O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2018-10-02T12:30:44-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Mercado de ações

CVM abre processo para investigar pagamento da Qualicorp ao CEO

Negócio que colocou R$ 150 milhões no bolso de José Seripieri Filho fez as ações da administradora de planos de saúde despencarem 30% ontem na bolsa

2 de outubro de 2018
11:12 - atualizado às 12:30
José Seripieri Filho, presidente da Qualicorp
José Seripieri Filho, ex-presidente da Qualicorp - Imagem: Divulgação/Fiesp

O polêmico acordo anunciado pela administradora de planos de saúde coletivos Qualicorp que colocou R$ 150 milhões no bolso de José Seripieri Filho, fundador e presidente da empresa, já começou a ser investigado pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a xerife do mercado de capitais.

O negócio provocou revolta entre os acionistas minoritários da empresa, que não foram consultados sobre a operação. Em carta aos cotistas, a XP Gestão anunciou que pretende buscar reparação dos prejuízos de todas as formas, inclusive na Justiça.

O sentimento se traduziu nas ações da companhia, que despencarem quase 30% ontem na bolsa. Hoje pela manhã, os papéis recuavam mais 3%, mas viraram e no começo da tarde registravam alta de pouco mais de 5%.

Após o episódio, o BTG Pactual decidiu reduzir a recomendação da empresa para neutra. Para os analistas do banco, as ações estão baratas, mas as questões de governança devem pesar mais neste momento.

A CVM abriu ontem mesmo um processo administrativo contra a Qualicorp para apurar o caso. Pelo acordo, a empresa se comprometeu a pagar R$ 150 milhões à vista a Seripieri Filho, também conhecido no mercado como Júnior.

Em troca, ele basicamente não precisa fazer nada. Basta não vender suas ações - ele detém uma participação de 15% - e não competir com a companhia pelos próximos seis anos.

Alinhado?

Em entrevista ao site "Brazil Journal", Júnior alegou que o acordo alinha os interesses dele e da Qualicorp. Ele disse que tem ideias para novos produtos na área de saúde e que agora pretende desenvolver dentro da empresa. Antes do negócio, nada impedia que ele vendesse suas ações e abrisse um negócio concorrente.

Mas para um gestor de ações que acompanha a Qualicorp, havia outras formas de alinhar os planos de Junior e os da companhia. Por exemplo, com a criação de um pacote de remuneração atrelado ao desempenho da empresa nos próximos anos.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

O QUE VEM POR AÍ

Ata do Fed e IPCA-15: confira a agenda de indicadores da semana aqui e lá fora

Nos Estados Unidos, a segunda prévia do PIB no primeiro trimestre também é destaque; na Europa, o PIB da Alemanha é o principal dado

CAMINHO DO MEIO

Menor rejeição e apoio interno no MDB dão vantagem a Simone Tebet; veja os rumos da senadora da terceira via

Maior desafio, segundo marqueteiros, é torná-la popular: 46% do eleitorado desconhece Simone Tebet, segundo pesquisas recentes

DE NOVO NÃO!

Outra ameaça? Saiba por que Biden disse que varíola do macaco é algo para todo mundo se preocupar

Presidente norte-americano afirmou que o trabalho para determinar qual vacina específica poderia ser eficaz contra o vírus está em andamento

QUATRO QUEIJOS OU MARGUERITA?

Two Pizza Day: o dia que pagaram mais de R$ 1 bilhão em bitcoin (BTC) para comprar duas pizzas

Que história! Um homem pagou duas pizzas em BTC lá em 2010, quando a cotação estava em centavos de dólares. E agora…

ACUMULOU

Mega-Sena: ninguém leva e prêmio sobe para R$ 65 milhões; saiba como ter mais chances de acertar as seis dezenas

Segundo a Caixa, o próximo sorteio acontece na quarta-feira, dia 25 de maio, e quem vencer pode levar essa bolada para casa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies