2022-05-10T07:10:05-03:00
Valeu, Jerome

Impacto do Fed: Big techs perdem mais de US$ 1 trilhão em valor de mercado em apenas 3 sessões

Entre as principais big techs, só a Apple perdeu mais de US$ 200 bilhões desde quarta-feira, quando o Fed elevou a taxa de juro

10 de maio de 2022
7:10
Ações das big techs foram as mais afetadas pela decisão do Fed. Imagem: Shutterstock

O impacto da mais recente alta de juro pelo Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) atingiu em cheio as big techs.

As maiores empresas de tecnologia do mundo perderam mais de US$ 1 trilhão em valor desde a última quarta-feira, quando o Fed elevou sua taxa básica de juro.

A decisão de política monetária afetou quase todos os setores, mas as ações de tecnologia foram as que mais sofreram.

Investidores buscam mitigar riscos

Os investidores estão agora menos interessados no que impulsionou a forte alta do mercado nos últimos anos, inclusive durante a pandemia, e estão em busco de ativos considerados mais seguros.

No mercado norte-americano de ações, esse movimento levou os investidores a buscarem empresas como Campbell Soup, General Mills e J.M. Smucker.

Apple foi a big tech mais afetada

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente

A Apple é a companhia de capital aberto mais valiosa do mundo. Foi também a mais afetada pela recente aversão dos investidores às big techs.

A Apple perdeu US$ 220 bilhões em valor de mercado desde o fechamento do pregão da última quarta-feira.

Na ocasião, o presidente do Fed, Jerome Powell, declarou que a inflação estava muito alta e que não havia planos para um aumento de juros de mais de meio ponto percentual.

Num primeiro momento, os mercados subiram com os comentários de Powell, mas o otimismo dissipou-se já no dia seguinte, arrastando as bolsas de valores não só dos Estados Unidos, mas de outras partes do mundo.

Confira a seguir as perdas registradas pelas big techs entre a quinta-feira da semana passada e ontem:

  • Apple: US$ 220 bilhões;
  • Tesla: US$ 199 bilhões;
  • Microsoft: US$ 189 bilhões;
  • Amazon: US$ 173 bilhões;
  • Alphabet, empresa guarda-chuva do Google: US$ 123 bilhões;
  • Nvidia: US$ 85 bilhões;
  • Meta, controladora do Facebook: US$ 70 bilhões.

*Com informações da CNBC.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

ALERTA VERMELHO

Ethereum (ETH) ameaçado: 3 motivos que podem atrasar a atualização mais esperada do ano — e por que isso irá afetar o mercado de criptomoedas como um todo

7 de julho de 2022

Na semana, a maior criptomoeda do planeta acumula avanço de mais de 8%, mas investidores continuam à espera de um milagre

EXILE ON WALL STREET

Rodolfo Amstalden: Entre 65 e 380 eu compro

7 de julho de 2022

“O que vai acontecer com X?”. É uma pergunta errada e perigosa, que nem sequer deve ser formulada em decisões de investimento; entenda

OS SOBREVIVENTES

Putin vê mais um primeiro-ministro britânico cair, mas ainda precisa comer muita farinha antes de alcançar a rainha Elizabeth II

7 de julho de 2022

Boris Johnson é o quinto primeiro-ministro a cair com Putin na presidência da Rússia, mas a monarca britânica já viu muito mais que isso

FINO EQUILÍBRIO

Bitcoin (BTC) tenta começar o segundo semestre com o pé direito e criptomoedas acumulam altas na semana; confira oportunidades

7 de julho de 2022

Na semana, a maior criptomoeda do planeta acumula avanço de mais de 8%, mas investidores continuam à espera de um milagre

REESTRUTURAÇÃO

TIM anuncia plano de transformação: confira se as mudanças vão atingir os negócios da TIM Brasil (TIMS3)

7 de julho de 2022

A reestruturação tem o objetivo de reduzir a dívida da operadora na Itália; as operações no Brasil não serão afetadas, de acordo com a TIM