🔴 3 ações para LUCRAR com a SELIC em alta: clique aqui e descubra quais são

2022-02-11T09:01:02-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
ENSINO EM FOCO

Cogna (COGN3) anuncia troca no comando e abre programa de recompra de ações; saiba como fica a empresa

A recompra de ações costuma ocorrer quando uma empresa acredita no potencial de valorização daqueles papéis, mas percebe que eles estão descontados no mercado

11 de fevereiro de 2022
8:53 - atualizado às 9:01
Foto de Rodrigo Galindo, CEO da Cogna
Foto de Rodrigo Galindo, CEO da Cogna. Imagem: Reprodução YouTube

O dia começou agitado para os investidores da Cogna (COGN3), que precisarão digerir duas notícias importantes nesta sexta-feira (11). A companhia anunciou a recompra de 5,48% das ações e a saída de Rodrigo Galindo após mais de uma década como CEO do grupo de educação.

Dança das cadeiras

Na dança das cadeiras promovida pela Cogna, Galindo assume a presidência do conselho de administração da companhia e Nicolau Ferreira Chacur foi eleito para a vice-presidência do colegiado. 

Quem assumirá o cargo de CEO da Cogna é Roberto Valério, atualmente presidente da Kroton, unidade de negócios que engloba todas as operações de ensino superior (presencial e EAD) e responsável por 70% da receita da companhia.

A mudança, entretanto, não é exatamente uma novidade, tendo em vista que Galindo já havia manifestado interesse na atuação de campos mais estratégicos da Cogna desde 2018. 

O anúncio de ambas foi feito após o fechamento do mercado, em comunicado enviado à CVM. Com isso, a empresa de educação também deve ser destaque no pregão de hoje da B3

Recompra de ações da Cogna

Na última reunião do conselho de administração, a empresa também aprovou  a recompra de até 102.880.658 de ações ordinárias em circulação, o que representa 5,482% do total negociado na B3. 

A recompra de ações ocorre quando uma empresa acredita no potencial de valorização daqueles papéis, mas percebe que eles estão descontados no mercado. Dessa forma, a companhia pode obter lucro na operação de compra e venda. 

No caso específico da Cogna, o anúncio da recompra pode contribuir para atenuar um eventual impacto da saída de Rodrigo Galindo do comando da empresa.

Os papéis COGN3 encerraram o pregão da última quinta-feira (11) em queda de 0,41%, cotados a R$ 2,42. A empresa vem sendo duramente castigada na bolsa e acumula uma perda da ordem de 80% nos últimos cinco anos.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

O SOL HÁ DE BRILHAR MAIS UMA VEZ

Cemig (CMIG4) amplia presença em energia solar em negócio milionário; confira os detalhes do negócio

A transação envolve três usinas fotovoltaicas e reforça a estratégia da companhia de crescimento sustentável no mercado de geração distribuída

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa abaixo dos 100 mil novamente, presidente da Caixa pede demissão e o salvador do mundo cripto; confira os destaques do dia

As últimas semanas parecem ter inaugurado um novo modus operandi no mercado financeiro: não há boa notícia ao amanhecer que perdure até o anoitecer.  Alta de commodities, alívio no cenário fiscal, retomada econômica chinesa. Pode escolher a sua arma, nada parece forte o suficiente para enfrentar o temor de uma recessão global e de um […]

Nova aquisição

Ambipar (AMBP3) volta às compras e adquire a Bioenv, que desenvolve projetos de monitoramento do meio ambiente

Como a compra foi feita por meio da controlada Ambipar Response ES S.A., não precisará ser aprovada pelos acionistas da empresa mãe

FECHAMENTO DO DIA

Temor de recessão segue forte e Ibovespa volta a perder os 100 mil pontos; dólar cai com PEC melhor que o esperado

O Ibovespa chegou a amanhecer no azul, mas os temores que rondam o mercado falaram mais alto

CONTROLE DE DANOS

Pedro Guimarães entrega carta de demissão a Jair Bolsonaro e rebate acusações de assédio; veja quem o sucederá na presidência da Caixa

Guimarães deixa o cargo em meio a uma investigação do Ministério Público Federal por múltiplas denúncias de assédio sexual

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies