🔴 CHANCE DE MULTIPLICAR O INVESTIMENTO EM ATÉ 14,5X EM 8 DIAS? ENTENDA A PROPOSTA

Por que os mercados tiveram uma “Quinta do Terror” após a Super Quarta?

Agentes do mercado duvidam que a atual condução de política monetária seja suficiente para trazer a inflação para a meta

5 de maio de 2022
18:19 - atualizado às 18:28
Abóbora dia das bruxas
Um verdadeiro Dia das Bruxas no mercado - Imagem: Shutterstock

Ontem tivemos dois eventos importantes: a decisão de juros dos EUA e no Brasil. No dia após a chamada Super Quarta, as bolsas reagiram negativamente, e a razão para o incômodo dos investidores tem nome: inflação

A primeira decisão foi do Federal Reserve, que elevou em 0,50 ponto percentual o juro americano, para a faixa entre 0,75% e 1%, conforme esperado.

Mas, para surpresa do mercado, o BC norte-americano trouxe um tom mais "dovish" para a próxima reunião. Em outras palavras, ainda que a autoridade monetária esteja preocupada com a inflação no país, não é o seu objetivo resolve-la através dos juros mais altos nos próximos meses.

Neste sentido, a expectativa do Fed para a reunião de junho é mais 0,50 ponto percentual, descartando o 0,75 p.p. que o mercado esperava. 

O observado hoje foi claramente um aumento da aversão ao risco por parte dos investidores, com queda expressiva das bolsas americanas, aumento dos rendimentos dos títulos americanos assim como o fortalecimento do dólar.

O Ibovespa fechou em forte queda de 2,80%, aos 105.304 pontos. Mas ainda teve um dia melhor do que as bolsas em Nova York.

Mercados duvidam dos Bancos Centrais

Podemos imaginar que, com a expectativa da política de juros mais amena, os impactos negativos da inflação na atividade econômica ficarão ainda mais evidentes, o que leva a maiores incertezas quanto à recuperação da economia americana e, principalmente, aumentam os riscos de recessão, em especial no próximo ano. 

E, dos EUA para o Brasil, os impactos da economia americana também poderão ser observados aqui. Depois da decisão de elevar a Selic em 1 ponto percentual, para 12,75% ao ano, o Banco Central deixou como "provável" mais uma alta nos juros na reunião de junho, porém de menor magnitude e sem dizer o quanto. 

E, neste cenário, o mercado local hoje parece ter evidenciado que a meta de juros terminal nos próximos meses poderá não ser suficiente para controlar a inflação ao longo de 2022 assim como 2023. 

Mais uma vez, o aumento das incertezas, tanto no âmbito doméstico quanto internacional, impactam nos ativos de risco assim como na divisa cambial, na busca de investimentos, ainda que menos rentáveis, porém mais seguros em outros países. 

O dia após a super quarta nos mostra que os agentes do mercado duvidam que a atual condução de política monetária, de ambos bancos centrais, seja suficiente para trazer a inflação para a meta, especialmente no médio prazo. 

Para os investidores, o aumento das incertezas traz também como consequência a importância do gerenciamento de risco e dos seus objetivos nas diferentes classes de investimentos. 

Leia também:

Compartilhe

REGULANDO AS REDES

Elon Musk no alvo: União Europeia acusa empresa do bilionário de enganar usuários e violar regras do bloco

12 de julho de 2024 - 15:03

A União Europeia poderá multar o X, antigo Twitter, em até 6% do faturamento anual da big tech, comprada por Elon Musk em 2022. A empresa ainda não se pronunciou sobre o caso.

PATINANDO NA PRAÇA DA SÉ

Adeus, bolsa? B3 (B3SA3) reporta saída de CPFs pelo segundo mês seguido

12 de julho de 2024 - 8:38

Volume financeiro médio diário total em ações caiu 21,4% em um ano, mas bolsa ainda tem mais de 5 milhões de CPFs

LOTERIAS

Lotofácil faz 2 quase milionários; Quina acumula e continua pagando mais que a Mega-Sena

12 de julho de 2024 - 5:53

Enquanto a Quina segue acumulando, a Lotofácil continua fazendo jus à fama de loteria menos difícil da Caixa Econômica Federal

NOVA POLÊMICA

Vem mais imposto por aí? Após Senado “rejeitar” aumento da CSLL, líder sugere taxação sobre setor financeiro para compensar desoneração da folha

11 de julho de 2024 - 19:45

Aumento seria feito caso as medidas apontadas pelo Senado não sejam suficientes para equalizar a renúncia do benefício fiscal aos 17 setores e às pequenas e médias prefeituras

APÓS 40 ANOS

Ela está chegando: Câmara aprova texto-base da reforma tributária, zera taxa sobre carnes e mantém armas e munições isentas do ‘imposto do pecado’

11 de julho de 2024 - 7:48

Agora, os deputados votam os cinco destaques (tentativas de alterar o texto-base), antes de a proposta ser enviada ao Senado

LOTERIAS

Lotofácil faz 2 meio-milionários; Mega-Sena acumula, mas não consegue superar premiação da Quina

11 de julho de 2024 - 5:50

Lotofácil continua fazendo jus à fama de loteria menos difícil da Caixa Econômica Federal; Quina acumulada corre hoje valendo R$ 17 milhões

IPCA

Inflação mais fraca em junho tira pressão do dólar e dos DIs, mas ainda não afeta projeções para Selic

10 de julho de 2024 - 11:46

IPCA mensal desacelerou de 0,46% para 0,21% na passagem de maio para junho; analistas esperavam inflação de 0,32%

LOTERIAS

Lotofácil faz primeiro milionário da semana; Quina acumula e paga mais que a Mega-Sena hoje

10 de julho de 2024 - 5:53

A máquina de milionários da Lotofácil voltou a funcionar na noite de terça-feira; calendário da Mega-Sena está diferente, mas é só nesta semana

PESQUISA BGC

Mercado acha que Lula não vai cumprir meta fiscal de 2024 e maioria espera que cortes feitos não mexam com os negócios

9 de julho de 2024 - 17:01

Do total de entrevistados, 46% acreditam que a meta fiscal de 2024 será alterada no quarto trimestre, enquanto 19% acham que a revisão virá um pouco antes, no terceiro trimestre

ADIADO

Ficou para amanhã: Arthur Lira afirma que regulamentação da reforma tributária começa a ser votada quarta-feira

9 de julho de 2024 - 10:35

Vale destacar que a expectativa é de que a reforma tributária seja votada antes do recesso parlamentar, que acontece a partir do dia 18, quinta-feira da semana que vem

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar