Menu
2018-10-09T22:54:06+00:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Eleições 2018

Presidente do BC de Bolsonaro está na gaveta do Paulo Guedes

Jair Bolsonaro também falou em rever modelo de privatização no setor de energia e sistema de preço de combustíveis da Petrobras

9 de outubro de 2018
21:02 - atualizado às 22:54
paulo-guedes
O ministro da economia, Paulo Guedes, é um dos convidados do evento - Imagem: Nilon Fukuda/Estadão Conteúdo

Em entrevista ao “Jornal da Band”, da rede “Bandeirantes”, o presidenciável Jair Bolsonaro falou que o nome do presidente do Banco Central (BC) de sua eventual gestão está “na gaveta do Paulo Guedes” e que não comenta abertamente para evitar possível perseguição.

Ainda sobre sua futura equipe, disse que se depender dele, o deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS) será seu ministro da Casa Civil. E que já teria  350 deputados ao seu lado, entre as bancadas ruralista, evangélica, agronegócio, turismo e outras.

Ainda na área econômica, Bolsonaro defendeu a privatização das empresas que dão prejuízo, mas voltou falar que setores tidos como estratégicos estão de fora. Na energia elétrica, ele disse “não vamos mexer”, mas que vai indicar as pessoas certas para o comando de estatais. Disse, ainda, que não podemos deixar a energia “na mão do chinês”, mas que pode se avaliar modelos de privatização para a transmissão de energia, para geração não.

Na sequência falou que a Petrobras tem um “miolo” que tem de ser preservado, mas que algumas áreas, como refino, podem ser vendidas. “Temos tecnologia, mas não temos recursos para explorar”, disse.

Depois falou que mesmo privatizando tem que se rever o modelo de preços, pois não é possível ter uma “política de combustível predatória para salvar a Petrobras e matar a economia” e que “não pode usar o monopólio para fazer o preço que bem entender”. Ainda sobre o tema, defendeu a redução da tributação dos combustíveis.

Sobre a reforma da Previdência, a ideia de Bolsonaro é acabar com a "fábrica de marajás" que advém de incorporações salariais. A conversa também girou em torno da possibilidade de adoção de uma idade mínima, começando em 61 anos, e ampliando gradualmente. Segundo o candidato, esse seria uma forma de driblar as críticas da esquerda “que faz campanha falando de se aposentar no cemitério”. Disse ainda que não adianta colocar remendo novo em calça velha e que vai tratar do assunto vagarosamente.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Siga o dinheiro

Fuga de dólares bate US$ 40 bilhões em 12 meses. Surpreso? Não deveria…

Saída de recursos é a maior desde que abandonamos o regime de bandas cambiais em 1999. Desde abril, o BC vem alertando para uma mudança estrutural no mercado de câmbio

Boas novas

Juro baixo faz BlackRock ampliar aposta no Brasil

A projeção é que a Selic baixa empurre investidores para ativos de mais risco, incluindo investimentos no exterior, que ainda engatinham por aqui

dinheiro no bolso

36,9 milhões de correntistas da Caixa já sacaram recurso do FGTS

Saque de até R$ 500 por conta ativa ou inativa do fundo tem sido feito de forma escalonada, dependendo da data de aniversário de trabalhador

novas funções

Relator de MP que permite saque do FGTS vai ampliar forma de aplicação do fundo

Hoje, a lei só permite que o dinheiro seja usado para financiar moradias, saneamento e infraestrutura

todo mundo no azul

Bolsonaro assina MP que promete estimular regularização de dívidas

Texto foi chamado de MP do Contribuinte Legal e, segundo o governo, é alternativa mais justa do que parcelamentos especiais (Refis)

Exile on Wall Street

Há salvação para o investidor?

Escolhemos hoje, sobre resultados que só acontecerão no futuro. E não adianta tentar, no presente, penetrar o futuro. Há razão objetiva para serem tempos verbais diferentes. Afinal, ora, são coisas diferentes. Se fossem a mesma, teriam o mesmo nome.

Manda mais

Governo envia a Congresso mais 8 projetos de lei pedindo aval para crédito

As propostas se somam a outros dez projetos de lei pedindo autorização para a liberação de crédito extra também enviados formalmente na terça, conforme avisou a edição regular do Diário Oficial de terça-feira.

juntas

Governo dá mais um passo para aproximar Correios e Telebras do setor privado

Ambas foram incluídas no Programa de Parcerias de Investimentos da Presidência da República (PPI)

racha

Bolsonaro diz que não quer tomar PSL, mas cobra abertura dos gastos do partido

Perguntado se deseja a saída do presidente do PSL, o deputado federal Luciano Bivar (PE), Bolsonaro disse que não defende “nada”

Memória

Estilo madrugador de Lázaro Brandão ajudou a forjar a cultura do Bradesco

Depois de 75 anos dando expediente religiosamente a partir das 7 da manhã, “seu Brandão” manteve dedicação ao banco mesmo após deixar as funções executivas. Eu conto algumas ocasiões em que estive com o lendário banqueiro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements