Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-09-07T07:50:05-03:00
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico. Em 2020, foi eleito pela Jornalistas & Cia como um dos 10 profissionais de imprensa mais admirados no segmento de economia, negócios e finanças.
Vai receber a bênção?

Decisão do Cade sobre fusão entre Localiza (RENT3) e Unidas (LCAM3) sairá até o dia 6 de outubro

Quase um ano após o anúncio, o Cade finalmente tem uma data para decidir sobre a combinação entre Localiza (RENT3) e Unidas (LCAM3)

7 de setembro de 2021
7:50
Montagem com duas alianças e os logos de Localiza (RENT3) e Unidas (LCAM3), simbolizando a fusão entre as duas companhias
Imagem: Montagem Andrei Moraes/ Seu Dinheiro

A fusão entre Localiza (RENT3) e Unidas (LCAM3), anunciada ao mercado há quase um ano, ainda não foi concretizada. A novela, no entanto, parece próxima do fim: a Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) finalmente remeteu o caso ao Tribunal do órgão; com isso, a decisão final deverá ser emitida até o dia 6 de outubro.

Localiza e Unidas são duas das três maiores empresas brasileiras no setor de locação de veículos e gestão de frotas — a Movida é o terceiro grande player do segmento. Desde o anúncio da combinação de negócios, muitos analistas e gestores mostraram ceticismo quanto à aprovação pelo Cade, dado o potencial de concentração de mercado com a fusão entre as duas gigantes.

O prazo para a decisão final do Tribunal Administrativo do Cade pode ser prorrogado por até 90 dias adicionais, o que, potencialmente, pode prorrogar o parecer para o começo de janeiro de 2022. "as companhias seguem trabalhando junto ao CADE de forma transparente para fornecer todos os esclarecimentos que se façam necessários", disseram Localiza e Unidas, em comunicado ao mercado.

Localiza (RENT3) + Unidas (LCAM3): os números

A empresa resultante da combinação entre Localiza e Unidas teria lucro anual de R$ 1,182 bilhão, com base nos resultados de 2019. Pelos termos divulgados em setembro do ano passado, os acionistas da Unidas receberiam 0,44682380 ação ordinária de emissão da Localiza em substituição a cada 1 ação ordinária de emissão da Unidas por eles detidas.

Os acionistas da Localiza passariam a deter, em conjunto, 76,85% do capital social total e votante da companhia combinada; os acionistas da Unidas, por sua vez, ficariam com 23,15%.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

seu dinheiro na sua noite

Uma tarde de soluços nos mercados

O preço dos combustíveis, um dos grandes vilões da elevada inflação brasileira, não dá sinais de enfraquecimento. Muito pelo contrário: a passagem do furacão Ida pelo Golfo do México deve seguir impactando a oferta de petróleo por mais alguns meses, o que traz reflexos diretos ao preço da commodity. O Brent fechou em alta pela […]

menos méliuz

Méliuz (CASH3): Truxt reduz participação na companhia

Negociações têm por objetivo investimento e não visam alterar a composição do controle ou a estrutura administrativa da empresa

atenção acionista

Dividendos: Multiplan (MULT3) paga R$ 270 milhões em juros sobre capital próprio

Empresa vai considerar os acionistas inscritos nos registros da companhia no dia 28 de dezembro, dado que as ações de emissão da companhia passaram a ser negociadas “ex juros” a partir de 29 de dezembro

FECHAMENTO DO DIA

Petrobras dá susto, mas commodities garantem o avanço do Ibovespa; dólar sobe a R$ 5,37

A convovação de uma coletiva de última hora assustou os investidores, mas o Ibovespa retomou o ritmo de alta após a estatal confirmar que não irá mexr nos preços.

acesso bloqueado

Vale (VALE3) faz operação para resgatar 39 funcionários presos em mina no Canadá

De acordo com a empresa, na tarde de domingo (26), uma pá escavadeira que estava sendo transportada no acesso à mina subterrânea se desprendeu, bloqueando o shaft e, com isso, impedindo o meio de transporte dos empregados

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies