Menu
2018-09-28T14:42:10-03:00
Estadão Conteúdo
Banco Central

O tamanho do rombo nas contas públicas em agosto

Em julho, rombo foi de R$ 29,162 bilhões; no mesmo mês do ano passado, o valor chegou a R$ 45,541 bilhões

28 de setembro de 2018
14:31 - atualizado às 14:42
Fachada do Banco Central do Brasil (BC)
Em julho, rombo chegou a R$ 29,162 bilhõesImagem: Arnaldo Jr./Shutterstock

O Banco Central divulgou nesta sexta-feira, 28, um déficit nominal de R$ 76,928 bilhões no setor público em agosto.

Em julho, o resultado do rombo foi de R$ 29,162 bilhões. Já no mesmo mês do ano passado, o déficit foi de R$ 45,541 bilhões.

Em agosto, o Governo Central (Tesouro, Banco Central e INSS) registrou déficit nominal de R$ 70,077 bilhões. Os governos regionais tiveram saldo negativo de R$ 6,847 bilhões, enquanto as empresas estatais registraram déficit nominal de R$ 4 milhões.

No acumulado do ano, há déficit nominal correspondente a 7,15% do PIB, com saldo de R$ 323,490 bilhões.

Nos últimos 12 meses, contabilizados até agosto, o valor corresponde a 7,45% do PIB do mesmo período, com saldo negativo de R$ 502,970 bilhões.

Gasto com juros

O setor público consolidado teve gasto de R$ 60,052 bilhões com juros em agosto, após esta despesa ter atingido R$ 25,762 bilhões em julho, informou o Banco Central.

O Governo Central teve no mês passado despesas na conta de juros de R$ 49,226 bilhões. Já os governos regionais registraram gasto de R$ 10,230 bilhões e as empresas estatais, de R$ 596 milhões.

No ano até agosto, as despesas com juros somaram R$ 288,789 bilhões (6,38% do PIB do período).

Em 12 meses, as despesas com juros atingiram R$ 418,537 bilhões até agosto (6,20% do PIB do período).

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

ESTRADA DO FUTURO

As ações de tecnologia estão caras ou baratas? Saiba como os analistas fazem as contas

Com o tempo, a análise dessas empresas migrou da abordagem de tradicional para um modelo de probabilidades e grandes números

Pandemia

Número de óbitos por covid-19 passa de 434 mil; casos passam de 15,5 milhões

Mais de 2 mil mortes e 67 mil novos casos foram registrados nas últimas 24 horas

Polui menos

Petrobras bate recorde de vendas de diesel S-10

Impacto ambiental do derivado é menor

Acabou a mamata?

Congresso reage a supersalários da cúpula do governo

Medida beneficia diretamente o presidente Jair Bolsonaro e seu vice, Hamilton Mourão

Vieram fortes

Commodities e dólar em alta turbinam lucros de exportadoras no 1º trimestre

Expectativa é de efeito positivo sobre o PIB, mas comportamento desigual das empresas de capital aberto preocupa analistas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies