🔴 RECEBA ANÁLISES DE MERCADO DIÁRIAS: CLIQUE AQUI E SIGA O SEU DINHEIRO NO INSTAGRAM

2022-03-03T20:10:53-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
NEGÓCIO DE RESPEITO

Equatorial (EQTL3) conclui compra da Echoenergia; maior aquisição do setor de renováveis do país custou R$ 7 bilhões aos cofres da empresa

A companhia adquirida é especializada em energias renováveis, principalmente eólica, segmento em que detém um dos maiores portfólios do país

3 de março de 2022
20:10
Aeris Equatorial
Imagem: Shutterstock

A Equatorial (EQTL3) assinou nesta quinta-feira (3) o contrato que concluiu a compra da Echonergia. Anunciada em outubro, a maior aquisição do setor de renováveis do país custou pouco mais de R$ 7 bilhões aos cofres da empresa.

A transação - realizada por meio da subsidiária Equatorial transmissão e do fundo de investimento Ipiranga - foi fechada originalmente por R$ 6,7 bilhões. A cifra cresceu após a correção pela variação do Certificado de Depósitos Interbancários (CDI) e outros ajustes, "incluindo a variação de endividamento e de capital de giro líquido", conforme explica a companhia em comunicado.

A empresa adquirida é especializada em energias renováveis, principalmente eólica - segmento em que detém um dos maiores portfólios do país. Com a compra, a Equatorial pretende consolidar sua posição no setor elétrico por meio da ampliação de sua atuação no segmento.

"A Echoenergia representa uma importante plataforma para crescimento e possui aproximadamente 1,2 GW de capacidade de geração eólica, além do portfólio de projetos “prontos para construção”, majoritariamente solar, que adicionarão mais 1,2GW a capacidade de geração da Companhia após concluído", destaca a Equatorial.

Vale destacar que, segundo o Plano Decenal de Expansão de 2019-2029, as energias renováveis devem ser as fontes que mais crescerão nos próximos anos, atingindo participação de cerca de 24% da capacidade instalada total no Brasil.

A conclusão da operação está sujeita à aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

GRAVITAÇÃO UNIVERSAL

Roubo de criptomoedas com ataque hacker levou US$ 1,3 bilhão de plataformas de DeFi em 2022; maior crime foi de US$ 180 milhões

6 de julho de 2022

Mesmo com a alta do dia, os investidores acompanham os desdobramentos do pedido de falência da Voyager Digital

O FANTASMA DA RECESSÃO

Ata do Fed manda recado: saiba se os próximos passos do BC dos EUA podem tirar o sono dos investidores

6 de julho de 2022

Na reunião de junho, o banco central norte-americano elevou a taxa de juro em 0,75 ponto percentual, o maior aumento desde 1994, na tentativa de conter uma inflação que não dá tréguas; será que vem mais por aí?

Está vindo aí

Risco de recessão volta a assustar, petróleo amplia perdas e petroleiras lideram quedas do dia; Hypera (HYPE3) e Americanas (AMER3) sobem forte

6 de julho de 2022

Com a queda do petróleo no mercado internacional, papéis de commodities no Brasil têm maiores quedas nesta quarta-feira

MAIS DO QUE UMA VOLTINHA

Multiplan (MULT3), Iguatemi (IGTI11), brMalls (BRML3) ou Aliansce Sonae (ALSO3)? Saiba qual é a queridinha do Itaú BBA

6 de julho de 2022

Papéis das administradoras de shoppings operam em alta nesta quarta-feira (06), embalados pela prévia operacional da Multiplan, que sinalizou que novos recordes estão no caminho da empresa

EXILE ON WALL STREET

Euro(bad)trip: Como a guerra na Ucrânia e a busca por novas fontes de energia para substituir o petróleo russo fizeram o euro despencar

6 de julho de 2022

A moeda única atingiu o seu nível mais baixo em relação ao dólar em 20 anos (próximo do US$ 1), pior que os patamares vistos na crise da dívida no começo dos anos 2010

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies