O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-02-01T16:39:09-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo pela Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
Destaques do dia

Por que as ações do Inter (BIDI11) lideram as altas do Ibovespa, mas o Banco Pan (BPAN4) tem queda firme?

A movimentação das ações nesta terça-feira (01) está relacionada à uma atualização de perspectivas dos analistas para os papéis dos bancos digitais

1 de fevereiro de 2022
16:39
Comprar ou vender, eis a questão
Imagem: Shutterstock

O Inter (BIDI11) e o Banco Pan (BPAN4) podem até fazer parte do mesmo nicho de empresas, mas nesta tarde (1º) as companhias ocupam pontas distintas do Ibovespa. 

Enquanto as ações de BIDI11 lideram os ganhos do dia, em alta de 6,20% por volta das 16h, a R$ 27,58, os papéis de BPAN4 ficam com o pior desempenho da sessão. No mesmo horário, a queda era de 5,67%, a R$ 10,31. Vale notar que no pregão de ontem, o Banco Pan registrou forte valorização. 

Por trás do movimento, está a mudança de prognóstico para as companhias feitas por dois grandes bancos de investimentos. No caso do Banco Pan, o Bradesco BBI rebaixou a recomendação dos papéis de compra para neutra e revisou para baixo o preço-alvo das ações para R$ 12. Ainda assim, o valor embute um potencial de valorização de 9% com relação ao fechamento da última segunda-feira. 

Já o banco Inter recebeu um upgrade. Os analistas do JP Morgan elevaram a recomendação de neutra para compra (overweight), com um preço-alvo de R$ 40 – 53% acima do último fechamento. 

O que pensam os analistas

Em relatório divulgado nesta terça-feira (1), os analistas do Bradesco BBI Gustavo Schroden, Otavio Tanganelli e Eric Ito, apontam que a mudança de recomendação para o Banco Pan está ligada aos prognósticos de um ano complicado pela frente. 

Na visão dos analistas, as despesas com provisões devem afetar negativamente os custos da companhia, elevando os riscos, mas esse não deve ser o único impacto negativo no balanço. Para continuar crescendo como um banco comercial, os custos operacionais também devem seguir elevados. A deterioração do cenário, no entanto, não é uma exclusividade do Pan, já que o ambiente macroeconômico se mostra mais desafiador com a elevação de juros, inflação e a queda da renda da população. 

Para o BBI, essas são razões que devem levar a um crescimento de receita de apenas 4,3% em 2022, contra um avanço de 31,5% em 2023 -- o principal motivo para a redução do preço-alvo pela instituição. Embora o ano vigente prometa ser mais desafiador, a visão de longo prazo ainda é otimista. 

"Apesar da mudança de recomendação, ainda vemos o Banco Pan como um bom modelo de negócios focado em crescimento. No longo prazo, permanecemos otimistas e a empresa parece bem posicionada para melhorar a monetização da sua base de clientes". 

Já o otimismo do JP Morgan com o Banco Inter e que levou à elevação da recomendação está na atualização das taxas cobradas pela instituição, que busca acompanhar o movimento visto globalmente. 

Os analistas Yuri Fernandes, Domingos Falavina, Guilherme Grespan e Marlon Medina veem com bons olhos a medida, tendo em vista que nos últimos anos a empresa tem focado em oferecer aos clientes estratégias de geração de valor como cashbacks e taxas abaixo do cobrado pela concorrência. 

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

DE VOLTA DAS CINZAS

Nova esperança da Terra (LUNA)? Criador do projeto tenta salvar criptomoeda que desapareceu com proposta de atualização; é o suficiente?

O relançamento da Terra inclui distribuição gratuita de novas criptomoedas para alguns investidores; saiba se você pode receber

concorrência no varejo

Magalu ameaçada? Dona da rival Shopee tem salto na receita e lidera aplicativos baixados no Brasil

Papéis da controladora da Shopee subiram 14% na bolsa de Nova York (Nyse) ontem (18) e fecharam o pregão valendo US$ 80,14

EM TEMPO REAL

TCU retoma julgamento da privatização da Eletrobras (ELET3) hoje; acompanhe ao vivo

O governo está otimista com a perspectiva de que o processo seja aprovado pelo tribunal

DE ROUPA NOVA

Com foco em criptomoedas e NFTs, Zuckerberg muda o nome do Facebook Pay para Meta Pay; entenda as alterações

Novo passo em direção ao metaverso inclui na plataforma de pagamentos e negociações usada no WhatsApp as funções de empréstimos e investimentos em ativos digitais

NA SAÚDE E NA DOENÇA

Parceria bilionária entre Dasa (DASA3) e Inspirali, da Ânima (ANIM3), sai do papel com foco em formação médica; confira detalhes do projeto

Iniciativa deve beneficiar os mais de 10 mil estudantes de Medicina da Inspirali assim como os médicos que fazem parte das mais de 900 unidades de medicina diagnóstica e hospitais da Dasa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies