Menu
2019-04-03T11:48:28+00:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco), “Abandonado” (Geração) e "Os Jogadores" (Planeta).
Bancos

Sérgio Rial ganha mais poderes no Santander e passa a comandar banco na América do Sul

Rial passará a chefiar as operações do banco no Chile, Argentina, Uruguai e na região andina e vai acumular a nova função com o comando do Santander Brasil. Mas as novas responsabilidades vêm acompanhadas de metas ambiciosas para o país

3 de abril de 2019
11:34 - atualizado às 11:48
Sergio Rial, presidente do Santander
Sergio Rial, presidente do Santander - Imagem: Murillo Constantino/Quartetto

Depois de colocar a unidade brasileira do Santander na briga entre os bancos mais rentáveis do país, Sérgio Rial vai ganhar mais poderes no banco espanhol. Ele foi anunciado hoje como responsável pelas operações em toda a América do Sul.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Com a mudança, os executivos do banco responsáveis pelas unidades no Chile, Argentina, Uruguai e na região andina passarão a se reportar a Rial, que permanece no comando do Santander Brasil.

O anúncio foi feito hoje em Londres e faz parte de uma reestruturação que dividiu as áreas de atuação do banco em três regiões: América do Sul, Europa e América do Norte. Os chefes de cada região vão responder a José Antonio Álvarez, CEO do Grupo Santander.

Acima de 20%

Junto com mais poderes, Rial ganha metas ambiciosas para o comando da operação brasileira. Depois de ampliar a rentabilidade do banco para o patamar de 20% no ano passado, a expectativa da matriz espanhola é que o indicador fique acima desse nível no médio prazo.

Para manter a lucratividade nas alturas, o Santander aposta no aumento da penetração bancária e nos juros baixos no país para aumentar a concessão de crédito. Na entrevista que concedeu ao Seu Dinheiro na estreia do site, Rial afirmou que pretende aumentar a atuação do banco fora dos grandes centros e na chamada base da pirâmide.

Desde que o executivo assumiu a unidade brasileira do Santander, no início de 2016, os recibos de ações (units) do banco negociados na B3 acumulam uma alta de 233%. No mesmo período, o Ibovespa subiu 120%. Os papéis eram negociados hoje pela manhã em alta de 1,57%, cotados a R$ 44,60.

Maquininha global

O Santander também pretende exportar outro caso bem sucedido da operação brasileira: a empresa de maquininhas de cartão Getnet. O banco vai converter a companhia em uma plataforma global para o comércio. A expansão começará pelo México e depois seguirá para o resto da América Latina e Europa.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Bandeira branca no radar?

EUA devem estender licença da chinesa Huawei para atender clientes do país

Movimento dos EUA pode ser visto como positivo para o fim da guerra comercial com a China já que a companhia foi um dos focos de tensões entre os gigantes

Governador de Minas

‘Governo entra em pautas minúsculas’, avalia Romeu Zema

Em entrevista, governador de MG nega que esteja sendo “tutelado” pelo partido Novo e avaliou que o presidente Jair Bolsonaro deveria “focar em coisas maiores, grandiosas”

Corrida contra o tempo

Tarifa de importação do Mercosul pode cair já em 2020

Com receio de que o grupo político da ex-presidente da Argentina Cristina Kirchner volte ao poder, o governo brasileiro tem pressa

Agora vai?

Governo enviará ao Congresso na próxima semana projeto para destravar privatização da Eletrobras

Proposta deve conter os mesmos itens que estavam na Medida Provisória 879, que não foi votada pela Câmara

Olha quem apareceu

Rede de varejo Le Biscuit, da Vinci Partners, estreia no comércio online

Entrada da empresa no mundo online ocorrerá em etapas e segue uma tendência mundial

Olha a oportunidade aí

Movimentos para ofertas de ações no 2º semestre aceleram

Reuniões com os bancos de investimento se intensificam e companhias começam a fechar acordos para levar as ofertas adiante

Eita!

Chefes da Receita Federal ameaçam entrega de cargos por interferência política

De acordo com apuração, seis subsecretários do órgão estão fechados nessa posição

À beira do abismo

Sob pressão financeira, Oi procura bancos para encontrar saída

Operadora precisa levantar R$ 2,5 bilhões, mas ainda não tem ideia de como fará essa captação de recursos

Batalha contra a desaceleração

China divulga reforma de juros para reduzir custo de financiamento de empresas

Movimento anunciado deve reduzir ainda mais as taxas de juros reais para as companhias do país

Entrevista

Criador da CVM diz que mercado brasileiro não precisa de mais regulação

Para Roberto Teixeira da Costa, momento é de libertar a capacidade criativa das pessoas; em entrevista ao Seu Dinheiro, ele fala sobre mercado de capitais, economia brasileira e a figura do analista de investimentos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements