Menu
2019-07-14T08:52:46+00:00
Moeda virtual

Reguladores avaliam se a Libra, criptomoeda do Facebook, teria estrutura de ETF

Se a SEC avaliar que o desenho da Libra a torna um fundo de índice (ETF), o Facebook vai precisar de aprovação do regulador para lançar a moeda virtual

14 de julho de 2019
8:52
Facebook Criptomoeda Libra Bitcoin
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Reguladores dos Estados Unidos estão avaliando se a Libra, criptomoeda que o Facebook e um grupo de empresas planeja colocar em operação em 2020, deve estar sob supervisão desses órgãos, um desdobramento que pode complicar adicionalmente o projeto, que já enfrenta diversas críticas, desde o presidente Donald Trump aos legisladores em Washington.

Funcionários da Securities and Exchange Commission (SEC), a reguladora do mercado de capitais dos Estados Unidos, analisam se a estrutura da Liba torna a moeda virtual um ativo semelhante a um fundo de índice, ou ETF (na sigla em inglês), de acordo com pessoas familiares ao assunto ouvidas pela Dow Jones.

Se a SEC avaliar que o desenho da Libra a torna um ETF, o Facebook vai precisar de aprovação do regulador para lançar a moeda virtual. Executivos do Facebook se encontraram recentemente com membros da SEC para tratar deste ponto e também se reuniram com outros reguladores, como o Federal Reserve (Fed, o banco central americano), e o Tesouro.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Na próxima terça-feira, dia 16, o executivo do Facebook David Marcus vai ao Congresso em Washington dar um depoimento para senadores sobre a criptomoeda. A regulação da Libra deve ser um dos temas levantados pelos legisladores. Até agora, a empresa não forneceu detalhes suficientes dos aspectos técnicos da Libra, como por exemplo, sobre os mecanismos de proteção de lavagem de dinheiro e qual será o papel e o poder de controle de outras companhias envolvidas, como a PayPal.

"Eles não parecem ter pensado tanto nem nos mecanismos nem nas implicações regulatórias de como o dinheiro fluirá dos usuários, carteiras e desenvolvedores para dentro e para fora da estrutura", afirma Jonah Crane, ex-funcionário do Tesouro dos EUA que aconselha fintechs (empresas nascentes de tecnologia que prestam serviços financeiros) sobre questões regulatórias.

O Fed também está monitorando a Libra, na medida em que os 1,6 bilhão de usuários diários do Facebook dão enorme potencial de uso para a divisa. O vice-presidente do Fed, Randal Quarles, disse na semana passada que as criptomoedas não cresceram ainda o bastante para trazer preocupações sobre os riscos para a estabilidade ao sistema financeiro mundial, temor que a entrada da rede social no jogo pode mudar.

Já Trump postou em suas redes sociais que o Facebook deveria "se tornar um banco" e se submeter à regulação do setor bancário. O presidente dos EUA também mostrou preocupações de as criptomoedas serem usadas para facilitar "comportamentos fora da lei", incluindo o comércio de drogas. Fonte: Dow Jones

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

O dia seguinte

O dia seguinte à bolada que assessores do PT levaram na Mega-Sena

Euforia de ontem foi substituída por cadeiras vazias nas salas da liderança do partido na Câmara dos Deputados

Vai ficar no papel?

Alcolumbre diz que há receio em autorizar privatização da Eletrobras

Presidente do Congresso relatou que 48 senadores do Norte e do Norte são contra, o que tornaria inviável a aprovação de um projeto com esse modelo

Acelerou

Preço médio dos imóveis residenciais sobe 0,36% em agosto

Dados foram divulgados nesta quinta-feira pela Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança

Ainda não é suficiente

Secretário da Previdência diz que para reforma ser sustentável, “precisamos de camada de capitalização”

Equipe econômica, no entanto, já trabalha em outras medidas como combate à fraude na concessão de aposentadorias e pensões e na gestão dos sistema

Será que vai melar?

Parlamento da Áustria aprova resolução obrigando governo a vetar UE-Mercosul

Movimento ocorre a poucos dias das eleições parlamentares na Áustria, antecipadas para o próximo dia 29 de setembro

Clima tenso entre os brothers

UE está pronta para impor tarifas retaliatórias contra os EUA, diz ministro da França

Bruno Le Maire comentou que a UE se prepara para eventuais sanções contra os EUA por causa de uma disputa sobre subsídios no setor de aviação

De olho na reforma

Câmara e Senado construirão proposta conjunta sobre reforma tributária, diz Maia

O presidente da Câmara também não descartou a ideia de criação de uma comissão mista (com senadores e deputados) para tratar da reforma tributária

O futuro da energia

Shell diz que seu plano é investir US$ 3 bilhões por ano em renováveis no mundo

Presidente da petroleira no Brasil afirmou que não há um prazo para definir os investimentos e que o importante é que os projetos “façam sentido”

De olho nas contas públicas

Governo deve descontingenciar entre R$ 12 bilhões e R$ 13 bilhões, diz secretário

Com a arrecadação maior nos últimos meses, a ideia é liberar parte do orçamento, que foi contingenciado nos meses anteriores

Será que cai mais?

Na contramão do mercado, Itaú mantém projeção para Selic em 5,0% no fim do ano

Segundo relatório da instituição, o banco seguirá observando os dados para a inflação e a taxa de câmbio do Banco Central para decidir por uma nova reavaliação

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements