa local

Banco Central da Argentina ofertou 100,388 milhões de Letras de Liquidez, a uma taxa média de 70,036%

25 de abril de 2019
20:05 - atualizado às 18:39
Peso argentino
Peso argentino - Imagem: Shutterstock

O Banco Central da Argentina (BCRA) realizou alguns leilões cambiais hoje, para tentar frear a escalada do dólar, em meio à nova onda de deterioração dos mercados locais.

Segundo o jornal Âmbito Financiero, na primeira licitação do dia o BCRA ofertou 100,388 milhões de Letras de Liquidez, a uma taxa média de 70,036%.

No segundo leilão, ofertou 82,995 milhões de pesos, a uma taxa média de corte de 72,252%. Com isso, a taxa média total do dia, equivalente à taxa de política monetária, ficou em 71,039%, de 68,366% na quarta-feira, aponta o diário, destacando que com isso ela superou os 70%.

O jornal El Economista, por sua vez, destaca a piora da confiança do consumidor local em abril e também o fato de que o avanço do dólar complicará o processo de desaceleração inflacionária antes das eleições presidenciais, marcadas para o fim do ano.

Além disso, a imprensa local diz que há expectativa no mercado sobre uma eventual resposta política do presidente Mauricio Macri às tensões. Macri cancelou uma entrevista que teria e realiza reuniões internas.

O país enfrenta um cenário de alta inflação, dúvidas sobre a trajetória da economia e também com a política, em ano eleitoral.

No mercado local, o dólar era vendido a 45,90 pesos hoje. Em Nova York, a moeda americana avançava a 45,020 pesos, às 15h39 (de Brasília).

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Reverteu prejuízo

Vale lucra US$ 739 milhões no 4º tri e termina 2020 com lucro de US$ 4,9 bilhões

Mineradora conseguiu reverter prejuízo do ano anterior, mas lucro trimestral veio abaixo do esperado pelo mercado

Risco fiscal

Efeito de fatiamento da PEC emergencial seria extremamente perverso, diz secretário do Tesouro

“Se for fatiado será pior para todos. Queremos dar o auxílio aos vulneráveis, mas também precisamos de um ambiente fiscalmente organizado para que a economia melhore”, disse Bruno Funchal

Nível pré-pandemia

Governo Central tem superávit de R$ 43,219 bilhões em janeiro

Após 11 meses consecutivos de rombos causados pelos gastos de enfrentamento à pandemia, contas do Governo Central voltam a ter superávit

Pagamentos e maquininhas

Lucro do PagSeguro soma R$ 430 mi no trimestre, maior da história da companhia

Entretanto, companhia com ações negociadas na Nasdaq teve queda no lucro em 2020

o melhor do seu dinheiro

Lá vem o Leão de novo…

Estamos naquela época do ano de novo: temporada de prestação de contas ao Leão! A Receita Federal acaba de divulgar as regras de preenchimento da declaração de imposto de renda 2021, que neste ano deverá ser entregue entre 1º de março e 30 de abril. Parece que foi ontem que estávamos fazendo o exercício cívico […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies