Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-09-06T18:38:20-03:00
Larissa Vitória
Tecnologia na fila da B3

Bolsa cada vez mais high tech: Datora, especializada em Internet das Coisas, protocola pedido de IPO na CVM

A empresa oferece plataformas operacionais que podem ser utilizadas por companhias de qualquer setor com dispositivos que precisem estabelecer conexões

6 de setembro de 2021
18:38
Homem segurando um celular rodeado de ícones de e-mail, download, computador, pesquisa na internet, bate-papo, localização e mais
O conceito de internet das coisas (IoT) engloba tecnologias desenvolvidas para conectar objetos cotidianos em rede - Imagem: Shutterstock

Já ouviu falar da Datora? Mesmo sem conhecê-la, se já pediu um Uber ou fez uma pesquisa no Google, você já usou os serviços da mais nova integrante da fila de espera da B3.

A empresa especializada em internet das coisas (IoT) - conceito que engloba tecnologias desenvolvidas para conectar objetos cotidianos em rede - protocolou na última sexta-feira (3) seu pedido de oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) na Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Surgida em 1993 originalmente como uma escola de computação para crianças e adolescentes que, depois de passar um período também como loja de informática, voltou-se para IoT e voz sobre IP (VoIP), a companhia busca recursos para a compra de outras empresas, investimentos em inovação e reforço de capital.

Mais detalhes da oferta - coordenada por Itaú BBA, UBS BB, BTG Pactual e Morgan Stanley - ainda não estão disponíveis, mas já se sabe que ela será mista. Ou seja, uma parcela primária vai para o caixa da empresa enquanto a secundária fica com os acionistas vendedores.

Conheça a empresa

Após as mudanças no modelo de negócio, a companhia agora oferece uma ampla gama de serviços tecnológicos para seus clientes. Suas plataformas operacionais podem ser utilizadas pelo setor agropecuário, pet, indústria 4.0 e qualquer outro setor com dispositivos que precisem estabelecer conexões.

Sua sede está localizada em Nova Lima, Minas Gerais, mas a Datora também conta com operações internacionais na Argentina, Colômbia, Estados Unidos, França, Guatemala, Suécia e Israel.

Por meio de fornecedores globais, sua lista de clientes inclui Google, Uber e 99, que usam os serviços da companhia para autenticação de usuários. 

Raio-X financeiro

De acordo com as informações da minuta do prospecto da oferta, a empresa fechou o segundo trimestre de 2021 com lucro de R$ 8,7 milhões, alta de 658% frente ao mesmo período de 2020. Vale destacar, porém, que a base de comparação foi afetada pelas restrições de mobilidade durante a pandemia.

No resultado do primeiro semestre, a Datora registrou lucro líquido de R$ 13,7 milhões, um crescimento de 772% em relação aos seis meses iniciais do ano passado.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Exile on Wall Street

O que faz as empresas falharem? Conheça as cinco “assassinas silenciosas” que podem impactar nos seus investimentos

O verdadeiro início da derrocada de uma empresa não pode ser devidamente noticiado pelas finanças ou pelas operações, mas somente dentro do núcleo de cultura corporativa

CAPTAÇÕES BILIONÁRIAS

Localiza, Unidas e Movida vão a mercado em busca de R$ 5 bilhões com emissões de debêntures

Locadoras de veículos se recuperaram rapidamente da crise da covid-19 e buscam recompor o caixa em meio à escassez de componentes no setor automotivo

De olho no dragão

Ministério da Economia eleva expectativa para inflação em 2021; veja qual a nova projeção

A pasta também atualizou as estimativas para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor, utilizado para a correção do salário mínimo

MERCADOS HOJE

Com precatórios e queda do minério de ferro no radar, Ibovespa opera em queda de 1%; dólar avança

Em Brasília, os investidores acompanham de perto as discussões em torno do pagamento dos precatórios e repercutem mais uma queda expressiva do minério de ferro

Logística

MSC quer comprar controle da Log-In (LOGN3), que tem a gestora Alaska como maior acionista; papéis disparam

A proposta da MSC Mediterranean equivale a R$ 25 por ação LOGN3 e pode chegar a R$ 1,8 bilhão; Alaska e Tarpon estão entre os principais acionistas da empresa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies