Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2018-10-05T11:18:54-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Fechou

Banco Central liquida corretora Walpires

Clientes com posição na corretora podem pedir transferência de custódia de seus ativos para outras instituições

5 de outubro de 2018
11:18
Fachada do Banco Central do Brasil (BC)
Imagem: Arnaldo Jr./Shutterstock

O Banco Central (BC) decretou hoje a liquidação extrajudicial da Walpires Corretora de Câmbio, Títulos e Valores Mobiliários. A liquidação é uma das medidas que o BC pode adotar para manter o bom funcionamento do sistema quando constata graves problemas de funcionamento.

No caso da Walpires, o BC levou em consideração “a grave situação patrimonial e de liquidez, as graves violações às normas legais que disciplinam a atividade da instituição, bem como a existência de prejuízos que sujeitam a risco anormal os seus credores”. Quando o BC fala em situação patrimonial e de liquidez é sinal de patrimônio líquido negativo (passivos maiores que ativos).

A corretora é de pequeno porte, representando 0,0005% dos ativos do sistema e apenas 0,00005% dos recursos de terceiros. A empresa não é ligada a nenhum conglomerado financeiro.

Com a decretação do regime especial ficam bloqueados os bens de controladores e ex-administradores. No caso, Sidney Marlon de Paula (controlador).

E quem era cliente?

Em comunicado, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) alerta que os clientes que possuem valores mobiliários custodiados na Walpires podem solicitar a transferência dos ativos para outro custodiante. Para isso têm de fazer o pedido ao liquidante indicado pelo Banco Central, Dawilson Sacramento, por meio dos seguintes contatos: telefone (11) 2808-7066 ou e-mail: [email protected].

“Ressalta-se que a CVM e o Banco Central do Brasil vêm acompanhando a evolução do caso para fins de adoção de eventuais medidas no âmbito de suas competências legais”, diz o comunicado.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Analistas respondem

Ações da Vale aprofundam queda no ano com sinais ruins do relatório de produção e vendas no 3º trimestre. Hora de comprar VALE3?

Analistas apontam que, enquanto a produção foi sólida, a venda de minério de ferro veio abaixo do esperado até pelas estimativas mais conservadoras

Puxando os ETFS

Chove bitcoin, molha ETF: fundos de índice brasileiros sobem até 19% em dia de recorde do BTC

Enquanto o primeiro ETF de criptomoeda dos Estados Unidos avança tímidos 3%, na B3, o avanço é de até 19,78%

Cabo de guerra

Sem explicar origem da verba, Bolsonaro confirma Auxílio Brasil em R$ 400 e promete respeitar teto de gastos

Apesar da promessa do presidente, o governo flerta com a flexibilização do teto para conseguir arcar com o valor do benefício

Prévia da estatal

Petrobras (PETR4) anuncia produção do terceiro trimestre hoje, mas os dados da ANP já antecipam o que vem por aí; confira

Os dados chegam ao mercado em um momento de fortes críticas à política de preços da companhia e ameaças de desabastecimento

Exile on Wall Street

Quem não tem teto de vidro? As implicações das ameaças ao teto de gastos sobre seus investimentos

Ameaça ao teto fiscal exige atenção redobrada sobre a necessidade de diversificação e algumas proteções para a carteira – e há possíveis bons hedges para o momento

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies