2021-11-06T12:09:10-03:00
Ricardo Gozzi
ESPERANÇA NO HORIZONTE

Cura à vista? Pfizer afirma ter desenvolvido tratamento oral eficaz contra covid-19

Farmacêutica é a segunda a apresentar pílula capaz de combater o novo coronavírus no estágio inicial da doença; primeira foi a Merck

6 de novembro de 2021
12:00 - atualizado às 12:09
coronavírus vacina vitória luta
Imagem: Shutterstock

A Pfizer (PFIZ34) revelou ter obtido bons resultados nos testes de um comprimido desenvolvido para combater o coronavírus causador da covid-19, usado em combinação com um medicamento amplamente usado contra o HIV.

Segundo dados revelados ontem pela companhia farmacêutica, a combinação dos medicamentos reduziu o risco de hospitalização ou morte em 89% em adultos com comorbidades expostos ao vírus.

Trata-se da segunda pílula antiviral a demonstrar eficácia no tratamento de covid-19 aos primeiros sinais da doença. O primeiro foi revelado pela Merck.

Testes serão encaminhados a reguladores nos próximos dias

Caso sejam aprovados pelos reguladores, os medicamentos devem representar um divisor de águas na luta contra a pandemia.

À CNBC, o CEO da Pfizer, Albert Bourla, disse que a empresa pretende enviar os dados de suas pesquisas aos órgãos reguladores dos Estados Unidos nos próximos dias.

Ainda segundo ele, a empresa tem “a capacidade neste momento de produzir 500 milhões de comprimidos”, o que, segundo ele, se traduz em tratar 50 milhões de pacientes.

Detalhes da pesquisa

Cientificamente conhecido como PF-07321332, o compromido da Pfizer faz parte de uma classe de medicamentos chamados de inibidores da protease. Ele inibe uma enzima da qual o vírus precisa para se replicar em células humanas. Os inibidores de protease são usados para tratar outros patógenos virais, como HIV e hepatite C.

Segundo a Pfizer, o estudo foi feito em 1.219 adultos que tinham pelo menos uma comorbidade e apresentavam sintoma havia cinco dias. Os participantes também receberam uma dose baixa de ritonavir, medicamento comumente usado em tratamentos combinados para o HIV.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente

A Pfizer disse que houve seis hospitalizações e nenhuma morte entre os 607 participantes do estudo. No grupo de controle, no qual 612 pacientes receberam placebo, houve 41 hospitalizações e dez óbitos.

“Esses dados sugerem que nosso candidato a antiviral oral, se aprovado pelas autoridades regulatórias, tem o potencial de salvar a vida dos pacientes, reduzir a gravidade das infecções por covid-19 e eliminar até nove em cada dez hospitalizações”, disse Bourla por meio de nota.

Ao contrário do remdesivir, medicamento intravenoso da Gilead Sciences, os remédios desenvolvidos pela Pfizer e pela Merck podem ser tomados por via oral.

Embora as vacinas continuem a ser a melhor forma de proteção contra o vírus, os especialistas em saúde esperam que pílulas como essas impeçam a progressão da doença nas pessoas infectadas e reduzam internações.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

RAIO-X DO ORÇAMENTO

Fundo eleitoral, emendas do relator e reajuste dos servidores: 3 pontos do Orçamento para 2022 que mexem com a bolsa esta semana

Entre emendas parlamentares superavitárias e reajuste dos policiais federais, o Orçamento deve ser publicado no Diário Oficial na segunda-feira (24)

PEC DOS COMBUSTÍVEIS

Tesouro pode perder até R$ 240 bilhões com PEC dos Combustíveis e inflação pode ir para 1% — mas gasolina ficará só R$ 0,20 mais barata; confira análise

Se todos os estados aderirem à desoneração, a perda seria de cifras bilionárias aos cofres públicos, de acordo com a XP Investimentos

Seu Dinheiro no Sábado

E a bolsa ainda pulsa: os grandões do Ibovespa brilham e puxam o índice — mas e as demais empresas?

Além do ciclo aquecido das commodities e da entrada de recursos estrangeiros, também vale lembrar o desconto nos ativos domésticos

BITCOIN (BTC) HOJE

Bitcoin (BTC) aprofunda queda da semana e é negociado aos US$ 35 mil hoje pela primeira vez em seis meses; criptomoeda já caiu 17% em sete dias

Especialista dá dicas de como sobreviver ao momento de “sangria” do mercado de criptomoedas — e o que não fazer no desespero

Dê o play!

A bolsa ainda pulsa, mas será um último suspiro? O podcast Touros e Ursos discute o cenário para o Ibovespa

No programa desta semana, a equipe do Seu Dinheiro discute o cenário para o Ibovespa e os motivos que fazem a bolsa brasileira subir