🔴 SAVE THE DATE: 22/07 – FERRAMENTA PARA GERAR RENDA COM 1 CLIQUE SERÁ LIBERADA – CONHEÇA

Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @Renan_SanSousa
Entre a cruz e a espada

Bitcoin se aproxima da ‘Cruz da Morte’: O que isso significa para a criptomoeda?

O bitcoin tocou essa linha imaginária no último final de semana, o que deve determinar o futuro da moeda para os próximos meses

Renan Sousa
Renan Sousa
22 de junho de 2021
13:23 - atualizado às 14:18
Bitcoin diante da Cruz da Morte
Imagem: Shutterstock

Quem está acompanhando o bitcoin sofrer para se manter nos US$ 30 mil já deve estar pessimista com o futuro da criptomoeda. E agora, os especialistas também estão.

Com a proximidade de um ponto da “Cruz da Morte”, o bitcoin pode amargar mais dias de queda. 

Death Cross

O ponto de virada foi tocado no último final de semana. A chamada “Cruz da Morte” (“Death Cross”, em inglês) é uma linha teórica imaginária traçada no gráfico de preços do bitcoin para se tentar determinar os próximos movimentos da criptomoeda. 

Funciona assim: é traçada uma linha com a média de preço dos últimos 200 dias e outra linha com a média de preço dos últimos 50 dias. Quando a linha dos 50 cai abaixo da dos 200, a figura gráfica é chamada de “Cruz da Morte”. Especialistas afirmam que esse é um ponto que costuma indicar a queda iminente da moeda.

A linha laranja representa a média de preço dos últimos 200 dias, enquanto a linha azul é uma média dos últimos 50 dias. Fonte: Tradingview

A desvalorização do bitcoin dos últimos dias fez a linha dos 50 dias cruzar a de 200, e especialistas já projetam que a criptomoeda pode recuar, agora, até os US$ 20 mil

Histórico

A última Cruz da Morte ocorreu em março de 2020, depois que o bitcoin caiu quase 60% em um período de seis dias e pouco antes de começar uma alta histórica de mais de 1.000% no ano seguinte.

Outras vezes que a Cruz da Morte apareceu foi em dezembro de 2019 e, três meses depois, a moeda despencou 70%, atingindo os US$ 20 mil. Em 2013, a primeira queda que ocasionou essa situação foi de 73% e, depois, foi sucedida por uma redução de mais 71%.

Apesar disso, Vitor Perim, do time de análise gráfica da Empiricus, recomenda cautela neste momento. Olhar o passado pode indicar uma tendência para o futuro, mas não garante que ela vá ocorrer.

O que pode acontecer, ainda, é que a rede tome decisões baseadas nessa análise, o que fará esse movimento acontecer eventualmente. Confira numa análise de longo prazo, feita no nosso Instagram, o que analistas esperam do futuro, após toda essa situação:

https://www.instagram.com/p/CQbKavvBRp2/

Além disso, é possível que o bitcoin não caia ainda mais, mas que a retomada para os patamares mais altos dos saudosos US$ 65 mil demore a chegar.

Apesar disso, os investidores de longo prazo estão aproveitando o momento de baixa para reduzir o preço-médio de seus bitcoins em caixa. André Franco, especialista em criptomoedas da Empiricus, acredita que esse é o momento para fazer o mesmo.

*Colaborou com esta matéria, Ney Pimenta, CEO da BitPreço

VEJA TAMBÉM - A RAINHA CRIPTO QUE DEU UM GOLPE DE R$ 20 BILHÕES E DEPOIS DESAPARECEU (OU 'FOI DESAPARECIDA'…)

Compartilhe

DINHEIRO PARA AS BASES

Decreto de Bolsonaro libera mais recursos do ‘orçamento secreto’ às vésperas da eleição

9 de setembro de 2022 - 10:58

O presidente da Câmara, Arthur Lira, e outros líderes do Centrão pressionavam Bolsonaro a liberar os pagamentos até a data das eleições

INFLAÇÃO E GUERRA

Euro vale menos que 1 dólar pela primeira vez em mais de 20 anos; o que está acontecendo com a moeda comum europeia?

23 de agosto de 2022 - 11:45

Além da guerra na Ucrânia, a inflação avança pela Europa e alimenta temores de recessão econômica; e o Velho Continente está no meio de uma crise energética

FEBRABAN TECH 2022

Setor financeiro melhora planos para o metaverso e já fala em criptomoedas como ‘espinha dorsal’ do processo — mas isso vai levar algum tempo; entenda

12 de agosto de 2022 - 17:40

O Febraban Tech 2022 foi realizado entre os dias 9 e 11 de agosto, em São Paulo; confira alguns destaques

“Taxação do sol”: você tem menos de seis meses para instalar energia solar e conseguir economizar até 90% na conta de luz ao ‘se salvar’ de nova cobrança; entenda

11 de agosto de 2022 - 16:42

Marco Legal da Geração Distribuída foi sancionado no início de janeiro e vai encarecer a geração de energia solar em casa; mas ainda dá tempo de fugir da cobrança conhecida como “taxação do sol”

FORTE ALTA

Minério de ferro tem rali e sobe mais de 10% na semana antes do balanço da Vale (VALE3) com melhora da perspectiva chinesa

28 de julho de 2022 - 9:08

A expectativa com a alta demanda voltou a animar a produção de aço na China, que religou 12 altos-fornos para produção

PUTIN CONTRA-ATACA?

Alerta máximo: Rússia cumpre a promessa e fecha torneira do gás para Alemanha; entenda o que isso significa para a economia global

11 de julho de 2022 - 11:53

As manutenções dos gasodutos russos começaram hoje e estão programadas para terminar no dia 21, mas analistas temem que Putin prorrogue o prazo de bloqueio

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Exterior tenta emplacar alta antes do payroll; Ibovespa aguarda inflação após votação da PEC ser adiada

8 de julho de 2022 - 7:52

O aumento do prazo para a proposta que coloca ainda mais pressão sobre as contas públicas injeta aversão ao risco nos investidores hoje

Putin sem saída?

Rússia está a dois dias de um calote forçado: dívida milionária vence — e o país segue suspenso de sistema de pagamentos internacional

24 de junho de 2022 - 15:41

Fim do prazo do pagamento de uma dívida de US$ 100 milhões aos EUA pode motivar ações legais contra a Rússia

EXPECTATIVAS LADEIRA ABAIXO

Na “Copa do PIB” de 2022, Brasil deve ficar atrás de Colômbia, Argentina e México em crescimento

8 de junho de 2022 - 16:32

OCDE baixou a projeção de crescimento do PIB brasileiro de 1,4% para 0,6%, abaixo da média mundial, conforme relatório publicado nesta quarta-feira (08)

DE OLHO NA DISNEY

Por que o dólar já caiu quase 15% frente ao real em 2022? Entenda como a queda da moeda norte-americana impulsiona a economia local

5 de junho de 2022 - 12:30

Com a moeda norte-americana em queda, é um bom momento para apostar a favor do dólar; entenda

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar