2022-07-06T18:02:44-03:00
Estadão Conteúdo
ELEIÇÕES 2022

Sem segundo turno? Pesquisa mostra estabilidade nas intenções de voto de Lula e avanço de Bolsonaro

A diferença entre os dois mudou de dez para oito pontos e, portanto, a sondagem indica que a chance de segundo turno “ficou menos evidente”

6 de julho de 2022
18:02
Lula vs Bolsonaro em uma corrida de Kart
Lula vs Bolsonaro em uma corrida de Kart. - Imagem: Shutterstock / Alan Santos-PR / Montagem Brenda Silva

A pesquisa PoderData divulgada nesta quarta-feira (06) mostra estabilidade do índice de intenção de votos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e oscilação de dois pontos percentuais para cima no do presidente Jair Bolsonaro (PL)

Segundo o levantamento, o petista tem 44% — mesmo número de 15 dias antes — enquanto o atual chefe do Executivo registra 36%.

No levantamento anterior, de 22 de junho, Lula tinha 44% e Bolsonaro, 34%. 

Como a margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos, os pesquisadores consideram que os índices de Lula e Bolsonaro apenas oscilaram. 

A diferença entre os dois mudou de dez para oito  pontos e, portanto, o estudo afirma que a chance de segundo turno nas eleições deste ano "ficou menos evidente".

Segundo pelotão de pré-candidatos

Além de Lula em primeiro e Bolsonaro em segundo lugar, o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) segue em terceiro na preferência do eleitorado, com 5%, de acordo com o levantamento do PoderData. 

O deputado federal André Janones (Avante-MG) e a senadora Simone Tebet (MDB-MS) seguem empatados na quarta posição, com 3% cada um. 

Os demais pré-candidatos à presidência não tiveram "menções suficientes para pontuar", segundo o PoderData.

O PoderData fez a pesquisa entre o último domingo (03) e esta terça-feira (05), por meio de ligações para telefones fixos e móveis nas quais são listados doze presidenciáveis. 

Foram ouvidos 3 mil eleitores em 317 municípios, em todos os Estados e no DF. O registro no TSE é BR-06550/2022.

Veja também: Riscos para a economia no segundo semestre

Segundo turno entre Lula e Bolsonaro

Para ser eleito em primeiro turno, Lula precisa alcançar 50% dos votos válidos mais 1 no dia do pleito, 2 de outubro, de acordo com a legislação eleitoral. 

Se houver segundo turno para presidente, a data prevista no calendário eleitoral é 30 de outubro de 2022. O eleito será diplomado em dezembro pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Além de Lula, Bolsonaro, Ciro, Janones e Simone, estavam na lista José Maria Eymael (DC), Leonardo Péricles (UP), Luciano Bivar (União Brasil), Luiz Felipe d'Avila (Novo), Pablo Marçal (Pros), Sofia Manzano (PCB) e Vera Lúcia (PSTU).

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

CAÇADOR DE TENDÊNCIAS

Oportunidade de lucro acima de 9% em swing trade com a Helbor (HBOR3); confira a recomendação

9 de agosto de 2022 - 8:26

Identifiquei uma oportunidade de swing trade – compra dos papéis da Helbor (HBOR3). Saiba mais detalhes

O melhor do Seu Dinheiro

Os sons do silêncio nas bolsas: Saiba como interpretar os ruídos dos mercados que mexem com os seus investimentos hoje

9 de agosto de 2022 - 8:24

De olhos e ouvidos atentos aos dados da inflação, investidores os juntarão ao quebra-cabeças da ata da última reunião do Copom

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Todos os olhos e ouvidos do Ibovespa voltados para a inflação de hoje enquanto as bolsas internacionais aguardam os dados dos EUA

9 de agosto de 2022 - 7:43

Os índices internacionais aguardam os números de inflação dos EUA, que só devem ser conhecidos na quarta-feira

Balanço

BTG Pactual (BPAC11) tem lucro de R$ 2,175 bilhões no 2T22 e renova recorde

9 de agosto de 2022 - 7:26

Lucro líquido recorrente de R$ 2,175 bilhões do BTG no segundo trimestre representa um avanço de 26,5% em relação ao mesmo período de 2021

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS

Um mundo tomado pela inflação: entenda ao que é preciso prestar atenção para saber se os preços vão finalmente parar de subir

9 de agosto de 2022 - 6:10

O processo de normalização dos preços será fundamental para que consigamos ter maior previsibilidade quanto ao futuro dos ativos de risco

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies