O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-01-20T17:25:46-03:00
Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
Destaques da bolsa

Techs, varejistas e construtoras são destaques na bolsa hoje; Inter (BIDI11), Petz (PETZ3) e Méliuz (CASH3) estão entre as maiores altas

Queda dos juros futuros impulsiona ações de setores intensivos em crédito ou cujos fluxos de caixa mais gordos se encontram no longo prazo

20 de janeiro de 2022
17:24 - atualizado às 17:25
alta da bolsa
Imagem: shutterstock

O segundo dia seguido de alívio nos juros futuros, impulsionado pela queda forte do dólar e dos juros dos títulos do Tesouro americano, impulsiona as ações muito sensíveis à variação do custo do crédito.

É o caso dos papéis de empresas de tecnologia, varejistas, administradoras de shopping centers e construtoras, que apresentam fortes valorizações nesta quarta-feira (20).

Esses segmentos dependem muito de crédito para o consumo dos seus produtos (caso de varejo e imóveis), ou então, no caso das empresas de tecnologia, têm seus fluxos de caixa mais significativos apenas no longo prazo, sendo muito afetadas pela taxa de desconto com que são trazidas a valor presente na hora de se estimar seu valor de mercado atual. Basicamente, quanto maior a taxa de desconto (a taxa de juros), menor o valor presente.

Três das maiores altas do Ibovespa neste fim de tarde são de techs também ligadas ao varejo. O banco Inter (BIDI11), uma das ações mais castigadas pela recente alta dos juros, dispara mais de 13%, enquanto Petz (PETZ3) avança 11% e a Méliuz (CASH3) tem alta de mais de 9%. No mesmo horário, o principal índice da B3 subia mais de 1%. Acompanhe nossa cobertura completa de mercados.

Entre as administradoras de shoppings, Iguatemi (IGTI11) sobe mais de 6%. Entre as construtoras, destaque para a JHSF (JHSF3), que também apresentou prévias operacionais fortes para o quarto trimestre na noite de ontem. Mas Eztec (EZTC3) e MRV (MRVE3) também sobem mais de 5%.

Entre as varejistas, o Grupo Soma (SOMA3) avança mais de 8%, Via (VIIA3) sobe 6,50%, e Magazine Luiza (MGLU3) e Alpargatas (ALPA4) sobem mais de 6%.

O dólar à vista recuou 0,90% hoje, para R$ 5,4165, em decorrência do recuo nos juros dos Treasuries, ao mesmo tempo em que a alta de juros anunciada pelo banco central da China fortaleceu as moedas emergentes, ligadas às commodities, como o real.

Os juros futuros locais seguiram esse movimento e recuaram forte hoje. Veja o fechamento dos principais vencimentos:

  • Janeiro/23: queda de 12,027% para 11,88%;
  • Janeiro/25: queda de 11,263% para 11,06%;
  • Janeiro/27: queda de 11,272%, a 11,095%.
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

CHARLIE BROWN DEU A LETRA

Na mão grande: Putin confisca e subsidiária do Google (GOGL34) na Rússia beira a falência; entenda a história

Governo russo confia na censura e na propaganda para moldar a opinião pública — táticas que lançaram as empresas de tecnologia em uma luta complicada. Ao mesmo tempo, o Kremlin tem procurado impedir que as big techs deixem o país

compre bancão

Por que o Bank of America cortou o preço-alvo das ações dos bancos brasileiros, mas ainda recomenda comprar os papéis?

Resultados dos bancos no primeiro trimestre foram bons, mas a revisão tem mais a ver com a conjuntura macroeconômica global

FECHAMENTO DO DIA

S&P 500 é engolido por avalanche de vendas entre big techs e varejo; veja o gatilho para a queda das bolsas nos EUA

Perspectiva de um aumento de juros mais agressivo volta a assombrar os investidores em Wall Street, que fugiram de ações e outros ativos mais arriscados

DE VOLTA DAS CINZAS

Nova esperança da Terra (LUNA)? Criador do projeto tenta salvar criptomoeda que desapareceu com proposta de atualização; é o suficiente?

O relançamento da Terra inclui distribuição gratuita de novas criptomoedas para alguns investidores; saiba se você pode receber

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies