Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-09-21T19:38:20-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros.
pós-brumadinho

Vale (VALE3) muda alto escalão e tenta reforçar discurso ESG

Luciano Siani Pires, que desde 2012 ocupa posição de vice-presidente finanças e RI, assumirá a vice-presidência de estratégia e transformação de negócios, cargo criado em março pela mineradora

21 de setembro de 2021
19:29 - atualizado às 19:38
prédios da Vale
Imagem: Shutterstock

A mineradora Vale (VALE3) anunciou mudanças nos cargos de vice-presidência executiva de estratégia e transformação de negócios e vice-presidência de finanças e relações com investidores, em uma tentativa de reforçar o discurso ESG — sigla em inglês para as melhores práticas ambientais, sociais e de governança.

Luciano Siani Pires, que desde 2012 ocupa posição de vice-presidente de finanças e RI, assumirá a vice-presidência de estratégia e transformação de negócios — cargo foi criado em março para posicionar a Vale em as áreas como inovação e transformação digital.

Pires foi vice-presidente de finanças e RI da Vale em um período marcado pela redução do endividamento da empresa e pela tragédia de Brumadinho, que matou 270 pessoas e levou à suspensão do pagamento de dividendos — retomados recentemente.

O executivo liderou as áreas de centro de serviços compartilhados, suprimentos, tecnologia da informação e projetos, além de ter sido membro do conselho de administração, diretor global de estratégia e diretor global de recursos humanos antes de integrar o Comitê Executivo.

Segundo a Vale, o cargo que Pires assume deverá integrar os esforços de transformação da companhia para atingir suas ambições de "ser referência em segurança, operador confiável de classe mundial, organização orientada a talentos, líder na mineração de baixo carbono e referência em criação e compartilhamento de valor".

Ex-AES assume cargo na Vale

Para ocupar a posição de vice-presidente de finanças e RI, a Vale chamou Gustavo Pimenta, que há doze anos atua na AES - como CFO global nos últimos três anos, tendo anteriormente exercido as funções de CFO de unidades de negócio no Brasil e no exterior.

"Na AES, Gustavo liderou o reposicionamento global da companhia para uma empresa focada em ESG e baixo carbono, tendo participado ativamente das iniciativas de diversidade e Inclusão do grupo", disse a empresa.

O executivo é membro do conselho de empresas como AES Gener no Chile e AES Clean Energy nos EUA. Anteriormente à AES, foi vice-presidente de estratégia e M&A do Citibank em Nova Iorque e trabalhou como Auditor da KPMG por três anos ao início da sua carreira.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

ATENÇÃO, ACIONISTA

Hapvida (HAPV3) vai recomprar até 100 milhões de ações; papéis acumulam queda de 17% no ano

A operadora de saúde anunciou hoje que dará início a um programa de recompra de papéis com duração de até 18 meses

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa fecha semana no azul, Nubank valendo bilhões a menos e primeiro ETF cripto dos EUA: veja as principais notícias desta sexta

Em uma limousine brilhante, o Ibovespa chegou atrasado para a festa das bolsas globais — mas chegou.  Os balanços das empresas europeias e americanas abriram as portas do salão de baile: com o bom resultado das companhias, dados mistos da economia e um desenho mais nítido da retirada de estímulos monetários, Wall Street brilhou.  O […]

CRIPTOMOEDAS

Quais as dificuldades na regulamentação do Bitcoin e demais criptomoedas?

Analista de criptomoedas, Valter Rebêlo, comenta sobre o processo de regulamentação das criptomoedas ao redor do mundo

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa tira uma lasquinha da festa das bolsas globais e sobe mais de 1% na semana; dólar recua após atuações do BC

Com uma bolsa descontada após as turbulências recentes, o Ibovespa tinha tudo para chegar cedo nessa festa, mas foi preciso que o Banco Central assumisse a condução para que a B3 tivesse uma chance.

ALGUNS BILHÕES A MENOS

Nubank prepara IPO com listagem na Nasdaq e na B3 até o fim deste ano, mas deve baixar a pedida no valuation

Meses atrás, a startup buscava ir a mercado avaliada em cerca de US$ 100 bilhões; veja o novo valor de mercado segundo o Broadcast

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies