💰IPCA + 8% e outros títulos ‘premium’: receba as melhores ofertas de renda fixa no seu WhatsApp

Cotações por TradingView
2018-10-05T11:18:54-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Fechou

Banco Central liquida corretora Walpires

Clientes com posição na corretora podem pedir transferência de custódia de seus ativos para outras instituições

5 de outubro de 2018
11:18
Fachada do Banco Central do Brasil (BC); greve servidores
Imagem: Arnaldo Jr./Shutterstock

O Banco Central (BC) decretou hoje a liquidação extrajudicial da Walpires Corretora de Câmbio, Títulos e Valores Mobiliários. A liquidação é uma das medidas que o BC pode adotar para manter o bom funcionamento do sistema quando constata graves problemas de funcionamento.

No caso da Walpires, o BC levou em consideração “a grave situação patrimonial e de liquidez, as graves violações às normas legais que disciplinam a atividade da instituição, bem como a existência de prejuízos que sujeitam a risco anormal os seus credores”. Quando o BC fala em situação patrimonial e de liquidez é sinal de patrimônio líquido negativo (passivos maiores que ativos).

A corretora é de pequeno porte, representando 0,0005% dos ativos do sistema e apenas 0,00005% dos recursos de terceiros. A empresa não é ligada a nenhum conglomerado financeiro.

Com a decretação do regime especial ficam bloqueados os bens de controladores e ex-administradores. No caso, Sidney Marlon de Paula (controlador).

E quem era cliente?

Em comunicado, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) alerta que os clientes que possuem valores mobiliários custodiados na Walpires podem solicitar a transferência dos ativos para outro custodiante. Para isso têm de fazer o pedido ao liquidante indicado pelo Banco Central, Dawilson Sacramento, por meio dos seguintes contatos: telefone (11) 2808-7066 ou e-mail: [email protected].

“Ressalta-se que a CVM e o Banco Central do Brasil vêm acompanhando a evolução do caso para fins de adoção de eventuais medidas no âmbito de suas competências legais”, diz o comunicado.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

DE OLHO NAS REDES

China deu “empurrãozinho” e fez esta ação decolar em novembro; agora ela é a favorita das corretoras para quem quer lucrar antes do fim de 2022; descubra

7 de dezembro de 2022 - 14:56

Ainda dá tempo de lucrar antes do fim de 2022. Afinal, não é porque o ano está acabando que você tem que ficar de bobeira, ainda existem boas oportunidades que podem colocar uma grana no seu bolso até dia 31 de dezembro e o Seu Dinheiro te revela duas delas.  Em uma publicação exclusiva na […]

MAIS BARATO

Depois de gasolina e diesel, Petrobras (PETR4) reduz preço do gás de cozinha em quase 10% para as distribuidoras; veja novos valores

7 de dezembro de 2022 - 14:50

Em um comunicado da estatal enviado à imprensa, a empresa afirma que a partir de amanhã haverá uma redução de R$ 3,58 para R$ 3,23 por quilo

Atualização

Tesouro Direto passa a aceitar PIX e a ser acessado com cadastro Gov.br

7 de dezembro de 2022 - 14:29

Programa de investimento em títulos públicos do Tesouro Nacional lançou cadastro unificado que simplifica o registro de novos investidores

ALÔ, FANTÁSTICO!

De novo? Loft faz terceira demissão em massa somente neste ano — novo corte atinge mais de 300 funcionários

7 de dezembro de 2022 - 13:38

Segundo a empresa, o novo corte acontece em razão da “reorganização” dos negócios. Em abril, a Loft demitiu cerca de 159 funcionários

BRINDE AOS ACIONISTAS

Dividendos e JCP: Ambev (ABEV3) anuncia pagamento de proventos; confira valores e prazos

7 de dezembro de 2022 - 12:21

A gigante de bebidas irá pagar R$ 0,76 por ação em JCP, mas o valor líquido cai com os 15% de imposto de renda retidos na fonte

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies