🔴 RECEBA ANÁLISES DE MERCADO DIÁRIAS: CLIQUE AQUI E SIGA O SEU DINHEIRO NO INSTAGRAM

2022-06-20T20:32:58-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo pela Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
FECHAMENTO DO DIA

Crise na Petrobras (PETR4) tumultua e Ibovespa cai abaixo dos 100 mil pontos; dólar vai a R$ 5,14

O reajuste anunciado pela estatal balançou o Ibovespa em dia de ajuste pós-feriado

17 de junho de 2022
17:53 - atualizado às 20:32
Boxe Nocaute Petrobras
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Repercussão da nova alta de juros no país, forte aversão ao risco no exterior e uma Europa cada vez mais agressiva no combate à inflação já indicavam que a volta do feriado não seria fácil para o Ibovespa, mas a sexta-feira (17) também teve uma pitada de atritos políticos que deixaram tudo ainda mais emocionante. 

Ainda nos primeiros momentos do pregão, a Petrobras anunciou um novo reajuste no diesel e na gasolina, dando início a uma série de trocas de farpas entre a companhia e autoridades do governo. 

A forte queda do petróleo no mercado internacional já seria razão suficiente para que as ações da estatal sofressem hoje, mas os ruídos políticos também foram fundamentais para a forte queda dos papéis. 

Espelhando o desempenho visto ontem nas bolsas americanas, enquanto a B3 esteve fechada, o Ibovespa chegou a recuar mais de 4% no auge da tensão, mas fechou a semana em queda de 2,90%, a 99.824 pontos, nível que não era visto desde novembro de 2020. 

Na semana em que o Federal Reserve subiu o tom contra a inflação e o BCE convocou uma reunião extraordinária para buscar soluções para a economia europeia, a queda do principal índice da bolsa foi de 5,36%. Já o dólar à vista avançou 2,35%, a R$ 5,1443. 

Nos Estados Unidos, o dia foi de leve recuperação. O temor com a possibilidade de uma recessão persiste, mas o Nasdaq avançou 1,43%, o S&P 500 subiu 0,22%, e o Dow Jones teve leve queda de 0,13%.

No mercado de juros, o dia foi de alívio. Confira os principais vencimentos de DI:

CÓDIGONOMEULT FEC 
DI1F23DI jan/2313,55%13,56%
DI1F25DI Jan/2512,52%12,68%
DI1F26DI Jan/2612,41%12,59%
DI1F27DI Jan/2712,45%12,60%

A novela Petrobras

Apesar da forte pressão governamental para que a Petrobras (PETR4) evite repassar aos consumidores a alta do barril de petróleo, a estatal acaba de anunciar um novo reajuste para diesel e gasolina. 

A partir do dia 18 de junho, o preço médio de venda de gasolina para as distribuidoras passará a ser de R$ 4,06 por litro, um aumento de 5,2%. Já o diesel terá um preço médio de R$ 5,61 – alta de 14,2%. Apesar disso, os preços praticados pela Petrobras seguem abaixo da paridade internacional. 

Ao longo da tarde, o presidente da Câmara, Arthur Lira, e o próprio chefe do Executivo, Jair Bolsonaro, condenaram o novo reajuste e pediram a renúncia imediata do futuro ex-CEO da companhia. Além disso, Bolsonaro chegou a pedir que fosse aberto uma CPI para investigar potenciais abusos da Petrobras em sua política de preços. 

O conselheiro que representa os minoritários, Francisco Petros, convocou uma reunião para aprovar um congelamento de preços por 45 dias. Vale ressaltar que o prazo estipulado é menor do que a janela entre os reajustes promovidos pela Petrobras – a gasolina ficou sem alterações no preço por 99 dias.

Ressaca do Federal Reserve

Depois de ter recebido bem a decisão do Federal Reserve em elevar a taxa básica de juros em 0,75 ponto percentual, ontem o dia foi de ressaca. 

Os investidores inevitavelmente acreditam que as chances de uma recessão ficam maiores conforme a economia mostra sinais vacilantes e o Fed atue de forma mais dura para deter a inflação. 

Na sessão de ontem, quando a bolsa brasileira esteve fechada, os principais índices globais viveram uma tarde de banho de sangue, puxados pelas empresas de tecnologia. 

Sobe e desce da semana

Dentre os principais destaques da semana, vale ressaltar o desempenho da Eletrobras, que concluiu a sua oferta de ações na semana passada e estreou os novos papéis na segunda-feira. 

Além disso, a Qualicorp (QUAL3) teve uma boa semana com a ampliação da sua atuação em diversas capitais do país. Confira as principais altas do dia:

CÓDIGONOMEVALORVARSEM
QUAL3Qualicorp ONR$ 14,0014,75%
ELET6Eletrobras PNBR$ 42,406,80%
ENGI11Engie unitsR$ 44,504,85%
ELET3Eletrobras ONR$ 42,894,61%
ALPA4Alpargatas PNR$ 20,074,37%

Com a semana marcada pela perspectiva de juros mais elevados no Brasil e no exterior, as empresas de varejo foram as mais afetadas. 

A ampliação de lockdowns para conter o coronavírus na China também pressionou as produtoras de commodities. Confira as maiores quedas da semana:

CÓDIGONOMEVALORVARSEM
VIIA3Via ONR$ 2,21-21,91%
CASH3Meliuz ONR$ 1,24-18,95%
MGLU3Magazine Luiza ONR$ 2,38-17,93%
RRRP33R Petroleum ONR$ 36,75-17,55%
GOAU4Metalúrgica Gerdau PNR$ 9,89-16,12%
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

FII DO MÊS

Fundos de papel retornam ao topo da preferência dos analistas; veja quais são os FIIs favoritos para julho

6 de julho de 2022

Em meio ao temor de recessão global, as corretoras consultadas pelo Seu DInheiro voltaram-se novamente para a proteção do papel

ESQUENTA DOS MERCADOS

Bolsas estrangeiras patinam à espera da ata do Fed e dos dados de desemprego nos Estados Unidos

6 de julho de 2022

Investidores preparam-se para a divulgação da ata do Fed na tentativa de prever os próximos passos da política monetária norte-americana

Especiais SD

Onde investir no 2º semestre: Renda fixa, nós gostamos de você! Com juros altos, ativos mais rentáveis do ano continuam atraentes

6 de julho de 2022

No difícil primeiro semestre de 2022, ativos de renda fixa foram os únicos a se salvarem, especialmente aqueles que se beneficiam da alta dos juros; para o resto do ano, esses investimentos permanecem interessantes, e investidor não precisa correr muito risco para ganhar dinheiro

NOITE CRIPTO

Parece, mas não vai: bitcoin segue preso ao patamar de US$ 20 mil; saiba o que está no caminho do BTC

5 de julho de 2022

Investidores devem ficar atentos à divulgação da ata da reunião do junho do Federal Reserve, prevista para amanhã — documento tem potencial para aumentar a volatilidade do mercado

AGORA É PRA VALER

Petrobras (PETR4) conclui a venda de participação na Deten Química — veja quanto entrou no caixa da estatal

5 de julho de 2022

O negócio, que tinha sido anunciado em abril, encerra a presença da petroleira na fabricante das principais matérias-primas para o segmento de limpeza doméstica e comercial no Brasil

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies