IPCA + 8% e outros títulos ‘premium’: receba as melhores ofertas de renda fixa no seu WhatsApp

Cotações por TradingView
2018-10-27T15:13:57-03:00
Estadão Conteúdo
Eleições 2018

Bolsonaro diz em entrevista querer Banco Central com meta para dólar e inflação

Candidato diz ainda que a indicação para a presidência do órgão será feita já nas próximas semanas

27 de outubro de 2018
15:13
Jair Bolsonaro
Presidenciável Jair Bolsonaro - Imagem: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, mencionou que o Banco Central pode adotar metas para o câmbio e inflação em caso de vitória. Em entrevista ao site "Poder 360", o líder nas pesquisas eleitorais diz que pediu ao economista Paulo Guedes a adoção desses parâmetros para o trabalho da autoridade monetária. O deputado diz ainda que a indicação para a presidência do órgão será feita já nas próximas semanas.

"Eu falei para o Paulo Guedes: temos de estabelecer metas para dólar, inflação. Aí, a taxa de juros. O presidente do Banco Central terá liberdade para decidir dentro de parâmetros. O controle da inflação não pode ser apenas taxa de juros. O Banco Central deverá ter inteligência", disse o candidato na entrevista concedida na sexta-feira à tarde, por telefone.

O deputado cita o desejo de uma atuação "inteligente do BC" e defende que a instituição deve ter "iniciativa". "De uma forma bem leiga: se um produto agrícola corre risco de faltar no mercado por alguma razão e isso pode representar uma alta da inflação, o comando do Banco Central terá de ter inteligência de apontar esse risco - e não apenas ficar sentado e aumentando a taxa de juros se a inflação sobe. Terá de ter iniciativa", disse Bolsonaro na entrevista.

O site questiona ainda como seria a independência do Banco Central em eventual governo do PSL. "É independência política, para que nenhum político queira influir", explicou o candidato.

Sobre eventuais nomes para a presidência do Banco Central, Bolsonaro diz que já conversou com Guedes e mencionou que essa indicação deve sair rapidamente, nas próximas semanas. "Ele (Guedes) tem uma lista de nomes para a equipe econômica e muitos já são do meu conhecimento. Vou conversar com o Paulo Guedes e quem depois vai bater o martelo é o Onyx (Lorenzoni; DEM-RS), que será o coordenador de tudo", disse. "O Onyx fala que pode ser até dezembro, mas podemos antecipar um pouco, com tudo consolidado. Aí vamos tranquilizando o mercado."

"O Paulo diz que tem bons nomes e nós temos de conversar, pois sempre pode aparecer alguém com ideias um pouco melhores. Não quero falar agora, pois se alguém cita um nome do governo Temer, vão generalizar e não é assim. Nem todos os que estão com o Temer não prestam e nem todos prestam", disse o candidato.

Leia também:

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

É RECORDE!

Black Friday e Copa do Mundo garantem bom desempenho para o Magazine Luiza (MGLU3) em novembro

29 de novembro de 2022 - 21:10

Novembro se tornou o melhor mês deste ano para a empresa e o mês com mais vendas na história do Magazine Luiza

Estreante

CTG Brasil deve puxar a fila dos IPOs em 2023. Veja detalhes da oferta

29 de novembro de 2022 - 20:20

Caso se concretize, o IPO da CTG será o primeiro depois de um hiato de sete meses sem ofertas públicas – a última foi a privatização da Eletrobras, em junho

SINAL VERDE DA CÂMARA

Histórico! Brasil aprova lei sobre criptomoedas; confira o que muda para você a partir de agora

29 de novembro de 2022 - 19:58

O estabelecimento de regras mais principiológicas é animador para o esse novo setor da economia brasileira, segundo especialistas

BOA NOTÍCIA PARA OS ACIONISTAS?

Nubank encerra acordo polêmico de remuneração ao fundador, David Vélez, e gera economia bilionária aos cofres da fintech

29 de novembro de 2022 - 19:20

Além da economia, o encerramento do programa também evitará uma potencial diluição de até 2% dos outros acionistas da companhia

FECHAMENTO DO DIA

Commodities metálicas disparam e Ibovespa sobe quase 2%; dólar cai a R$ 5,28

29 de novembro de 2022 - 19:07

O Ibovespa pegou impulso com a valorização das commodities no mercado internacional e subiu quase 2%

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies