Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-04-28T17:42:07-03:00
Estadão Conteúdo
De olho no calendário

Petrobras pede e Cade prorroga prazo para venda de refinarias e ativos da estatal

Segundo a empresa, os processos de desinvestimentos encontraram obstáculos no meio do caminho, mas devem ser concluídos até 31 de dezembro

28 de abril de 2021
17:42
Petrobras
Imagem: Divulgação

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) prorrogou nesta quarta-feira, 28, os prazos para que a Petrobras realize a venda de refinarias e ativos do mercado de gás natural. Os desinvestimentos, porém, precisam ser feitos ainda este ano, informou o órgão.

O adiamento foi a pedido da Petrobras, "tendo em vista os andamentos dos processos de desinvestimentos, que encontram eventuais demandas, e o cenário econômico decorrente da pandemia", segundo o Cade.

Com a prorrogação, foram alterados os prazos de assinatura dos acordos de venda entre a Petrobras e os eventuais compradores dos ativos.

A Petrobras tem até 30 de abril para a venda da transportadora de gás Nova Transportadora do Sudeste (NTS); até 30 de junho para a alienação da participação acionária indireta da estatal em companhias distribuidoras, seja alienando suas ações na Gaspetro, seja buscando a alienação da participação da Gaspetro nas companhias distribuidoras.

Até 31 de julho, a estatal terá que vender a Refinaria Isaac Sabbá, a Refinaria Lubrificantes e Derivados de Petróleo do Nordeste, e a Refinaria Alberto Pasqualini.

Até 30 de outubro, deverão ser alienadas a Unidade de Industrialização de Xisto, Refinaria Gabriel Passos, e a Refinaria Abreu e Lima. A última venda, da Refinaria Presidente Getúlio Vargas, terá que ser feita até 31 de dezembro.

"O prazo para a conclusão e efetivação das vendas permanece o mesmo para todas as operações: 31 de dezembro de 2021", afirmou o Cade, sobre os acordos assinados com a estatal em 2019.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

roxinho com mais crédito

Nubank promete aumentar limite em cartão de crédito de 35 milhões de clientes

Segundo a companhia, até o final de 2021, 10 milhões de clientes serão impactados pela novidade do cartão; três milhões em agosto

A vida depois da pandemia?

Ações da Multiplan sobem 5% após balanço que mostra recuperação dos shoppings

Resultados mostram avanço nas vendas e nas receitas de aluguel, à medida que a vacinação avança e os shoppings reabrem

Balanço sólido

Lucro líquido da Mastercard dispara 46% e vai a US$ 2 bilhões no segundo trimestre; resultado superou previsões dos analistas

O resultado foi impulsionado, segundo o CEO da empresa, pela contínua recuperação dos gastos domésticos e internacionais

De olho no futuro

Lucro e receita acima do esperado, mas ação em baixa. O que acontece com a Ambev?

Como de costume, mercado toma decisões baseado nas projeções, e segundo analistas, custos de produção e margens ainda preocupam

Estreia do dia

Brisanet estreia na bolsa em queda de mais de 4% após IPO no piso da faixa indicativa

A empresa desembarca na bolsa brasileira após uma oferta bilionária que levantou R$ 1,4 bilhão, com os papéis no piso da faixa indicativa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies