Menu
2018-11-30T19:14:58-02:00
Conversa com líderes partidários

Depois de definir quase toda a esplanada dos ministérios, Bolsonaro parte para o relacionamento com o Congresso

Presidente eleito deve se encontrar com lideranças dos partidos na semana que vem

30 de novembro de 2018
19:14
Jair Bolsonaro
Bolsonaro: "devemos sair dessa crise juntos e o presidente sozinho não pode fazer nada" - Imagem: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

Depois de insistir que não negociaria cargos com partidos políticos, o presidente eleito, Jair Bolsonaro, confirmou que a partir da semana que vem começará a conversar com líderes partidários para aproximar o futuro governo do Congresso. "O Parlamento é responsável. Se nós dermos errado, todo mundo perde", disse Bolsonaro após visitar o Santuário da Canção Nova, em Cachoeira Paulista (SP), no Vale do Paraíba.

Bolsonaro disse que conversará com dois ou três partidos por dia na semana que vem. Conforme o Broadcast Político publicou mais cedo, o presidente eleito vai buscar aproximação das bancadas parlamentares dos principais partidos que poderão compor a base do próximo governo no Congresso.

Ele declarou que a intenção é negociar saídas para as crises ética, moral e econômica do País. "Devemos sair dessa crise juntos e o presidente sozinho não pode fazer nada porque pelo Parlamentar passa grande parte das nossas propostas."

Ao dar uma entrevista separada para emissoras de inspiração católica, Bolsonaro disse que, se seu governo não der certo, "todos sabem quem voltará", em uma referência indireta ao PT e fazendo críticas a governos comunistas e socialistas de Cuba e Venezuela.

Indulto

Por duas ocasiões, nesta sexta-feira, Bolsonaro criticou o indulto natalino editado pelo presidente Michel Temer em 2017 e que já tem maioria para ser confirmado no Supremo Tribunal Federal. A medida pode beneficiar condenados por corrupção. O presidente eleito declarou ter avaliado com "bastante tristeza" o indulto natalino de Temer. Mais cedo, ele afirmou que não editará nenhum indulto em seu governo e defendeu que condenados cumpram integralmente suas penas.

No primeiro bimestre de 2019, revelou Bolsonaro, ele pretende ir aos Estados Unidos e quer aprofundar as relações comerciais do Brasil com o país norte-americano. Questionado sobre o Acordo de Paris, cuja permanência brasileira foi colocada como condição pela França para o acordo comercial entre Mercosul e União Europeia, Bolsonaro afirmou que seu governo vai procurar fazer o melhor pelo meio ambiente independentemente do acordo.

Após fazer visitas ao Santuário Nacional de Aparecida e ao Santuário da Canção Nova, em Aparecida (SP) e Cachoeira Paulista (SP), respectivamente, o presidente eleito se direcionou para Resende (RJ), onde participa de solenidade da Academia Militar das Agulhas Negras (Aman) na manhã deste sábado, 1.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

COLUNA DO PAI RICO PAI POBRE

3 passos para sobreviver à crise atual no mercado

Um investidor inteligente com educação financeira se concentra menos no que não pode ser controlado — o preço, por exemplo — e mais no que pode ser controlado, como as taxas de juros fixas e as taxas de retorno.

Acabou a crise?

A maldição de maio não pegou de novo: bolsa foi o melhor investimento do mês, e dólar foi o pior

Pelo segundo ano consecutivo, a máxima “sell in may and go away” não se fez valer. Ativos de risco se saíram bem em maio, mas títulos públicos de longo prazo e o dólar tiveram desempenho negativo

Covid no Brasil

Brasil chega a 465,1 mil casos por coronavírus e 27,8 mil mortes

Do total de casos confirmados, 189.476 pacientes foram recuperados

Agência de telecomunicações

Anatel acata decisão judicial e aprova regra que retira sigilo de ligações

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) regulamentou a questão ontem, 28, em cumprimento a uma decisão da Justiça Federal do Sergipe

seu dinheiro na sua noite

Adam Smith e o PIB da pandemia

A economia funciona desta forma: a produção de bens e serviços só existe em função do consumo. Essa conclusão não é minha, é claro, mas de Adam Smith. Citar o “pai” do liberalismo em um raro momento de consenso sobre a necessidade de maior atuação do Estado para conter os efeitos do coronavírus na economia […]

De novo

CVC adia mais uam vez entrega do balanço do quarto trimestre de 2019

A operadora e agência de viagens CVC informou nesta sexta-feira, 29, que as suas demonstrações financeiras referentes ao exercício de 2019 só devem ser apresentadas até 31 de julho

Auxílio emergencial

Caixa abre mais de 2 mil agências no sábado

Por enquanto, apenas quem recebeu a primeira parcela até 30 de abril e nasceu em janeiro pode sacar o valor

Saldo positivo

Após muita volatilidade, dólar acumula queda de 1,83% em maio; Ibovespa sobe 8,57% no mês

Uma suavização nos fatores de risco domésticos e globais permitiu que o dólar se despressurizasse em maio e levou o Ibovespa de volta aos 87 mil pontos

Presidente da Câmara

Maia rechaça aumento de impostos para suprir queda na receita e defende reformas

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que considera difícil qualquer tipo de aumento na carga tributária para compensar a queda de receita pública por causa da pandemia de covid-19

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements