🔴 ALGORITMO MOSTRA COMO BUSCAR ATÉ R$ 3 MIL POR DIA – CONHEÇA

Flavia Alemi
Flavia Alemi
Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pela FIA. Trabalhou na Agência Estado/Broadcast e na S&P Global Platts.
fim de ciclo

Adeus, Cesp (CESP6)! Empresa troca nome e código de negociação a partir de segunda-feira

Reorganização societária da Cesp resultou em mudança no nome da empresa para Auren Energia, que será negociada na bolsa com o ticker AURE3

Flavia Alemi
Flavia Alemi
27 de março de 2022
16:17 - atualizado às 16:23
Usina de Porto Primavera, da Cesp
Imagem: CESP/Divulgação

Na segunda-feira (28), a Companhia Energética de São Paulo, a Cesp (CESP6), dará adeus ao nome que a acompanha há mais de 50 anos.

A empresa passará a se chamar, oficialmente, Auren Energia e será negociada na bolsa com o ticker AURE3. Está prevista para segunda-feira também a divulgação de resultados da companhia no quarto trimestre de 2021.

A mudança é fruto de uma reorganização societária que vinha se desenhando desde outubro de 2021. A Auren nasce da combinação dos ativos de energia da Votorantim S.A. e do fundo de pensão canadense CPPIB.

A combinação foi feita para que a controladora da Cesp, a VTRM Energia Participações S.A., pudesse incorporar as ações da empresa. Dessa forma, a Cesp se transforma em subsidiária integral da VTRM.

Em meio a essa mudança, a empresa vai migrar para o Novo Mercado, segmento da B3 que exige maior governança corporativa das companhias.

O Conselho de Administração da Cesp aprovou toda a movimentação e fez um novo cálculo que avalia a empresa em R$ 9,1 bilhões.

Leia também:

Quem é a Cesp

Criada em 1966 pelo governo do Estado de São Paulo, a Cesp atua na geração de energia elétrica. Ela surgiu por meio da fusão de outras 11 empresas de energia.

A Cesp tem duas usinas hidrelétricas em São Paulo, a Porto Primavera e a Paraibuna, que, juntas, somam 1.627 megawtts (MW) de capacidade instalada. A empresa detinha também a concessão da usina de haguari, mas em 2019 optou por não renovar.

Durante a trajetória da Cesp, o governo de SP tentou vendê-la quatro vezes, sem sucesso. Em 2018, a empresa foi, enfim, adquirida pelo consórcio formado pela Votorantim Energia e pelo fundo canadense CPPIB.

Sob os novos controladores, a Cesp conseguiu autorização para comercializar energia, atividade iniciada em janeiro de 2020.

Credit Suisse considera reorganização da Cesp positiva

Para o Credit Suisse, a reorganização societária será benéfica para a Cesp, que passará a ter uma melhor estrutura de alavancagem e se beneficiar da alta demanda atual por contratos de negociação de energia a longo prazo com fontes renováveis, além da aceleração da abertura do mercado livre no Brasil.

Os analistas do Credit consideram positivo que a Cesp migre para o Novo Mercado após a incorporação de ações e que os termos da reorganização tenham melhorado, embora ainda estejam abaixo do valor que eles mesmos atribuem à companhia.

O Credit Suisse tem um preço-alvo de R$ 32,40 para as ações preferenciais da Cesp (CESP6) e recomendação "outperform", equivalente a compra.

Compartilhe

BRIGA PELO TRONO GRELHADO

Acionistas da Zamp (BKBR3) recusam-se a ceder a coroa do Burger King ao Mubadala; veja quem rejeitou a nova oferta

21 de setembro de 2022 - 8:01

Detentores de 22,5% do capital da Zamp (BKBR3) já rechaçaram a nova investida do Mubadala, fundo soberano dos Emirados Árabes Unidos

FECHAMENTO DO DIA

Inflação americana segue sendo o elefante na sala e Ibovespa cai abaixo dos 110 mil pontos; dólar vai a R$ 5,23

15 de setembro de 2022 - 19:12

O Ibovespa acompanhou o mau humor das bolsas internacionais e segue no aguardo dos próximos passos do Fed

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Cautela prevalece e bolsas internacionais acompanham bateria de dados dos EUA hoje; Ibovespa aguarda prévia do PIB

15 de setembro de 2022 - 7:42

As bolsas no exterior tentam emplacar alta, mas os ganhos são limitados pela cautela internacional

FECHAMENTO DO DIA

Wall Street se recupera, mas Ibovespa cai com varejo fraco; dólar vai a R$ 5,17

14 de setembro de 2022 - 18:34

O Ibovespa não conseguiu acompanhar a recuperação das bolsas americanas. Isso porque dados do varejo e um desempenho negativo do setor de mineração e siderurgia pesaram sobre o índice.

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Depois de dia ‘sangrento’, bolsas internacionais ampliam quedas e NY busca reverter prejuízo; Ibovespa acompanha dados do varejo

14 de setembro de 2022 - 7:44

Os futuros de Nova York são os únicos que tentam emplacar o tom positivo após registrarem quedas de até 5% no pregão de ontem

FECHAMENTO DO DIA

Inflação americana derruba Wall Street e Ibovespa cai mais de 2%; dólar vai a R$ 5,18 com pressão sobre o Fed

13 de setembro de 2022 - 19:01

Com o Nasdaq em queda de 5% e demais índices em Wall Street repercutindo negativamente dados de inflação, o Ibovespa não conseguiu sustentar o apetite por risco

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Bolsas internacionais sobem em dia de inflação dos EUA; Ibovespa deve acompanhar cenário internacional e eleições

13 de setembro de 2022 - 7:37

Com o CPI dos EUA como o grande driver do dia, a direção das bolsas após a divulgação dos dados deve se manter até o encerramento do pregão

DANÇA DAS CADEIRAS

CCR (CCRO3) já tem novos conselheiros e Roberto Setubal está entre eles — conheça a nova configuração da empresa

12 de setembro de 2022 - 19:45

Além do novo conselho de administração, a Andrade Gutierrez informou a conclusão da venda da fatia de 14,86% do capital da CCR para a Itaúsa e a Votorantim

FECHAMENTO DO DIA

Expectativa por inflação mais branda nos Estados Unidos leva Ibovespa aos 113.406 pontos; dólar cai a R$ 5,09

12 de setembro de 2022 - 18:04

O Ibovespa acompanhou a tendência internacional, mas depois de sustentar alta de mais de 1% ao longo de toda a sessão, o índice encerrou a sessão em alta

novo rei?

O Mubadala quer mesmo ser o novo rei do Burger King; fundo surpreende mercado e aumenta oferta pela Zamp (BKBR3)

12 de setembro de 2022 - 11:12

Valor oferecido pelo fundo aumentou de R$ 7,55 para R$ 8,31 por ação da Zamp (BKBR3) — mercado não acreditava em oferta maior

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar