Menu
2018-10-05T11:18:54-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Fechou

Banco Central liquida corretora Walpires

Clientes com posição na corretora podem pedir transferência de custódia de seus ativos para outras instituições

5 de outubro de 2018
11:18
Fachada do Banco Central do Brasil (BC)
Imagem: Arnaldo Jr./Shutterstock

O Banco Central (BC) decretou hoje a liquidação extrajudicial da Walpires Corretora de Câmbio, Títulos e Valores Mobiliários. A liquidação é uma das medidas que o BC pode adotar para manter o bom funcionamento do sistema quando constata graves problemas de funcionamento.

No caso da Walpires, o BC levou em consideração “a grave situação patrimonial e de liquidez, as graves violações às normas legais que disciplinam a atividade da instituição, bem como a existência de prejuízos que sujeitam a risco anormal os seus credores”. Quando o BC fala em situação patrimonial e de liquidez é sinal de patrimônio líquido negativo (passivos maiores que ativos).

A corretora é de pequeno porte, representando 0,0005% dos ativos do sistema e apenas 0,00005% dos recursos de terceiros. A empresa não é ligada a nenhum conglomerado financeiro.

Com a decretação do regime especial ficam bloqueados os bens de controladores e ex-administradores. No caso, Sidney Marlon de Paula (controlador).

E quem era cliente?

Em comunicado, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) alerta que os clientes que possuem valores mobiliários custodiados na Walpires podem solicitar a transferência dos ativos para outro custodiante. Para isso têm de fazer o pedido ao liquidante indicado pelo Banco Central, Dawilson Sacramento, por meio dos seguintes contatos: telefone (11) 2808-7066 ou e-mail: [email protected].

“Ressalta-se que a CVM e o Banco Central do Brasil vêm acompanhando a evolução do caso para fins de adoção de eventuais medidas no âmbito de suas competências legais”, diz o comunicado.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Negócio fechado

Petrobras assina venda de sua fatia de 50% no campo terrestre de Rabo Branco

O campo teve produção média em 2020 de 131 barris de petróleo por dia (bpd).

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

O Fundo Verde e a tragédia grega do Brasil

Ao despertar a fúria de Zeus por ter entregue o fogo do Olimpo aos mortais, Prometeu foi acorrentado e punido: durante o dia, uma águia devorava seu fígado; durante a noite, o órgão se regenerava — um ciclo de tormento eterno. Tragédias gregas, infelizmente, costumam ser úteis ao falarmos sobre o Brasil. Reformas econômicas demandam […]

FECHAMENTO

Commodities amenizam a queda da bolsa, mas exterior negativo e nova crise em Brasília falam mais alto

As commodities mais uma vez tentaram salvar a bolsa brasileira de um dia no vermelho, mas o exterior negativo e a cautela em Brasília falaram mais alto

Presidente otimista

EUA devem ter retomada econômica mais rápida em quase 40 anos, diz Biden

Segundo o democrata, o foco de seu governo se manterá em criar empregos e combater a pandemia de covid-19

Gestão na crise

Brasil vive uma espécie trágica de dia da marmota, diz Verde Asset

Navegar os mercados locais vem sendo uma odisseia extremamente complexa e nada indica que vai melhorar, diz a gestora de Luis Stuhlberger

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies