🔴 HERANÇA EM VIDA? NOVO EPISÓDIO DE A DINHEIRISTA! VEJA AQUI

Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico. Em 2020, foi eleito pela Jornalistas & Cia como um dos 10 profissionais de imprensa mais admirados no segmento de economia, negócios e finanças.
Propaganda nas ruas

Eletromidia compra a Ótima e vai te fazer companhia enquanto o ônibus não chega

A Eletromidia fez a primeira aquisição desde o IPO e comprou 75% da Ótima, responsável pelos painéis de propaganda dos pontos de ônibus em SP

Victor Aguiar
Victor Aguiar
26 de julho de 2021
10:41 - atualizado às 19:16
Eletromidia Ótima painel ônibus
Ponto de ônibus na Avenida Paulista, em São Paulo, com painéis de publicidade da Ótima - Imagem: Shutterstock

Todo mundo já viveu o dilema do ponto de ônibus: você está lá, esperando no ponto, e nada dele passar. O tempo está cada vez mais apertado, mas a condução não aparece. E, se você estiver em São Paulo, é capaz que sua única companhia nesse calvário seja o onipresente painel de publicidade da Ótima — que, agora, pertence à Eletromidia.

Numa transação anunciada nesta manhã, a pioneira no setor de propaganda digital na bolsa anunciou a compra de 74,65% da Ótima, empresa que, desde 2013, detém os direitos de exploração dos painéis anexos às paradas de ônibus em São Paulo.

Ela também possui projetos semelhantes em mobilidade urbana no Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Salvador. O valor da operação? R$ 416,8 milhões, a serem pagos pela Eletromidia em dinheiro — R$ 357 milhões à vista e o restante a prazo.

Os outros 25,35% da Ótima ficarão com a RuasInvest Participações, que já era acionista da empresa; o Grupo Bandeirantes de Comunicação e a Kalitera venderam a totalidade de suas fatias à Eletromidia.

Essa é a primeira aquisição da Eletromidia desde que abriu seu capital, em fevereiro deste ano — na ocasião, a empresa colocou R$ 700 milhões no caixa. De lá para cá, as ações ON (ELMD3) acumulam ganhos de 23%.

Quer saber quais as perspectivas para a bolsa no segundo semestre desse ano? É só clicar no vídeo abaixo, feito especialmente pelo Seu Dinheiro para você:

Uma compra Ótima

Analisando o racional da operação, a compra da Ótima faz bastante sentido para a Eletromidia: a empresa possui pouca exposição ao setor de publicidade em vias públicas em São Paulo — na cidade, ela é mais atuante em metrôs, trens e prédios comerciais.

E, é claro, vale lembrar: São Paulo é o principal mercado de publicidade e propaganda do país.

Naturalmente, há ganhos de escala e sinergia envolvidos na compra. Agora sob administração da Eletromidia, os painéis de propaganda dos pontos de ônibus da capital devem ser modernizados e digitalizados — boa parte deles ainda usa a tecnologia tradicional com folhas de papel que devem ser trocadas manualmente.

Painéis digitais trazem uma série de vantagens ao mercado publicitário, desde a redução de custos com a equipe de manutenção até a customização das peças a serem veiculadas, tanto por região quanto por horário — uma maneira de elevar a rentabilidade dos espaços.

Dito isso, a Eletromidia projeta que o Ebitda (o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) da Ótima poderá chegar a R$ 107,2 milhões em 2022. Tomando esse número como base, a compra tem múltiplo EV/Ebitda (o valor da empresa dividido por seu Ebitda em 12 meses) de 6,7x.

Apenas como base de comparação: o EV/Ebitda estimado para a Eletromidia em 2022 é de 14,4x, segundo dados do Trademap. Portanto, os múltiplos da compra da Ótima foram bastante atraentes.

Onde Investir no 2o semestre de 2021

Baixe já o seu!

Conquiste a sua medalha de investidor com as nossas dicas de onde investir no segundo semestre de 2021 neste ebook gratuito.

Eletromidia: aposta na retomada

A Eletromidia foi bastante afetada pela dinâmica da pandemia: com menos pessoas circulando, os preços dos espaços publicitários caíram bastante — uma realidade que ficou clara no primeiro trimestre deste ano.

A receita bruta da companhia somou R$ 70,3 milhões, queda de 42,6% em relação aos primeiros três meses de 2020, período em que a Covid-19 ainda não tinha provocado restrições tão severas. O prejuízo líquido foi de R$ 16,3 milhões, revertendo os ganhos de R$ 2,7 milhões vistos há um ano.

Com os R$ 700 milhões do IPO, no entanto, a Eletromidia tem uma situação bastante confortável na gestão do endividamento: ao fim do primeiro trimestre, a companhia tinha caixa líquido de R$ 37 milhões.

Assim, a compra em dinheiro da Ótima não traz maiores pressões às métricas de endividamento da Eletromidia, que aposta na retomada da economia para voltar a expandir as receitas com os painéis publicitários.

Na bolsa, as ações ON da companhia abriram o pregão desta segunda-feira (26) em alta e chegaram a bater os R$ 23,00 (+5%), cravando uma nova máxima intradiária. Ao final do pregão, os papéis fecharam com ganho de 1,78%, a R$ 22,30.

IPos em 2021

Compartilhe

Engordando os proventos

Caixa Seguridade (CXSE3) pode pagar mais R$ 230 milhões em dividendos após venda de subsidiárias, diz BofA

14 de setembro de 2022 - 13:22

Analistas acreditam que recursos advindos do desinvestimento serão destinados aos acionistas; companhia tem pelo menos mais duas vendas de participações à vista

OPA a preço atrativo

Gradiente (IGBR3) chega a disparar 47%, mas os acionistas têm um dilema: fechar o capital ou crer na vitória contra a Apple?

12 de setembro de 2022 - 13:09

O controlador da IGB/Gradiente (IGBR3) quer fazer uma OPA para fechar o capital da empresa. Entenda o que está em jogo na operação

novo rei?

O Mubadala quer mesmo ser o novo rei do Burger King; fundo surpreende mercado e aumenta oferta pela Zamp (BKBR3)

12 de setembro de 2022 - 11:12

Valor oferecido pelo fundo aumentou de R$ 7,55 para R$ 8,31 por ação da Zamp (BKBR3) — mercado não acreditava em oferta maior

Exclusivo Seu Dinheiro

Magalu (MGLU3) cotação: ação está no fundo do poço ou ainda é possível cair mais? 5 pontos definem o futuro da ação

10 de setembro de 2022 - 10:00

Papel já alcançou máxima de R$ 27 há cerca de dois anos, mas hoje é negociado perto dos R$ 4. Hoje, existem apenas 5 fatores que você deve olhar para ver se a ação está em ponto de compra ou venda

NOVO ACIONISTA

Com olhos no mercado de saúde animal, Mitsui paga R$ 344 milhões por fatias do BNDES e Opportunity na Ourofino (OFSA3)

9 de setembro de 2022 - 11:01

Após a conclusão, participação da companhia japonesa na Ourofino (OFSA3) será de 29,4%

Estreia na bolsa

Quer ter um Porsche novinho? Pois então aperte os cintos: a Volkswagen quer fazer o IPO da montadora de carros esportivos

6 de setembro de 2022 - 11:38

Abertura de capital da Porsche deve acontecer entre o fim de setembro e início de outubro; alguns investidores já demonstraram interesse no ativo

Bateu o mercado

BTG Pactual tem a melhor carteira recomendada de ações em agosto e foi a única entre as grandes corretoras a bater o Ibovespa no mês

5 de setembro de 2022 - 15:00

Indicações da corretora do banco tiveram alta de 7,20%, superando o avanço de 6,16% do Ibovespa; todas as demais carteiras do ranking tiveram retorno positivo, porém abaixo do índice

PEQUENAS NOTÁVEIS

Small caps: 3R (RRRP), Locaweb (LWSA3), Vamos (VAMO3) e Burger King (BKBR3) — as opções de investimento do BTG para setembro

1 de setembro de 2022 - 13:50

Banco fez três alterações em sua carteira de small caps em relação ao portfólio de agosto; veja quais são as 10 escolhidas para o mês

PATRIMÔNIO HISTÓRICO

Passando o chapéu: IRB (IRBR3) acerta a venda da própria sede em meio a medidas para se reenquadrar

30 de agosto de 2022 - 11:14

Às vésperas de conhecer o resultado de uma oferta primária por meio da qual pretende levantar R$ 1,2 bilhão, IRB se desfaz de prédio histórico

Exclusivo Seu Dinheiro

Chega de ‘só Petrobras’ (PETR4): fim do monopólio do gás natural beneficia ação que pode subir mais de 50% com a compra de ativos da estatal

30 de agosto de 2022 - 9:00

Conheça a ação que, segundo analista e colunista do Seu Dinheiro, representa uma empresa com histórico de eficiência e futuro promissor; foram 1200% de alta na bolsa em quase 20 anos – e tudo indica que esse é só o começo de um futuro triunfal

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar