O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-03-30T14:27:58-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
DE OLHO NO NOVO MERCADO

Votorantim quer captar R$ 750 milhões com oferta pública; saiba qual o destino do dinheiro

A empresa afirma que a oferta só se efetivará se as condições do mercado de capitais no Brasil e no exterior forem favoráveis

30 de março de 2022
14:27
fabrica-votorantim-cimentos
Fábrica de cimentos da Votorantim - Imagem: Divulgação

A Companhia Brasileira de Alumínio (CBAV3) informou nesta quarta-feira, 30, que seu acionista controlador, a Votorantim, avalia a possibilidade de realizar uma oferta pública de distribuição secundária de ações ordinárias com esforços restritos de colocação, e com esforços de colocação no exterior, de cerca de R$ 750 milhões, sem considerar eventuais lotes adicionais ou suplementares.

A oferta pública secundária com esforços restritos de colocação é uma modalidade mais simples de ofertar ações no mercado, já que só podem participar do processo investidores profissionais com mais de R$ 10 milhões em ativos e por isso a lista de exigências que a ofertante é obrigada a cumprir é menor.

A empresa afirma que a potencial oferta reforça as iniciativas para aumento de liquidez das ações de emissão da companhia no mercado, consequentemente atingindo o requerimento mínimo de free float previsto no regulamento do Novo Mercado da B3, além de estar inserida no contexto da estratégia de diversificação de portfólio da Votorantim.

Quem participa da oferta da Votorantim

Vão participar do processo o Banco BTG Pactual S.A., Bank of America Merrill Lynch, Banco Bradesco BBI, UBS Brasil (UBS BB), Citigroup, e Banco Itaú BBA, e determinadas afiliadas internacionais dessas instituições, para a prestação de serviços no âmbito da Potencial Oferta, incluindo trabalhos preparatórios para a definição da viabilidade e dos termos da Potencial Oferta.

A empresa observa que a efetiva realização da Potencial Oferta, assim como qualquer operação deste tipo, está sujeita, entre outros fatores, às condições do mercado de capitais brasileiro e internacional, à obtenção das aprovações necessárias, incluindo as respectivas aprovações societárias aplicáveis, às condições políticas e macroeconômica favoráveis, ao interesse de investidores, dentre outros fatores alheios à vontade da companhia.

"Caso efetivada, a Potencial Oferta contará com restrição à negociação de valores mobiliários de emissão da companhia e detidos pela Votorantim (lock-up) de 180 dias."

*Com informações do Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

AUTOMÓVEIS

Elon Musk em apuros? Tesla perde apelo entre consumidores de carros de luxo

Tesla cai do 3º para o 5º lugar na preferência dos compradores de carros de luxo nos EUA no primeiro trimestre, mas ainda domina entre modelos elétricos

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa futuro abre próximo da estabilidade e tenta ignorar exterior; dólar vai a R$ 5,07

RESUMO DO DIA: A desaceleração da economia chinesa pesou no sentimento das bolsas nesta segunda-feira (16). Os dados mais fracos dão os primeiros sinais de recessão, o que deve afetar o desempenho das atividades nos demais países. Por aqui, a Petrobras (PETR4) é o foco do dia, com debates envolvendo o preço dos combustíveis e […]

CAÇADOR DE TENDÊNCIAS

Oportunidade de swing trade: compra de ações da Wiz (WIZB3) e lucro de 5% no bolso com Bradesco (BBDC4)

Identifiquei uma oportunidade de swing trade – compra dos papéis da Wiz (WIZS3), com entrada em R$ 8,44; veja a análise

O melhor do Seu Dinheiro

O Nubank estará Nu mais uma vez? Confira a história do dia e outras sete notícias que mexem com os seus investimentos

O Nubank virou rei na competição com os bancões, mas a nudez dos balanços amargou o gosto dos investidores pela fintech; veja o que esperar do resultado do primeiro trimestre

Segredos da Bolsa

Esquenta dos mercados: Desaceleração da China gera mal estar e bolsas amanhecem pressionadas; Ibovespa acompanha tensão na Petrobras (PETR4)

No panorama doméstico, os balanços de Magazine Luiza, Nubank e outros movimentam o dia

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies