';

🔴 O ‘NOVO PETRÓLEO’ FOI ENCONTRADO E JÁ É MOTIVO DE DISPUTA NO MUNDO — DESCUBRA AQUI

Cotações por TradingView
2021-04-25T15:02:06-03:00
Ivan Ryngelblum
Ivan Ryngelblum
Jornalista formado pela PUC-SP, com pós-graduação em Economia Brasileira e Globalização pela Fipe. Trabalhou como repórter no Valor Econômico, IstoÉ Dinheiro e Agência CMA.
vai mesmo?

Presidente da Câmara pretende apresentar proposta de Reforma Tributária

Via Twitter, deputado Arthur Lira (PP-AL) disse que Congresso não pode ficar prisioneiro da paralisia política das guerras legislativas

25 de abril de 2021
14:58 - atualizado às 15:02
img20210309153522254MED
Reunião de Líderes. Presidente da Câmara, Arthur Lira (PP - AL) - Imagem: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Parece que a reforma mais difícil de ser passada vai ganhar uma chance no Congresso, segundo sinalizou o deputado Arthur Lira (PP-AL) no sábado (24).

O presidente da Câmara dos Deputados disse que a versão inicial do Congresso será tornada pública em 3 de maio, afirmando que o texto será discutido com a sociedade, com a condução de audiências públicas, “com transparência e participação de todos”, disse ele em sua conta no Twitter.

Desde que foi eleito presidente da Câmara dos Deputados, no começo de fevereiro, o deputado tem mostrado disposição de levar adiante a Reforma Tributária, assunto espinhoso ao mexer com a arrecadação e tributação dos três entes federativos, com todos demonstrando preocupação em perder recursos.

No mesmo mês de sua eleição, Lira disse que iria trabalhar para entregar a aprovação de uma reforma tributária em oito meses, ou seja, até setembro ou outubro. Nesse período, ele prevê três meses de tramitação no Senado e cinco meses na Câmara.

Agora vai?

Segundo Lira, há consenso no Congresso sobre a necessidade de se reformar o sistema de impostos no país. Mas o presidente da Câmara não especificou qual projeto entre os vários propostos que ele está encampando.

Em julho do ano passado, o governo Bolsonaro apresentou a primeira fase de reforma tributária, com a unificação das cobranças do PIS (programa integração social) e Cofins (contribuição da seguridade social), criando a Contribuição Social sobre Operações com Bens e Serviços (CBS), que deverá ter alíquota de 12%, segundo o texto da proposta.

Na proposta do governo, o CBS corresponde ao chamado Imposto sobre Valor Adicionado (IVA) dual, de competência federal.

Na ocasião, o Ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que o governo enviará outros projetos, referentes a dividendos, Imposto sobre os Produtos Industrializados e Imposto de Renda, que podem ser trabalhados e acoplados a elas.

O projeto de unificar as contribuições do PIS e Cofins em um tributo nos moldes de um Imposto de Valor Agregado (IVA) é semelhante ao que consta tanto na proposta em discussão na Câmara quanto na do Senado. Os textos se baseiam na proposta e nota técnica formulada pelo Centro de Cidadania Fiscal.

No entanto, os textos já em análise na Comissão Especial incluem também o IPI, ICMS e ISS, de competência estadual e municipal, pelo Imposto sobre bens e consumo (IBS) e não somente os de competência federal, como o proposto pelo governo.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

MARÉ SEGUE ALTA

Reajustes no quadro: IBM anuncia demissão de quase 4 mil funcionários após resultados trimestrais

26 de janeiro de 2023 - 17:37

A empresa de tecnologia alemã SAP e a química Dow também anunciaram cortes; ao todo, mais de 9 mil pessoas serão afetadas

IBOVESPA REDUZ QUEDA

26 de janeiro de 2023 - 16:30

O Ibovespa, que vinha sendo pressionado pelos papéis da Petrobras (PETR4), reduziu o ritmo de queda nesta quinta-feira (26). Por volta das 16h30, o principal índice acionário da B3 recuava 0,12%, aos 114.131 pontos. A moderação foi possível graças ao impulso positivo vindo do exterior – as bolsas de Wall Street operam no azul hoje […]

PERSPECTIVAS PARA FIIs

Gestores de fundos imobiliários estão confiantes com a indústria em 2023, revela pesquisa — veja a classe de FIIs mais recomendada

26 de janeiro de 2023 - 15:52

A Empiricus Research realizou uma pesquisa com 30 gestoras brasileiras e descobriu que a maior parte delas apresenta um leve grau de otimismo com o mercado imobiliário brasileiro neste ano

NÃO VIBROU

Vibra Energia sem combustível? Saiba por que o Citi cortou o preço-alvo para VBBR3

26 de janeiro de 2023 - 15:03

O preço-alvo dos papéis é R$ 27 e não mais de R$ 30, o que representa um potencial de valorização de 69% em relação ao fechamento de quarta-feira (25)

LISTA ABERTA

FTX deve para Apple, Amazon, Coinbase, governos e celebridades, revela lista de credores da corretora falida de criptomoedas

26 de janeiro de 2023 - 14:23

O governo das Bahamas, portais de notícias e Tom Brady, ex-marido da modelo brasileira Gisele Bündchen, também são citados

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies