Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-11-23T14:27:35-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
COMBUSTÍVEIS CAROS

Alta no preço dos combustíveis não é culpa da Petrobras (PETR4), afirma presidente da empresa

O general Silva e Luna destacou que a companhia não é culpada pelos preços elevados e que a Petrobras está há 30 dias sem reajustar o valor dos combustíveis

23 de novembro de 2021
13:00 - atualizado às 14:27
General Joaquim Silva e Luna, presidente da Petrobras, em coletiva de imprensa | Dividendos
28/08/2018 Pronunciamento sobre assinatura da GLO (Garantia da Lei e da Ordem) para Roraima (Brasília - DF, 28/08/2018) O então Ministro da Defesa General-de-exército Joaquim Silva e Luna. - Imagem: Isac Nóbrega/PR

O general Joaquim Silva e Luna, presidente da Petrobras(PETR4), afirmou que a alta nos preços dos combustíveis não é culpa da companhia. Em audiência a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado Federal para explicar a alta nos valores, Luna também descartou a possibilidade de desabastecimento de petróleo. 

"A alta de preços dos combustíveis não corresponde à Petrobras e está sendo colocada na conta dela", disse aos senadores. Luna destacou ainda que a empresa está há 30 dias sem reajustar os combustíveis e que analisa abaixar os preços. 

Ele afirmou que outras medidas poderiam ser tomadas para reduzir a volatilidade do preço dos derivados do petróleo no mercado interno, como a criação de um fundo estabilizador usando os dividendos da Petrobras, que serão recorde este ano.

A medida tem o apoio de um grupo de senadores, mas Luna deixou claro que o assunto não está na alçada da companhia e cabe ao Ministério da Economia e ao Congresso. Há também parlamentares que rechaçam essa hipótese e defendem a taxação das exportações de petróleo bruto, criticada pelo general pois, em sua visão, poderia gerar insegurança jurídica e afastar investidores do País. 

No início da tarde desta terça-feira (23), as ações ordinárias da Petrobras (PETR3) sobem 2,48%, já as ações preferenciais (PETR4) têm alta de 2,77%.

Não haverá desabastecimento

No mesmo evento, o Silva e Luna disse que não há qualquer risco de desabastecimento de petróleo e derivados no país. Questionado sobre as refinarias que estão sendo vendidas, ele afirmou que a Petrobras monitora todas as unidades que estão à venda e não há qualquer problema na produção.

A estatal colocou oito das suas treze refinarias à venda e até o momento conseguiu vender apenas três. Segundo o presidente da Petrobras, a refinaria de Mataripe, na Bahia, vendida para o fundo de investimentos Mubadala, está com fator de utilização de 91%, mesma média das outras refinarias da Petrobras no momento, e não 60%, como foi dito pelo senador Omar Aziz (PSD-AM).

Gás Natural

O fim dos contratos de gás natural estão levando a Petrobras a negociar com distribuidores, informou o presidente da Petrobras. Ele descartou qualquer conflito no processo.

Segundo o general, nos últimos seis meses o gás natural subiu 600% no mercado internacional, em um momento em que a estatal está renovando os contratos sob a Nova Lei do Gás, aprovada em março deste ano.

Luna afirmou que a revisão dos contratos está ocorrendo sem desentendimentos e que o Ministério de Minas e Energia (MME) está acompanhando essas negociações. "Existem contratos em relação ao gás natural que estão sendo encerrados, mas não há desentendimentos. O MME tem acompanhado esse processo conosco para chegar a uma solução sem nenhum conflito", afirmou, ao ser questionado por parlamentares.

*Com informações do Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

BC aumenta a Selic, Nubank conclui IPO e mercado reage bem à PEC dos precatórios; veja o que marcou esta quarta-feira

Conforme esperado pelos economistas após dados recentes mais fracos da atividade econômica brasileira, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu elevar a taxa básica de juros em 1,5 ponto percentual, a 9,25% ao ano, em sua última reunião do ano. Se em muitos momentos ao longo de 2021 o mercado acionário reagiu ao […]

2022 MAIS GORDO

Dividendos e JCP: Copel (CPLE6) engrossa a lista de pagamentos milionários aos acionistas; não fique fora dessa

Data da remuneração ainda não foi definida pela empresa, mas valerá para aqueles com posição até 30 de dezembro deste ano

FECHAMENTO DO DIA

Investidores tentam equilibrar noticiário e Ibovespa emplaca mais um dia de alta; dólar tem queda firme com ômicron no radar

Com o avanço da PEC dos precatórios, a pandemia se torna um dos únicos gatilhos negativos a rondar o Ibovespa

DOBRANDO A ESQUINA

Lucro das empresas com ações na bolsa deve cair 6,3% em 2022, diz BTG Pactual

Mesmo assim ainda é possível encontrar setores em que o cenário é positivo; saiba quem é quem

Bateu o martelo

IPO do Nubank sai no topo da faixa indicativa, a US$ 9 por ação; banco ultrapassa Itaú (ITUB4) e é a instituição financeira mais valiosa da América Latina

Com isso, os BDRs, que serão negociados por aqui a partir da próxima quinta-feira (09), saem valendo R$ 8,38

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies