O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-03-27T16:23:26-03:00
Flavia Alemi
Flavia Alemi
Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pela FIA. Trabalhou na Agência Estado/Broadcast e na S&P Global Platts.
fim de ciclo

Adeus, Cesp (CESP6)! Empresa troca nome e código de negociação a partir de segunda-feira

Reorganização societária da Cesp resultou em mudança no nome da empresa para Auren Energia, que será negociada na bolsa com o ticker AURE3

27 de março de 2022
16:17 - atualizado às 16:23
Usina de Porto Primavera, da Cesp
Imagem: CESP/Divulgação

Na segunda-feira (28), a Companhia Energética de São Paulo, a Cesp (CESP6), dará adeus ao nome que a acompanha há mais de 50 anos.

A empresa passará a se chamar, oficialmente, Auren Energia e será negociada na bolsa com o ticker AURE3. Está prevista para segunda-feira também a divulgação de resultados da companhia no quarto trimestre de 2021.

A mudança é fruto de uma reorganização societária que vinha se desenhando desde outubro de 2021. A Auren nasce da combinação dos ativos de energia da Votorantim S.A. e do fundo de pensão canadense CPPIB.

A combinação foi feita para que a controladora da Cesp, a VTRM Energia Participações S.A., pudesse incorporar as ações da empresa. Dessa forma, a Cesp se transforma em subsidiária integral da VTRM.

Em meio a essa mudança, a empresa vai migrar para o Novo Mercado, segmento da B3 que exige maior governança corporativa das companhias.

O Conselho de Administração da Cesp aprovou toda a movimentação e fez um novo cálculo que avalia a empresa em R$ 9,1 bilhões.

Leia também:

Quem é a Cesp

Criada em 1966 pelo governo do Estado de São Paulo, a Cesp atua na geração de energia elétrica. Ela surgiu por meio da fusão de outras 11 empresas de energia.

A Cesp tem duas usinas hidrelétricas em São Paulo, a Porto Primavera e a Paraibuna, que, juntas, somam 1.627 megawtts (MW) de capacidade instalada. A empresa detinha também a concessão da usina de haguari, mas em 2019 optou por não renovar.

Durante a trajetória da Cesp, o governo de SP tentou vendê-la quatro vezes, sem sucesso. Em 2018, a empresa foi, enfim, adquirida pelo consórcio formado pela Votorantim Energia e pelo fundo canadense CPPIB.

Sob os novos controladores, a Cesp conseguiu autorização para comercializar energia, atividade iniciada em janeiro de 2020.

Credit Suisse considera reorganização da Cesp positiva

Para o Credit Suisse, a reorganização societária será benéfica para a Cesp, que passará a ter uma melhor estrutura de alavancagem e se beneficiar da alta demanda atual por contratos de negociação de energia a longo prazo com fontes renováveis, além da aceleração da abertura do mercado livre no Brasil.

Os analistas do Credit consideram positivo que a Cesp migre para o Novo Mercado após a incorporação de ações e que os termos da reorganização tenham melhorado, embora ainda estejam abaixo do valor que eles mesmos atribuem à companhia.

O Credit Suisse tem um preço-alvo de R$ 32,40 para as ações preferenciais da Cesp (CESP6) e recomendação "outperform", equivalente a compra.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

PORTFÓLIO DE BILHÕES

Aposta contra a Apple (AAPL34)? Veja as mudanças que Warren Buffett, Michael Burry e investidores de elite fizeram nas carteiras

Esses pesos-pesados do mercado financeiros tomaram decisões surpreendentes no primeiro trimestre; confira as mudanças mais significativas que eles fizeram no período

DO BRASIL PRO MUNDO

Guedes tem encontro com Escobari, da General Atlantic, e vai a jantar do BTG; confira a agenda do ministro em Davos

O banqueiro André Esteves, que em abril voltou ao comando do conselho do BTG Pactual, está participando do evento na Suíça

UMA TECH ATRAENTE

É hora da Locaweb? Saiba por que o Deutsche Bank vê ponto de entrada para as ações LWSA3

Banco alemão atualizou a recomendação para a empresa de neutra para compra e vê potencial de valorização de mais de 50% para os papéis

O QUE VEM POR AÍ

Ata do Fed e IPCA-15: confira a agenda de indicadores da semana aqui e lá fora

Nos Estados Unidos, a segunda prévia do PIB no primeiro trimestre também é destaque; na Europa, o PIB da Alemanha é o principal dado

CAMINHO DO MEIO

Menor rejeição e apoio interno no MDB dão vantagem a Simone Tebet; veja os rumos da senadora da terceira via

Maior desafio, segundo marqueteiros, é torná-la popular: 46% do eleitorado desconhece Simone Tebet, segundo pesquisas recentes

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies