Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2018-10-08T12:32:04-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Governança

Novo acordo deve acabar com batalha de acionistas na Qualicorp

José Seripieri Filho, o Júnior, se comprometeu a investir os R$ 150 milhões que recebeu em ações da própria empresa, que agora terá representante da XP Gestão no conselho

8 de outubro de 2018
9:08 - atualizado às 12:32
José Seripieri Filho, presidente da Qualicorp
Júnior também abriu mão da remuneração variável a que tinha direito neste ano - Imagem: Divulgação/Fiesp

A batalha de acionistas que se anunciava na Qualicorp depois do anúncio do polêmico acordo que colocou R$ 150 milhões no bolso do presidente caminha para uma solução diplomática.

Ontem à noite, enquanto o país conhecia o resultado do primeiro turno das eleições, a administradora de planos de saúde coletivos anunciou uma série de medidas para melhorar a governança corporativa.

O acordo incluiu o compromisso de José Seripieri Filho, presidente e fundador da Qualicorp, de reinvestir a bolada recebida em ações da própria empresa. Ele também abriu mão da remuneração variável a que tinha direito neste ano.

A Qualicorp anunciou ainda uma mudança na composição do conselho de administração, com a entrada de Rogério Calderón Peres. Ele é representante da XP Gestão, segundo principal acionista da empresa. A gestora havia ameaçado entrar na Justiça para buscar reparação contra o acordo.

Perto das 12h, as ações da Qualicorp eram negociadas em alta de cerca de 8%, também embaladas pela euforia que tomou conta do mercado depois do resultado do primeiro turno das eleições presidenciais.

Entenda o caso

As ações da Qualicorp reagiram com uma queda violenta de 30% na semana passada ao anúncio do pagamento a Seripieri, conhecido no mercado com Júnior. Originalmente, os únicos compromissos do executivo em troca do dinheiro era permanecer com suas ações - ele detém 15% do capital da empresa - e não competir com a companhia por um prazo de seis anos. A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) abriu um processo administrativo para apurar a operação.

O negócio foi aprovado pelo conselho de administração da Qualicorp. Seripieri faz parte do conselho, mas não participou da reunião que decidiu sobre o acordo. A partir de agora, todas as operações com as chamadas “partes relacionadas” na empresa, o que inclui executivos e acionistas, precisarão ser aprovadas também pelos acionistas.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

COMPRA PROGRAMADA

‘Vale Gás’: Ultragaz cria cartão que permite ‘congelar’ o preço e parcelar a compra do gás de cozinha

O GLP é um dos derivados de petróleo afetado pela alta do dólar frente ao real e pela valorização da commodity no mercado internacional

SALTO COM FINANÇAS

Itaú (ITUB4) escala 53 posições em ranking e se torna único brasileiro entre 500 marcas globais mais valiosas; veja lista completa

Além de figurar entre as marcas mais valiosas, o Itaú conquistou uma posição na lista dos 250 principais CEOs ou “guardiões de marca”

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Volatilidade a mil com decisão de juros do Fed, reabertura do fundo da Dynamo e nova aquisição da Petz: veja o que mexeu com o mercado hoje

O bom humor nos mercados era tanto nesta quarta-feira (26) que nem parecia dia de decisão de juros pelo Federal Reserve, o banco central americano. As bolsas americanas e europeias operavam em alta, ainda em clima de recuperação das perdas do início da semana, e o Ibovespa subia mais de 1,5%, ainda puxado pela entrada […]

Por que choras, Elon Musk?

Tesla (TSLA34) entrega balanço de gala, mas escassez de insumos produtivos azeda noite da montadora de Elon Musk e ações despencam em NY

O resultado da montadora veio recheado de recordes no quarto trimestre, mas os investidores concentraram-se em outra linha do balanço

Fechamento Hoje

NY desanda após fala de Powell, mas Ibovespa ainda consegue fechar em alta de quase 1%; dólar sobe na reta final

Decisão de juros do Federal Reserve até que agradou os mercados, mas discurso duro do presidente da instituição virou o humor dos mercados

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies