Menu
2021-06-10T19:59:04-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
de saída

Fernando Teles deixa a Visa e empresa parte em busca de novo CEO no Brasil

Executivo assumiu o posto em agosto de 2016, após comandar o negócio de financiamento ao consumo do Banco Original

10 de junho de 2021
19:58 - atualizado às 19:59
Fernando Teles, CEO da Visa no Brasil
Fernando Teles, CEO da Visa no Brasil - Imagem: Reprodução/Visa

Fernando Teles, que comandava a Visa no Brasil, deixou a casa nesta quinta-feira, 10. A bandeira de cartões de crédito informou em nota que iniciou "a busca por um novo profissional para essa importante função na Visa".

"Agradecemos ao Fernando por tudo o que realizou em prol dos negócios da empresa no País, sua expertise, a equipe que formou e por conduzir a Visa no desenvolvimento contínuo de soluções voltadas para consumidores e comerciante", diz o comunicado.

Teles assumiu o posto em agosto de 2016, após comandar o negócio de financiamento ao consumo do Banco Original. Antes, foi diretor do Itaú Unibanco, onde trabalhou por mais de uma década.

Em abril, a Visa divulgou um lucro líquido de US$ 3,0 bilhões no segundo trimestre fiscal de 2021, um aumento de 2% na comparação com o mesmo período de 2020. A receita da empresa avançou 2% no período, somando US$ 5,7 bilhões.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

seu dinheiro na sua noite

IPO da Smart Fit: vai sair da jaula o monstro!

Eu nunca fui muito de academia, confesso. Já tive meus tempos de malhar regularmente, mas nunca consegui tomar gosto pela coisa. Exercícios repetitivos não me cativam, meu negócio sempre foi dançar, de preferência em turma, com professor e horário, se não eu falto. Como você deve imaginar, entre meus colegas jornalistas não é muito diferente. […]

atenção, acionista

Vale eleva valor de dividendo a ser em pago em 30 de junho para R$ 2,189 por ação

No dia 17 de junho, a empresa tinha informado o pagamento de R$ 2,177 de dividendo por ação; demais condições da distribuição não serão alteradas

de olho na inovação

Moeda digital é nova forma de representação da moeda já emitida, diz Campos Neto

Segundo ele, ela não se confunde com os criptoativos, como o bitcoin, que não têm característica de moeda, mas sim de ativos

em audiência

Yellen diz esperar apoio do G-20 para proposta de imposto corporativo global

Grupo das 20 maiores economias do mundo se reúne em julho e deve debater o assunto

retomada

PIB da Argentina sobe 2,6% no 1º trimestre

Na comparação com igual período do ano passado, o avanço foi de 2,5%

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies