Menu
2019-06-24T10:41:43-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Banco Central

Atividade surpreende, mas sem impacto sobre Copom

Economia mostra reação acima do esperado em julho, com alta de 0,57%

17 de setembro de 2018
12:01 - atualizado às 10:41
Punho fechado com a bandeira do Brasil
IBC-Br é indicador de atividade econômica do Banco CentralImagem: Shutterstock

O Índice de Atividade Econômica do Banco Central, o IBC-Br, surpreendeu para cima na passagem de junho para julho ao marcar variação positiva de 0,57%, acima do intervalo de projeções do "Broadcast Projeções", que oscilava entre queda de 0,67% e avanço de 0,50%, com mediana positiva de 0,10%.

A nova variação positiva vem depois de uma expansão de 3,42% em junho, que captou a recuperação após o tombo provocado pela greve dos caminhoneiros, que resultou em queda de 3,5%.

Esse repique, no entanto, não deve mudar o entendimento do Comitê de Política Monetária (Copom) que estará reunido nesta terça e quarta-feira para definir o rumo da taxa básica de juros, a Selic. O consenso de mercado é de estabilidade do juro básico em 6,5% ao ano. Depois do encontro desta semana, o Copom voltará a se reunir em 30 e 31 de outubro, após a definição das eleições presidenciais. É nesta reunião que as coisas podem (ou não) mudar.

A atividade econômica entrou explicitamente no balanço de riscos da autoridade monetária na reunião de agosto. O BC passou a falar em “nível de ociosidade” ainda elevado com um dos fatores que podem levar a inflação a seguir rodando abaixo da meta de 4,5% deste ano e de 4,25% em 2019.

A questão envolvendo o “nível de ociosidade” tem pelos menos dois impactos sobre a tomada de decisão do BC. Primeiro, atividade fraca não representa ameaça para a inflação. Segundo, atividade fraca reduz a capacidade de transmissão da alta do dólar, que já chega a 25% no ano, para o restante dos preços da economia.

O comunicado que sai após a reunião de quarta-feira e a ata da reunião servirão de base para a confecção do Relatório de Inflação previsto para o dia 27 de setembro. O documento apresenta detalhadamente as projeções do BC para a inflação e crescimento econômico. Mas mais relevante é a entrevista que o presidente Ilan Goldfajn concederá neste dia, quebrando um silêncio que perdura desde o começo de julho.

Não é o PIB do BC

Mesmo conhecido como PIB do BC, o IBC-Br tem metodologia de cálculo diferente das contas nacionais calculadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em box no Relatório de Inflação (RI), o BC explicou que IBC-Br e PIB são indicadores agregados de atividade econômica com trajetórias similares no médio prazo. Mas há características que os diferenciam tanto do ponto de vista conceitual quanto metodológico.

O IBC-Br, de frequência mensal, permite acompanhamento mais tempestivo do comportamento da atividade econômica, enquanto o PIB, de frequência trimestral, descreve quadro mais abrangente da economia. Além disso, o BC alerta que o processo de dessazonalização pode ampliar diferenças pontuais entre os dois indicadores, o que demanda cautela em comparações nos horizontes mais curtos. No entanto, essas diferenças tendem a se compensar ao longo do tempo, favorecendo as comparações em horizontes mais longos, como o anual.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

FECHAMENTO

Ibovespa engata segunda alta consecutiva, mas tempo segue fechado em Brasília

O Orçamento segue empacado e a situação fiscal preocupa, mas NY e as commodities vieram para salvar o dia e fazer o Ibovespa fechar a sessão no azul

Clássicos repaginados

Hasbro se une à plataforma de games Roblox para lançar novos produtos

A gigante dos brinquedos anunciou uma série de itens das linhas Nerf e Monopoly em parceria com a novata Roblox

Bom momento

Construtoras apresentam prévias operacionais fortes, apesar de restrições por causa da pandemia

Apesar dos lançamentos fracos, Cyrela viu crescimento nas vendas líquidas em comparação ao mesmo período do ano anterior; Direcional e Moura Dubeux bateram recordes de vendas

Siri entregou a data

Vem aí um novo iPad? Apple deve lançar novos modelos em evento na próxima semana

A previsão é que o encontro, que será virtual e em 20 de abril, também revele novidades sobre a próxima geração de Airpods

Fim do impasse?

Governo prepara PEC para destravar gastos e finalizar discussão do Orçamento

Texto permitiria despesas com obras patrocinadas por parlamentares e renovação de programas governamentais

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies