🔴 SAVE THE DATE: 22/07 – FERRAMENTA PARA GERAR RENDA COM 1 CLIQUE SERÁ LIBERADA – CONHEÇA

Rafaella Bertolini
Mais um capítulo

Corrida espacial: disputa entre bilionários Jeff Bezos e Elon Musk leva Nasa aos tribunais

Jeff Bezos entrou com um processo contra a agência espacial americana após a assinatura de contrato com a Space X, para a construção de um sistema de pouso na Lua

Rafaella Bertolini
19 de agosto de 2021
12:00 - atualizado às 12:26
Elon Musk e Jeff Bezos em foguetes / montagem
Elon Musk, dono da Tesla, e Jeff Bezos, dono da Amazon, são os dois homens mais ricos do mundo e ambos estão investindo no mercado aeroepacial - Imagem: Andrei Morais

A corrida espacial dos bilionários ganhou um novo desdobramento aqui na Terra após o fundador da Amazon e da empresa interplanetária Blue Origin, Jeff Bezos, entrar com um processo contra a Nasa (agência espacial dos EUA). 

O bilionário tomou a decisão após a agência ter assinado contrato com a Space X, de seu rival Elon Musk, para a construção de um sistema de pouso na Lua

O objetivo do projeto é possibilitar que astronautas retornem ao satélite até 2024, em uma missão que não ocorre há mais de 50 anos, quando o contexto da corrida espacial era a Guerra Fria.

O problema é que, assim como o CEO da Tesla, Jeff Bezos também havia apresentado uma proposta para fazer parte da construção, que foi negada. Ainda que a princípio o interesse da agência espacial fosse contar com a participação das duas empresas para que competissem entre si, a ideia mudou de rota em razão da falta de recursos da Nasa. 

Os detalhes do processo não foram publicados pois os documentos são sigilosos, porém a Blue Origin esclareceu que a decisão é uma tentativa de “remediar falhas fundamentais” na operação que envolve a Nasa e a Space X

Para a empresa de Bezos, os dois fornecedores são essenciais para o êxito da missão, e classifica como “injusta” a escolha por apenas um deles. 

“Nós realmente acreditamos que a decisão deva ser revisada para garantir justiça, competição, além de um retorno seguro à Lua pela América”, esclarece a companhia.

Novela dos contratos 

Em abril, a SpaceX, de Elon Musk, ganhou um contrato de US$ 2,89 bilhões com a Nasa para construir o módulo lunar. A proposta da empresa foi mais atraente que a dos rivais, incluindo a da Blue Origin.

A companhia de Jeff Bezos entrou com um recurso e o contrato foi suspenso enquanto se aguardava um relatório do Government Accountability Office (GAO, órgão do Poder Legislativo dos Estados Unidos). Em 30 de julho, a instituição negou o protesto da Blue Origin. 

A decisão do GAO permitiu então à SpaceX e à agência espacial definirem um cronograma para missão tripulada à Lua até 2024. A Nasa disse que espera testar os voos da tripulação do programa espacial Artemis até 2023, com um pouso inicial na Lua no ano seguinte. 

O que diz a Nasa

Em comunicado enviado para repórteres na noite da última segunda-feira (17), a Nasa disse ter conhecimento das alegações feitas pela Blue Origin aos tribunais e atualmente está revisando os detalhes do caso. 

“Assim que possível, a agência fornecerá uma atualização sobre o caminho a seguir para que o retorno à Lua sob Artemis seja o mais rápido e seguro possível.” 

Disputa dos bilionários 

Os fundadores da Blue Origin e da SpaceX, protagonistas da corrida espacial, são famosos também pelas farpas trocadas por projetos e contratos. 

Recentemente, a empresa de Jeff Bezos classificou os planos da SpaceX de usar seu veículo Starship, testado no sul do Texas, como "imensamente complexo e de alto risco”.

Enquanto isso, Elon Musk contestou as afirmações no Twitter por semanas, dizendo que "Se o lobby e os advogados pudessem colocar Bezos em órbita, ele estaria em Plutão [agora]." 

Para completar, Elon Musk também zombou de uma foto de um protótipo da Blue Moon.

*Com informações da CNN Business

Compartilhe

LONGE DOS ESCRITÓRIOS

Na contramão de Elon Musk: Amazon, empresa de Jeff Bezos, não tem planos de retorno ao trabalho presencial

8 de setembro de 2022 - 16:50

A gigante de tecnologia adotou o modelo de trabalho remoto no ano passado, em que a quantidade de idas ao escritório é determinada pelos gerentes dos setores

ESTRADA DO FUTURO

Por que você deveria ter as ações (ou BDRs) da Amazon entre as maiores posições do seu portfólio

4 de agosto de 2022 - 5:57

Muita coisa precisa dar errado para que, em longo prazo, esse seja um ponto de entrada ruim para as ações ou BDRs da Amazon (AMZO34)

JEFF BEZOS RINDO À TOA

Amazon vende mais que o projetado no segundo trimestre e dispara mais de 10% na bolsa

28 de julho de 2022 - 17:12

A Amazon teve prejuízo no trimestre, mas as vendas ficaram acima do que o mercado previa — e, assim, as ações sobem forte no after market

ROTA DO BILHÃO

Jeff Bezos revolucionou o mundo dos livros e disputa o espaço com Elon Musk; saiba como o dono da Amazon se tornou o terceiro homem mais rico do mundo

24 de julho de 2022 - 8:16

O bilionário foi o homem mais rico do planeta por três anos consecutivos, antes de ser desbancado por Elon Musk; Bezos também teve o divórcio mais caro do mundo

SALÁRIOS MILIONÁRIOS

CEOs das maiores empresas do mundo ganham 324 vezes mais do que o salário médio dos funcionários; confira

19 de julho de 2022 - 12:30

Expedia, Amazon e Intel são as empresas, que compõem o S&P 500, que possuem os maiores salários de CEOs; no Brasil, as maiores remunerações são pagas pelo Santander, Vale e Itaú

Amazon

Amazon anuncia dia do ‘Amazon Prime Day’, evento de vendas com promoções; grupo específico de clientes terá ofertas antecipadas

16 de junho de 2022 - 12:13

Amazon tem “black friday fora de época” em mais de 20 países; saiba mais detalhes

TEMPOS DE VAGAS MAGRAS

Elon Musk, Jeff Bezos e Bill Gates perderam US$ 115 bilhões em cinco meses; saiba por quê

29 de maio de 2022 - 16:22

Os homens mais ricos do mundo acumulam perdas em ações das empresas; Elon Musk, por exemplo, vendeu ações da Tesla para comprar o Twitter

ESTRADA DO FUTURO

Resultado da Amazon pode ter decepcionado o mercado, mas a gigante do e-commerce tem a joia da coroa do setor de tecnologia

5 de maio de 2022 - 6:12

Atenções estão voltadas para a AWS, divisão de infraestrutura em nuvem da Amazon, que deve começar a atrair cada vez mais investimentos

BRIGA DE GIGANTES

Corrida das big techs: Google, Apple e Microsoft fizeram a Amazon (AMZO34) comer poeira?

3 de maio de 2022 - 17:58

Saiba como a gigante do comércio eletrônico dos EUA pode dar a volta por cima após um trimestre decepcionante com prejuízo bilionário

Criptomoedas

A “loja de tudo” está de olho no mundo cripto. CEO da Amazon abre portas para empresa vender NFT no futuro

14 de abril de 2022 - 14:21

Andy Jassy aposta em crescimento significativo dos tokens não-fungíveis; ele também falou sobre a possibilidade de a Amazon aceitar pagamentos em criptomoedas no futuro

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar