Menu
2021-01-21T18:27:43-03:00
Estadão Conteúdo
esg

Nestlé diz que aumentará esforço de sustentabilidade para marca Nescafé

Expectativa da companhia é de que, em 2025, a Nescafé tenha 100% de seu café com origem responsável, podendo ser rastreado até um grupo de produtores identificados

21 de janeiro de 2021
18:27
nestlé
Imagem: Shutterstock

A suíça Nestlé divulgou comunicado nesta quinta-feira, 21, no qual se compromete a aumentar os seus esforços de sustentabilidade. Há 10 anos, a empresa lançou o Nescafé Plan com o objetivo de contribuir para melhores condições de vida dos agricultores no Brasil, Colômbia, Costa do Marfim, Quênia, México, Filipinas e Vietnã. A empresa informa que investiu, até o momento, 350 milhões de francos suíços (cerca de US$ 395 milhões) no Nescafé Plan.

A expectativa da companhia é de que, em 2025, a Nescafé tenha 100% de seu café com origem responsável, podendo ser rastreado até um grupo de produtores identificados. O café é verificado ou certificado por organizações independentes, disse a empresa.

O vice-presidente sênior, Philipp Navratil, comentou, na nota, que juntamente com seus parceiros e 230 agrônomos do Nescafé, a empresa aperfeiçoou a eficiência e as práticas agrícolas nas fazendas, "permitindo que os produtores obtivessem um preço premium pelo café cultivado de forma sustentável".

A Nescafé reduzirá e removerá as emissões de carbono nos locais onde adquire café e em todas as suas operações, além de usar embalagens ecológicas, compromisso esperado para 2025, com ambição de emissões líquidas zero em 2050.

Com o Nescafé Plan, a companhia garante que, atualmente, 75% do café adquirido tem origem responsável. Somente em 2020, Nescafé comprou cerca de 649 mil toneladas de café com origem responsável, o maior volume de um único comprador de café.

Além disso, entre outras iniciativas, a empresa distribuiu 235 milhões de mudas de café de alta produtividade e resistentes a doenças, superando a meta inicial de 220 milhões. "Isso contribuiu para a renovação de quase 120 mil hectares de fazendas de café em todo o mundo", afirmou.

A Nestlé declarou que publicará um novo roteiro de sustentabilidade ampliado do Nescafé antes do fim do ano.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

reta final de negociações

Senado americano aprova “pacote Biden” de US$ 1,9 trilhão

Agora, o pacote voltará para a Câmara dos Representantes, que analisará as alterações feitas no texto pelos senadores. Se for aprovado, o projeto será enviado à Casa Branca para a sanção do presidente

entrevista

‘Episódio Petrobras deu um susto grande nos investidores’, diz economista do Itaú

O economista-chefe do Itaú Unibanco, Mario Mesquita, diz também estar preocupado com as incertezas políticas, que ameaçam o crescimento do PIB

Dificuldades À vista?

Deputados falam em reduzir medidas de ajuste fiscal do texto da PEC do auxílio

Embora defenda celeridade na análise da proposta, Albuquerque admite que o texto pode ser enxugado

escolha da CEO

Investir no Brasil: se correr o bicho pega, se ficar o bicho come

Confira uma seleção de matérias feita pela CEO do Seu Dinheiro, Marina Gazzoni

Efeitos da pandemia

PEC do auxílio aprovada no Senado prevê abater R$ 100 bi da dívida pública

Pelos cálculos do governo, a necessidade de financiamento da dívida pública federal (DPF) neste ano é de R$ 1,469 trilhão, valor que aumentou por causa do maior volume de títulos de curto prazo que o governo precisou emitir para conseguir captar recursos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies