🔴 03/06 – ‘GATILHO’ PARA BUSCAR ATÉ R$ 2 MILHÕES COM CRIPTOMOEDAS PODE SER DISPARADO – SAVE THE DATE

Estadão Conteúdo
ELEIÇÕES 2022

Bolsonaro alfineta banqueiros e diz que ações do governo contam mais do que “assinar cartinha”; confira o recado enviado pelo presidente

Chefe do Planalto fez referência aos manifestos em defesa da democracia articulados em reação à ofensiva sem provas do governo sobre a lisura do sistema eleitoral brasileiro — e que contou com a assinatura de banqueiros

O ex-presidente Jair Bolsonaro
O ex-presidente Jair Bolsonaro - Imagem: Alan Santos/PR

Na tentativa de se aproximar do setor financeiro em evento promovido nesta segunda-feira (08) em São Paulo pela Febraban, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que os banqueiros precisam julgá-lo pelas suas ações.

"Não assinar cartinha", alfinetou, em referência aos manifestos em defesa da democracia articulados em reação à ofensiva sem provas do governo sobre a lisura do sistema eleitoral brasileiro - e que contou com a assinatura de banqueiros.

"Vocês têm que olhar na minha cara, ver minhas ações e me julgar por aí. Não assinar cartinha. A carta tem o objetivo sério de devolver o País para as mãos daqueles que fizeram mal feitos conosco", afirmou Bolsonaro na Febraban, em crítica aos manifestos organizados por Fiesp e USP. 

"Quem quer ser democrata não tem que assinar cartinha, não", reiterou.

Bolsonaro e a democracia

Bolsonaro defendeu-se e disse que nunca agiu contra a democracia. 

"Mandei prender deputado?", questionou, em nova crítica ao Supremo Tribunal Federal (STF), que determinou prisão de oito anos e nove meses ao deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ) por ataques à democracia. 

O parlamentar, contudo, recebeu perdão presidencial menos de 24 horas depois da decisão. 

"Onde está a ditadura? Está no Executivo?", seguiu Bolsonaro, no evento com banqueiros.

Mais sobre o evento

Bolsonaro deixou as dependências da Febraban, em São Paulo, acompanhado do ministro da Economia, Paulo Guedes, onde participaram de almoço com representantes da indústria financeira.

O almoço durou cerca de duas horas. Bolsonaro, candidato à reeleição, esteve também acompanhado do candidato ao governo de São Paulo Tarcísio Gomes de Freitas (Republicanos), do ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, e do ex-ministro da Ciência e Tecnologia e candidato ao Senado, Marcos Pontes (PL).

Antes de deixar o local, o presidente fez algumas selfies com apoiadores no hall do prédio e depois saiu pelo elevador privativo sem falar com a imprensa.

Veja também: Lula ou Bolsonaro — quem a Faria Lima apoia nas eleições 2022?

Compartilhe

VOTO ÚTIL OU INÚTIL?

Apoiadores de Lula voltaram a se animar com chance de vitória em primeiro turno. Mas isso é realmente possível?

14 de setembro de 2022 - 14:26

O petista está a menos de 3 pontos porcentuais de vencer em primeiro turno — e o número de eleitores de Ciro e Simone dispostos a mudar o voto é maior que isso

ELEIÇÕES 2022

14 empresários fizeram doações individuais de mais de R$ 1 milhão a partidos; veja quem mais doou (e também quem recebeu)

14 de setembro de 2022 - 9:28

Puxadas por pesos-pesados do PIB, as doações de pessoas físicas a partidos e campanhas neste ano superam R$ 246 milhões

CENTRAL DAS ELEIÇÕES

Eleições 2022: Vitória de Lula em 1º turno é possível? Descubra aqui

14 de setembro de 2022 - 6:00

Acompanhe a cobertura ao vivo das eleições 2022 com as principais notícias sobre os principais candidatos à Presidência e nos Estados

ELEIÇÕES 2022

O que Bolsonaro, Lula e Ciro querem para o Brasil? Confira o programa de governo dos presidenciáveis

13 de setembro de 2022 - 19:21

Os três já apresentaram seus planos para o país: um prioriza transformar o Brasil em uma potência econômica, o outro foca na restauração das condições de vida da população e o terceiro destaca aspectos econômicos e educacionais

ELEIÇÕES 2022

Vão fatiar: Lula e Bolsonaro querem desmembrar Economia e ressuscitar ministérios de outras áreas — veja a configuração

13 de setembro de 2022 - 14:11

Caso o petista vença, a ideia é que o número de ministérios passe dos atuais 23 para 32. Já Bolsonaro, que na campanha de 2018 prometeu ter apenas 15 ministérios e fazia uma forte crítica ao loteamento de cargos, hoje tem 23 e também deu pastas ao Centrão

CENTRAL DAS ELEIÇÕES

Eleições 2022: Bolsonaro diz que vai ‘passar a faixa’ e se aposentar caso não consiga se reeleger

13 de setembro de 2022 - 5:47

Acompanhe a cobertura ao vivo das eleições 2022 com as principais notícias sobre os principais candidatos à Presidência e nos Estados

ELEIÇÕES 2022

Abre o olho, presidente! Lula e Marina Silva se unem para atrair voto de Bolsonaro, Ciro e Tebet — saiba mais sobre essa aproximação

12 de setembro de 2022 - 16:46

Marina Silva deixou o PT em 2009, mas disse que, de alguma maneira, sempre esteve próxima de Lula. Agora juntos, eles querem conquistar os votos de quem acredita que Bolsonaro pode ser uma alternativa para o Brasil

ELEIÇÕES 2022

Avanço de Ciro e Simone na pesquisa BTG/FSB ajuda Bolsonaro a forçar segundo turno contra Lula

12 de setembro de 2022 - 10:35

Em segundo turno, porém, enquanto Lula venceria em todos os cenários, Bolsonaro sairia derrotado em todas as simulações da pesquisa BTG/FSB

CENTRAL DAS ELEIÇÕES

Eleições 2022: Lula segue 13 pontos à frente de Bolsonaro no 2º turno na pesquisa BTG/FSB

12 de setembro de 2022 - 7:14

Acompanhe a cobertura ao vivo das eleições 2022 com as principais notícias sobre os principais candidatos à Presidência e nos Estados

ELEIÇÕES 2022

Propaganda barrada: ministro do TSE atende pedido de Lula e proíbe Bolsonaro de usar imagens do 7 de setembro em campanha; veja qual foi o argumento

11 de setembro de 2022 - 16:43

O ministro viu favorecimento eleitoral do candidato e atendeu a um pedido da coligação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para barrar as imagens

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar