🔴 +35 RECOMENDAÇÕES DE ONDE INVESTIR EM MARÇO – VEJA GRATUITAMENTE

Cotações por TradingView
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Política Monetária

Ilan Goldfajn felicita escolha de Roberto Campos Neto

Em nota, atual presidente do Banco Central diz que fica no cargo até o Senado apreciar a indicação e que seguirá trabalhando pela aprovação da lei de autonomia formal da instituição ainda em 2018

Ilan-GoldfajnBCB – RTI SET2018
Imagem: Luciano Freire/BCB

O presidente do Banco Central (BC), Ilan Goldfajn, felicitou o governo eleito pela indicação do economista Roberto Campos Neto para sucedê-lo no comando da instituição.

“Profissional experiente e reconhecido, com ampla visão sobre o sistema financeiro e a economia nacional e internacional, Roberto Campos Neto conta com seu apoio e sua confiança no futuro trabalho à frente do BC”, diz nota divulgada pouco depois da confirmação de Campos Neto.

Ilan também ressalta as sinalizações recentes sobre política econômica feitas pela futura administração e “as importantes indicações a cargos públicos na área, que visam o crescimento, com inflação baixa e estável”.

O novo entrante assume o BC em condições muito melhores que Ilan, que chegou em junho de 2016, com inflação de dois dígitos e expectativas de inflação desancoradas. Ilan sai do BC com o juro básico na sua mínima histórica de 6,5%, e expectativas de inflação nas metas até 2021.

O atual presidente também adotará todas as providências para garantir a melhor transição no comando da autoridade monetária. A nota diz, ainda, que a atual diretoria colegiada, que conta com membros oriundos do setor privado e servidores de carreira, permanecerá à disposição do novo presidente do BC, contribuindo para a continuidade e a normalidade dessa transição.

Atendendo a pedido do novo governo, Ilan permanecerá no cargo até que o Senado aprecie o nome de Roberto Campos Neto, nos próximos meses.

A indicação de Campos Neto deve ser encaminhada ao Senado, onde será avaliada pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE). Após votação na comissão, a indicação também será apreciada pelo plenário do Senado.

Ilan também manifesta seu apoio ao projeto de autonomia do BC de autoria da Câmara dos Deputados e diz que continuará trabalhando junto com os parlamentares para aprovar o texto ainda em 2018.

“A eventual aprovação da lei, com mandatos fixos e intercalados dos membros da sua diretoria, permitirá um futuro onde as transições do BC e do governo ocorram em momentos distintos, com conhecidos benefícios para a economia”, diz a nota, ressaltando que o empenho da atual gestão na aprovação da lei sempre teve o intuito de valer para a próxima diretoria.

O atual presidente informa que seu afastamento do cargo se dá por “motivos pessoais” e agradece o apoio recebido dos integrantes do próximo governo, a quem deseja pleno sucesso.

Compartilhe

SOBE MAIS UM POUQUINHO?

Campos Neto estragou a festa do mercado e mexeu com as apostas para a próxima reunião do Copom. Veja o que os investidores esperam para a Selic agora

15 de setembro de 2022 - 12:41

Os investidores já se preparavam para celebrar o fim do ciclo de ajuste de alta da Selic, mas o presidente do Banco Central parece ter trazido o mercado de volta à realidade

PREVISÕES PARA O COPOM

Um dos maiores especialistas em inflação do país diz que não há motivos para o Banco Central elevar a taxa Selic em setembro; entenda

10 de setembro de 2022 - 16:42

Heron do Carmo, economista e professor da FEA-USP, prevê que o IPCA registrará a terceira deflação consecutiva em setembro

OUTRA FACE

O que acontece com as notas de libras com a imagem de Elizabeth II após a morte da rainha?

9 de setembro de 2022 - 10:51

De acordo com o Banco da Inglaterra (BoE), as cédulas atuais de libras com a imagem de Elizabeth II seguirão tendo valor legal

GREVE ATRASOU PLANEJAMENTO

Banco Central inicia trabalhos de laboratório do real digital; veja quando a criptomoeda brasileira deve estar disponível para uso

8 de setembro de 2022 - 16:28

Essa etapa do processo visa identificar características fundamentais de uma infraestrutura para a moeda digital e deve durar quatro meses

FAZ O PIX GRINGO

Copia mas não faz igual: Por que o BC dos Estados Unidos quer lançar um “Pix americano” e atrelar sistema a uma criptomoeda

30 de agosto de 2022 - 12:08

Apesar do rali do dia, o otimismo com as criptomoedas não deve se estender muito: o cenário macroeconômico continua ruim para o mercado

AMIGO DE CRIPTO

Com real digital do Banco Central, bancos poderão emitir criptomoeda para evitar “corrosão” de balanços, diz Campos Neto

12 de agosto de 2022 - 12:43

O presidente da CVM, João Pedro Nascimento, ainda afirmou que a comissão será rigorosa com crimes no setor: “ fraude não se regula, se pune”

AGORA VAI!

O real digital vem aí: saiba quando os testes vão começar e quanto tempo vai durar

10 de agosto de 2022 - 19:57

Originalmente, o laboratório do real digital estava previsto para começar no fim de março e acabar no final de julho, mas o BC decidiu suspender o cronograma devido à greve dos servidores

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS

O ciclo de alta da Selic está perto do fim – e existe um título com o qual é difícil perder dinheiro mesmo se o juro começar a cair

2 de agosto de 2022 - 5:58

Quando o juro cair, o investidor ganha porque a curva arrefeceu; se não, a inflação vai ser alta o bastante para mais do que compensar novas altas

PRATA E CUPRONÍQUEL

Banco Central lança moedas em comemoração ao do bicentenário da independência; valores podem chegar a R$ 420

26 de julho de 2022 - 16:10

As moedas possuem valor de face de 2 e 5 reais, mas como são itens colecionáveis não têm equivalência com o dinheiro do dia a dia

AGRADANDO A CLIENTELA

Nubank (NUBR33) supera ‘bancões’ e tem um dos menores números de reclamações do ranking do Banco Central; C6 Bank lidera índice de queixas

21 de julho de 2022 - 16:43

O banco digital só perde para a Midway, conta digital da Riachuelo, no índice calculado pelo BC

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies