Menu
PUBLICAÇÕES SOBRE
Oferta de ações
Publicações
REFORÇANDO O CAIXA

Depois de anunciar emissão de debêntures, 3R Petroleum lança oferta de ações. Entenda o que a empresa pretende fazer com quase R$ 4 bilhões a mais em seu caixa

Empresa de óleo e gás fará ofertas primária e secundária; a previsão é de que o processo de prospecção de investidores interessados se encerre em 4 de novembro

SEM LOTE SECUNDÁRIO

AES Brasil (AESB3) levanta R$ 1,1 bilhão em oferta restrita de ações

Oferta poderia ter ultrapassado a marca de R$ 1,5 bi, mas lote secundário acabou retirado a pedido do BNDESPar

ficou para depois

Com maior aversão ao risco, Bluefit confirma adiamento de IPO

Adiamento é valido por um período de até 60 dias úteis contados a partir de 24 de setembro; empresa citou “condições de volatilidade no mercado de capitais”

DEMANDA FORTE

Vamos (VAMO3) precifica oferta restrita e levanta mais de R$ 1 bilhão

Processo de captação da oferta subsequente contou com demanda por lote adicional; novas ações começarão a ser negociadas no dia 27

Operação concluída

Totvs (TOTS3) levanta R$ 1,44 bilhão em oferta subsequente de ações

Precificada a R$ 36,75 por ação, oferta restrita da Totvs tem leve desconto em relação ao fechamento de ontem

em busca de recursos

AES Brasil (AESB3) aprova oferta pública e pode captar até R$ 1,8 bilhão

De acordo com a AES Brasil, o objetivo da oferta é acelerar seu plano de crescimento, com foco na diversificação do portfólio por meio de fontes complementares à hídrica, além de potencializar a criação de valor para os acionistas

Mercado desaprovou

Allied Tecnologia (ALLD3) desaba mais de 10% após revelar que estuda oferta restrita de ações

Vale lembrar que a empresa estreou na B3 em abril deste ano, após um IPO que movimentou cerca de R$ 190 milhões

Novas fusões no radar

Sinqia (SQIA3) com dinheiro no caixa: oferta de ações sai a R$ 23,00 e movimenta R$ 400 milhões

A Sinqia vai usar o dinheiro da oferta de ações para continuar com a expansão inorgânica. Na bolsa, SQIA3 tem leve baixa no ano

Boa alternativa

Ação da EspaçoLaser (ESPA3), que tem Xuxa como sócia, pode subir 27%, segundo BTG Pactual

Banco destaca principalmente o potencial do mercado de estética e cuidados pessoais no Brasil, e a baixa utilização da depilação a laser

Começando bem

Alumínio que vale ouro? Bancos iniciam cobertura de CBA (CBAV3) projetando forte valorização da ação

Analistas enchem empresa de elogios, não só pela sua liderança no mercado brasileiro, mas também por seu forte posicionamento em ESG

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies