Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2022-01-17T17:14:23-03:00
Carolina Gama
GESTORA

Adeus ou até logo? ‘Monstro do Leblon’ vende mais ações, e Banco Inter (BIDI11) dispara após novo leilão na B3

O Ponta Sul já havia se desfeito de units do banco digital na semana passada, quando reduziu a participação de 12% para 7%

14 de janeiro de 2022
17:34 - atualizado às 17:14
Sede do Banco Inter stone
Sede do Inter - Imagem: Divulgação

Ao que tudo indica o "Monstro do Leblon" atacou novamente em uma possível tentativa de estancar perdas e fazer caixa. A gestora carioca Ponta Sul, de Flávio Gondim, teria voltado a se desfazer de units do Banco Inter (BIDI11). 

Um novo  leilão nesta sexta-feira (14) movimentou 300 milhões de ações do banco digital, com um giro de R$ 700 milhões, e o mercado especula que o Ponta Sul esteve mais uma vez na ponta vendedora.

Após o leilão e sem pressão sobre os papéis, BIDI11 voltou a subir e encerrou o dia com avanço de 7,92%, a R$ 23,85 - a maior alta do dia na bolsa. Antes do leilão, os papéis recuavam mais de 3%.

Dessa vez, a operação começou com 20 milhões de units a R$ 19 e chegou ao final com 30 milhões de units a R$ 23,50 cada, segundo informou o site Brazil Journal.

Monstro de garras afiadas

Toda vez que as ações do Inter apresentam uma trajetória incomum, as atenções do mercado se voltam para o Ponta Sul e Gondim, também conhecido como “Monstro do Leblon”.

Na semana passada, a gestora carioca vendeu R$ 740 milhões em ações do banco digital, fazendo com que sua participação caísse de 12% para 7%

No auge, a fatia no Inter chegou a 20%. Com o leilão de hoje, a tendência é que esse percentual volte a cair. 

Banco Inter e o 'Monstro do Leblon'

Gondim ganhou o apelido de “Monstro do Leblon” pela forma agressiva como opera no mercado, com posições bastante alavancadas — maiores que o patrimônio do fundo.

O Ponta Sul entrou em 2021 com R$ 3,3 bilhões, mas, no dia 6, o patrimônio da carteira chegou a cair para R$ 788 milhões, uma desvalorização de 76% em 12 meses, de acordo com dados da Comissão de Valores Mobiliários (CVM). No último dia 12 estava em R$ 1 bilhão

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Mercados Hoje

Ibovespa abre em queda, seguindo as bolsas de Nova York e dólar avança hoje; risco fiscal volta ao radar com PEC dos combustíveis

Na semana, o índice brasileiro ainda acumula alta de mais de 1%; confira o que movimenta o mercado hoje

MERCADO BITCOIN LIVRE

Mercado Livre compra participação no Mercado Bitcoin com foco em criptomoedas; parceria inclui acordo com Paxos, empresa de tecnologia blockchain

Esta não é a primeira vez que o Mercado Livre entra no mercado de criptomoedas: em 2021, a empresa havia comprado cerca de US$ 7,8 milhões em bitcoin

Tendências da bolsa

AGORA: Ibovespa futuro abre em queda e acompanha Nova York, enquanto dólar sobe para R$ 5,44

Com agenda esvaziada, tanto por aqui quanto no exterior, investidores devem ficar de olho no último dia do Fórum Econômico Mundial, enquanto aguardam reunião do Fed, agendada para a semana que vem

semana em cripto

Investidores de bitcoin e criptomoedas liquidam mais de meio bilhão de dólares em contratos futuros em menos de 24h; BTC já cai 16% em 2022

Com queda de quase 8% nas últimas 24 horas, bitcoin perde o patamar de US$ 39 mil; confira o que mexe com o mercado de criptomoedas

O melhor do Seu Dinheiro

A Tentação de nadar com a maré, dividendos bilionários da Intermédica, NFTs da Meta e outros destaques do dia

Apesar de ser difícil decidir ir contra a maioria, no longo prazo, é a estratégia que dá resultados; entenda como ganhar dinheiro com esta abordagem

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies